São Gabriel da Cachoeira (AM) – O Comando de Fronteira Rio Negro e 5º Batalhão de Infantaria de Selva (Cmdo Fron RN/5º BIS), localizado no município com maior população indígena do Brasil, realizou, em 2 de março de 2018, a formatura de incorporação de 30 militares do efetivo variável. Desse total, 29 soldados pertencem às etnias Baré, Tucano, Dessano, Baniwa, Wanano, Tuyuca e Kuripaco – o que representa 96% dos incorporados às fileiras do Exército Brasileiro na organização militar.



A presença de militares de origem indígena no Exército é extremamente importante para o emprego na região da Cabeça do Cachorro, na medida em que conhecem as várias línguas existentes, facilitando o contato com as comunidades indígenas; os regimes dos rios, permitindo o emprego de embarcações em rios encachoeirados; e a região, possibilitando reconhecimentos terrestres efetivos. Com isso, facilitam a aproximação com as comunidades locais e ajudam a preservar a cultura e a tradição desse povo, também brasileiro, e o próprio meio ambiente em que vivem.

O evento contou com a participação maciça de familiares e amigos dos novos recrutas. Na ocasião, foi ministrada, pelo Comandante do Batalhão, uma palestra aos pais sobre o Exército Brasileiro e a importância em servir à Nação.

Durante a formatura, os pais dos militares que são reservistas foram homenageados, destacando a responsabilidade da nova geração em defender os valores antes defendidos por seus pais.

Fonte:Cmdo Fron RN/5º BIS



 

3 Comments

 

  1. 07/03/2018  7:58 by Mim Silva Responder

    Pena que para serviço temporario.... esses deveriam ter a opcao de carreira... pois sao guerreiros de berço!

  2. 07/03/2018  5:41 by filipe Responder

    A Venezuela vem ai, é preciso formar bravos guerreiros...

  3. 06/03/2018  17:49 by Elton Responder

    Vai ter muita alteração em serviço kkkk

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.