Brasília (DF) – No dia 23, uma cerimônia no Centro Internacional de Convenções do Brasil, na Capital Federal, marcou a abertura do maior evento brasileiro de Defesa Cibernética, Comunicações e Guerra Eletrônica: a primeira edição do Brazil Cyber Defence. Autoridades civis e militares estiveram reunidas na noite inaugural, como o Ministro Extraordinário da Segurança Pública, os Comandantes das Forças Armadas, oficiais-generais, embaixadores, adidos militares e representantes de empresas de tecnologia e defesa.



Até o dia 26, é possível visitar mais de 30 estandes de empresas expositoras nacionais e internacionais, além de acompanhar o ciclo de painéis e palestras com importantes nomes da tecnologia e cibernética, como Kevin Mitnick, americano considerado um dos maiores hackers da história. O Brazil Cyber Defence acontece paralelamente à 7ª Conferência de Simulação e Tecnologia Militar (CSTM) e aguarda um público de mais de 3 mil pessoas.

A 7ª edição da CSTM reúne equipamentos que possibilitam trabalhar a simulação, o que para o Comandante de Operações Terrestres, General de Exército Paulo Humberto Cesar de Oliveira, traz vários benefícios no que se refere ao preparo da tropa: “é possível simular a realidade sem gastos, podendo repetir quantas vezes for necessário, sem os riscos normais de uma atividade”, e completou: “a tecnologia sempre fez parte do meio militar”.

“A Brazil Cyber Defence nasce no momento da retomada econômica do Brasil e pretende tornar-se referência nacional e internacional nos assuntos relacionados à Ciberdefesa, Cibersegurança, Comunicações e Guerra Eletrônica. No outro viés, a simulação, a Conferência de Simulação e Tecnologia Militar já está na sua 7ª edição, sendo um dos mais importantes eventos do segmento de Defesa e de Segurança do Brasil. A integração desses dois grandes eventos foi concebida para promover o debate sobre assuntos de Defesa e Segurança entre as Forças Armadas, a Segurança Pública, os setores da indústria, o meio acadêmico, as instituições públicas e privadas, a sociedade e o Governo; e para sensibilizar a administração pública do País sobre esses temas”, afirmou o Chefe do Departamento de Ciência e Tecnologia, General de Exército Juarez Aparecido de Paula Cunha, durante a cerimônia de abertura.

O Comandante do Exército, General de Exército Eduardo Dias da Costa Villas Bôas, ao realizar a abertura oficial do evento, destacou a importância do tema para toda a sociedade e mencionou o público heterogêneo reunido pela Brazil Cyber Defence: “o universo cibernético, como bem caracterizou o General Juarez, abriga a mais inerente e transversal ameaça às estruturas, tanto militares quanto civis, tanto governamentais quanto privadas. Essa abrangência fica bem caracterizada pela presença de autoridades e representantes de instituições em um universo tão variado”.



 

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.