NPa Piloto Pardo (P 81)

Por Nicolas Garcia

De acordo com o projeto de Lei do Orçamento para o próximo ano fiscal de 2016, a Marinha do Chile terá um orçamento consolidado de US$ 660 milhões, representando uma redução de 1,5% em relação a 2015.

Em 2016 a instituição irá alocar 73% desses recursos para as despesas com pessoal (482 milhões), 24,3% em bens e serviços (161 milhões)de consumidores, e 0,01% para benefícios de segurança social (71.000) iniciativas de investimento de 0,3% (dois milhões), 1% de transferências correntes (6,8 milhões) e 0,5% de empréstimos (3,7 milhões).

Quanto à aquisição de ativos não financeiros, terá 4,5 milhões (0,6 % do orçamento) para a compra de um caminhão de bombeiros (848.000), um caminhão tanque e uma grua (579.000), para móveis (1,8 milhões), máquinas e equipamentos de informática (696.000) e para softwares (380.000).

Em 2016 a marinha chilena terá 37,8 milhões para a compra de combustível e 21,6 milhões para pagto de pessoal. Em relação a exercícios navais multinacionais, a participação será destinado para o exercício Rimpac, 2,3 milhões, com participação de uma fragata e um helicóptero de ataque.

O orçamento também inclui 2,6 milhões para os salários e 179.000 para a alimentação de 468 soldados profissionais. A Direção Geral de Território Marítimo e Marinha Mercante (DIRECTEMAR) tem um orçamento consolidado de 116 milhões e sofrerá uma redução de 0,8%.

A Autoridade Marítima vai dedicar 23,7% do seu orçamento em despesas com pessoal (27,5 milhões), 49,7% para bens e serviços (57,7 milhões) serviços de consumo, 0,03% em impostos (41.000), 9% para iniciativas de investimento (10,5 milhões), 0,9% em transferências correntes (1,1 milhões) e terá um saldo de caixa final de 15% (17,5 milhões).

Em relação à aquisição de ativos não financeiros, empregarão 715 mil na compra de veículos, 206 em móveis, 965.000 em máquinas, 45.000 em equipamentos de informática e 434.000 em software, representando 1,9% do orçamento (2,3 milhões).

Vulcanair-p68-ach1

Em 2016 vai destinar 9,5 de um total de 13,6 milhões para realizar a primeira etapa do projeto Piquero, que inclui a adição de sete aeronaves de patrulha costeira Vulcanair Observer P68 2 para ser usado pela Aviação Naval em missões de busca e salvamento , polícia marítima, pesquisa e reconhecimento, transporte e evacuação aeromédica. Está prevista para o primeiro trimestre de 2016 a chegada de dois aviões no quarto trimestre mais três. Os outros dois aviões devem estar ao país durante o terceiro trimestre de 2017.

Para a operação de navios e aeronaves que fornecem exploração e controle marítimo, a DIRECTEMAR alocará 15,4 milhões para a compra de combustível. Como para as tarefas de patrulhamento e vigilância contra a pesca ilegal realizada por um navio de patrulha marítima e um helicóptero a bordo, a agência planeja realizar duas operações no norte, dois no meio, três no sul e três na área Antártica para um total de 3,9 milhões.

Outro item importante é o plano que considera 4,2 milhões para a aquisição de peças de reposição, a fabricação de eixos propulsores para barcos de Serviços Gerais e a conclusão do Período Intermediário no Dique (PID) de 16 barcos de patrulha.

O Serviço Hidrográfico e Oceanográfico da Marinha (SHOA) receberá em 2016, 8.3 milhões representando um aumento de 9,8% do orçamento.

Em termos de gastos, ele vai atribuir 3,9 milhões de pessoas, 3,6 milhões em bens e serviços, os impostos 15.000 3.000 30.000 em transferências correntes e aquisição de veículos, máquinas 147.000 para 44.000 a 521.000 em equipamentos de informática e software.

TRADUÇÃO E ADAPTAÇÃO: DAN

FONTE: infodefensa.com

 

20 Comments

 

  1. 12/09/2016  16:05 by Alex Responder

    Será que esta conta apresentada está realmente certa? 14 bilhões divididos entre 60 mil marinheiros/fuzileiros ativos, resultam em média 230 mil reais por cabeça/anual! Ou quase R$: 18 mil reais por mês! Estou falando de médiaaaa! Não é possível que os salários pagos as forças armadas deste país, mesmo somando-se às viúvas e reservistas seja tanto. Estão usando a questão salarial das FAs, assim como usam os aposentados do INSS para serem os vilões/culpados do não investimentos em tudo o que se precisa neste país. Alguém pode de fato apresentar os números corretos?

  2. 05/11/2015  19:14 by Leopoldo Duarte Responder

    Eu acho que o melhor caminho para a marinha é enxugar um pouco o quadro de funcionários, não faz sentido tantos militares com quase nada de esquadra o certo seria reduzir para 70% da sua receita anual para que pelo menos 30% seriam destinados a aquisição equipamentos entre outros.

    • 07/11/2015  2:21 by Airacobra Responder

      Se oferecerem compulsoria vou pra casa numa boa

  3. 05/11/2015  16:07 by Eduardo Pereira Responder

    Isso som é administração de recursos, mas vamos aguardar um pouco pra podermos ver efeitos palpáveis na adm do atual CM da MB pois ele já pegou o barco afundando e com o país entrando numa crise "financeira"(sqn).

  4. 05/11/2015  15:34 by Gabriel Responder

    Que transparência ! é bacana saber que dá para fazer tudo isso com 600 milhões de dólares....

  5. 05/11/2015  15:13 by Fred Responder

    Este orçamento da marinha chilena para 2016, ao cambio de hoje, equivale à 2,521 bilhões de reais.

    Comparando:
    O orçamento da MB para 2015, já com todos os cortes e contingenciamentos, está em 16,283 bilhões de reais...Mais de 6x o orçamento da marinha do Chile!

    Acontece que, deste valor de R$ 16,283 bilhões - 14,572 bilhões são destinados a "Pessoal e Encargos Sociais" - 1, 072 bilhão, para "Outras Despesas Correntes" e 25, 2 milhões para "Juros e Encargos da Dívida"...

    Para investimentos em 2015, que presumo sejam aquisições de embarcações, equipamentos, armas, munições,etc...São destinados R$ 613,4 milhões - O que equivale à 3,76% das verbas destinadas a Marinha do Brasil em 2015...

    • 05/11/2015  15:35 by Fred Responder

      Outra comparação entre as execuções orçamentárias de "Marinha do Brasil" e "Armada de Chile":

      Segundo a matéria acima:
      - A marinha chilena prevê destinar em 2016 - 73% do seu orçamento para as despesas com pessoal (US $482 milhões).

      - A Marinha do Brasil em 2015, está destinando 89,5% (R$ 14,572 bilhões) do total do seu orçamento recebido para despesas com "Pessoal e Encargos Sociais"...

      • 06/11/2015  15:58 by ZorannGCC Responder

        Muito interessante estes dados que você postou.

    • 05/11/2015  18:11 by Francisco Responder

      Se continuar assim, no futuro tudo irá para os inativos. O Brasil tem que achar um jeito de transferir o ônus dos inativos para a previdência social, somente assim as forças armadas poderão investir em equipamento as verbas recebidas. 1,072 bilhão para outras despesas? que seriam essas outras despesas?

      • 05/11/2015  22:40 by Fred Responder

        "1,072 bilhão para outras despesas? que seriam essas outras despesas?"
        ---

        Posso apenas especular que sejam as despesas de custeio do dia a dia...Como luz, água, rancho da tropa, combustíveis, transporte, verbas para exercícios da marinha, etc...

  6. 05/11/2015  13:07 by mauricio matos Responder

    Qual a formula do chile um orçamento menor do que o nosso e uma marinha mais bem equipada do que a nossa não só a marinha o exercito , a força aérea.

    • 05/11/2015  14:27 by Rudinei Krolow Responder

      La os Politico não roubam tanto quanto aqui!

      • 05/11/2015  18:04 by Francisco Responder

        Neste caso, o problema não são os políticos que metem a mão. A realidade é que os almirantes gastam mal (ver gastos com o NAE), alem disso, metade do orçamento da marinha é para pagar pessoal, inclusive os da reserva (altos soldos).

    • 05/11/2015  21:59 by Leo Responder

      Você quer saber??
      Lá é um dos países mais capitalistas do mundo. Eles tem que pagar tudo. Saúde, escola primária, escola fundamental, ensino médio, ensino superior, etc. O governo só toma conta da segurança, estrutura e parte judiciário. Em compensação, lá tem um dos impostos mais baixos do mundo. Por isso o Chile é o país mais desenvolvido da AL.
      Sds

      • 06/11/2015  23:14 by sergio Responder

        errado leo, a educação é financiada pelo estado.

        sds

      • 08/11/2015  3:22 by Leo Responder

        Sergio,
        Na verdade agora eles estão colocando escola básica pela presidente Bracelet. Mas até então era tudo privado.
        Tenho amigos chilenos dizem que lá é mais capitalista que nos Estados Unidos.
        Sds

  7. 05/11/2015  12:08 by adriano silva Responder

    Chi chi chi le le !!! Viva chile...

    • 05/11/2015  14:51 by Fred Responder

      Sr. chileno, parabéns por sentir orgulho por sua pátria...

    • 06/11/2015  6:01 by Topol Responder

      puts....

    • 06/11/2015  11:37 by Gabriel Responder

      Chi chi chi le le le ! Viva CHILE!
      País rico em 2019...o primeiro da América Latina .

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.