Simulador de voo SHEFE -FOTO: SPECTRA

Simulador de voo SHEFE -FOTO: RDE-SPECTRA

Por Ivan Plavetz

A brasileira SPECTRA Tecnologia e a alemã Rheinmetall Defence Electronics (RDE) firmaram um acordo de cooperação com o propósito de expandir suas possibilidades no mercado de simuladores de voo no cenário sul-americano.

A SPECTRA, sediada em São Paulo, desenvolve desde 2007 em parceria com o Centro Tecnológico do Exército (CTEx), o simulador de voo SHEFE com emprego em programas de treinamento para pilotos de helicópteros Helibras Esquilo. O projeto contou também  com a participação do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e de outros setores do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA). Vale destacar que em novembro de 2013 a SPECTRA foi credenciada pelo Ministério da Defesa como a única empresa estratégica de defesa brasileira fabricante de simuladores de voo.

O SHEFE, cuja configuração o coloca na classe FFS (Full-Flight Simulator), recebeu a qualificação Flight Training Device Level FTD 4 da ANAC. Na condição de primeiro simulador FFS desenvolvido no Brasil,  a certificação Full Flight nível B deverá sair em breve, permitindo treinamentos com reprodução de movimentos reais dos helicópteros (guinada, rolamento e arfagem) graças ao funcional sistema de braços eletromecânicos sobre o qual o simulador está apoiado.

A RDE lidera o mercado europeu no segmento de simuladores destinados ao treinamento de pilotos e tripulantes de aeronaves de asas fixas e rotativas, incluindo o avião de combate Eurofighter. (Foto RDE)

A RDE lidera o mercado europeu no segmento de simuladores destinados ao treinamento de pilotos e tripulantes de aeronaves de asas fixas e rotativas, incluindo o avião de combate Eurofighter. (Foto RDE)

O braço desenvolvedor de simuladores da RDE lidera o mercado europeu desse segmento e possui uma extensa carteira de clientes, tendo fornecido  mais de 50 simuladores FFS, 10 dispositivos de treinamento de voo (FTD), 20 treinadores integrados de procedimentos (IPT), 5 treinadores de carregamento de carga e ministrado milhares de horas de treinamento apoiado por CBT-Computer Based Training . A empresa  busca expandir suas atividades no Brasil, e para isso iniciou uma parceria com a SPECTRA, cooperação que incluirá também transferência de tecnologia visando a capacitação da empresa brasileira.

FONTE: T&D