A Aviação Naval completou 96 anos no último dia 23 de agosto, com uma cerimônia militar que marcou o recebimento oficial das novas aeronaves Sikorsky S-70B Seahawk (Designadas na Marinha do Brasil como MH-16 – Helicóptero Multi-Emprego, 16ª aeronave da Aviação Naval) de matrículas N-3034 e N-3035, pertencentes ao 1° Esquadrão de Helicópteros Anti-Submarino (HS-1).

Presidida pelo Ministro da Defesa, embaixador Celso Amorim, contou ainda com as presenças do Almirante-de-Esquadra Julio Soares de Moura Neto, Comandante da Marinha, do Almirante Ricardo Giambruno, Comandante em Chefe da Armada Nacional da República Oriental do Uruguai, além de diversas autoridades civis e militares, que prestigiaram o evento.

Estas aeronaves foram adquiridas para substituirem os atuais helicópteros SH-3A/B Sea King nas funções de ASW e ASuW, missões estas que desempenharam com eficiência e segurança por mais de quarenta anos em nossa Marinha, sendo que o Seahawk, além de seu sucessor natural, é uma aeronave no estado-da-arte, que vai promover um salto operacional à Aviação Naval, com inúmeros avanços tecnológicos e com seu poder combatente, consistindo não somente em uma aeronave capaz de transportar armas, mas sim em um completo e integrado sistema de armas, projetado para o emprego naval.

Durante a cerimônia, ressaltamos a entrega do Diploma de Mérito Aeronaval ao Almirante-de-Esquadra Alfredo Karan, Ministro da Marinha entre 1984 e 1985, e ao Vice-Almirante Liseo Zampronio, ex-Comandante da Força Aeronaval, pelo Contra-Almirante Victor Cardoso Gomes, atual Comandante da Força Aeronaval.

   

Logo após, a aeronave MH-16 Seahawk N-3034 (Guerreiro 34) foi tratorada do hangar do Esquadrão HU-1 e estacionada no pátio das aeronaves, bem a frente do palanque das autoridades, tendo início a cerimônia de incorporação, para em seguida, ter a sua transferência realizada da Diretoria Geral de Material da Marinha para o Setor Operativo.

   

Enquanto era assinado o livro de recebimento da aeronave, foi realizada uma passagem sobre o dispositivo pelas aeronaves SH-3A Sea King e o MH-16 Seahawk.

Em seguida, ocorreu o desfile da tropa, com destaque para a sempre empolgante presença dos “Velhas Águias”, Oficiais e praças da reserva que fizeram e continuam fazendo a história de nossa Aviação Naval, e também pelo Pelotão Representativo da Associação de Veteranos do Corpo de Fuzileiros Navais (AVCFN), que juntos, abrilhantaram ainda mais as comemorações.

   

Enquanto isso, as aeronaves da Força Aeronaval, representadas por três IH-6B Jet Ranger III (Esquadrão HI-1), um UH-12 Esquilo (Esquadrão HU-1), um AH-11A Super Lynx (Esquadrão HA-1), um UH-14 Super Puma (Esquadrão HU-2) realizavam o desfile aéreo.

   

Destaque para o SH-3A Sea King N-3012 seguido do MH-16 Seahawk N-3035 (Esquadrão HS-1), marcando respectivamente o fim e o início de uma era na Aviação Naval, sendo também a primeira apresentação da nova aeronave em voo para o público presente.

   

Encerrando o desfile aéreo e a cerimônia militar alusiva aos 96 anos da Aviação Naval, a aeronave UH-14 Super Puma N-7070, do Esquadrão HU-2, realizou uma bela passagem, ostentando orgulhosamente a nossa bandeira nacional.

O MH-16 permaneceu exposto para o público presente para que pudessem conhecer e tirar fotos do novo “Guerreiro”.

Abaixo, os editores do Defesa Aérea & Naval, acompanhados do CA Cardoso Gomes (ComForAerNav) e o CMG Rohwer (CEM) junto a nova aeronave.