Na manhã do dia 03 de outubro de 2017, a Comissão de Implantação do Sistema de Controle do Espaço Aéreo (CISCEA) inaugurou, no Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de Porto Velho (DTCEA-PV), o Controle de Aproximação de Porto Velho (APP-PV) com o novo Sistema Avançado de Gerenciamento de Informações de Tráfego Aéreo e Relatório de Interesse Operacional (SAGITARIO).

Com novas funcionalidades, emissão de alertas e relatórios, o SAGITARIO será responsável por receber e tratar as informações obtidas pelo radar de rota ASR23SS e o novo radar TA10M/RMS970S, instalado pela CISCEA na Área de Controle Terminal de Porto Velho.

No evento, estavam presentes o Presidente da CISCEA, Major-Brigadeiro do Ar Sérgio Roberto de Almeida, o Chefe da Divisão Operacional da CISCEA, Coronel Aviador José Augusto Peçanha Camilo, o Comandante da ALA 6, Coronel Aviador Célio Otávio Araújo Galvão, o Comandante do Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de Porto Velho, Tenente Coronel Especialista de Controle de Tráfego Aéreo Ronaldo Francisco da Silva, o Comandante do Segundo Esquadrão do Terceiro Grupo de Aviação, Tenente Coronel Aviador Luiz Ângelo de Andrade Pinheiro Borges, o Chefe do Grupamento de Apoio de Porto Velho, Major Intendente Renato da Silva dos Santos, o Comandante do Quinto Esquadrão do Primeiro Grupo de Comunicação e Controle, Major Aviador Felipe Mee Campos, o Gerente de Projetos da CISCEA Francisco Accacio Oliveira da Silva e o Gerente de Programas da Atech Laércio Dalmolin Filho.

O sistema foi implantado em função da crescente demanda pelos serviços de controle de tráfego aéreo, aliada à posição estratégica da Terminal Porto Velho na região amazônica.

Desenvolvido pela empresa Atech, com um produto nacional em parceria com a CISCEA, o SAGITARIO marca a evolução do sistema automatizado de controle aéreo no Brasil, por empregar uma solução inovadora para o controle e vigilância do espaço aéreo brasileiro. Ele disponibiliza aos controladores do APP-PV um conjunto de recursos operacionais de apoio à tomada de decisão, com uma ampla consciência situacional de todos os tráfegos que evoluem na área Terminal de Porto Velho, além de dispor de uma ferramenta que torna mais eficiente e segura a coordenação com os órgãos adjacentes durante as transferências de tráfegos, favorecendo sobremaneira o cumprimento da finalidade do Serviço de Controle de Tráfego Aéreo de prevenir colisões, acelerar e manter ordenado o fluxo de tráfego aéreo, tudo isto seguindo as melhores práticas e recomendações existentes no mercado internacional, dentre elas os sistemas especificados pela Eurocontrol (Organização Europeia para a Segurança da Navegação Aérea).

A implantação de um Sistema de Vigilância Radar possibilita ao controlador do APP acompanhar os tráfegos que estejam evoluindo na área terminal, tornando mais fácil a tarefa de manter um fluxo de tráfego aéreo seguro e ordenado. Dessa forma, será possível aplicar uma menor distância de separação entre as aeronaves e, consequentemente, alcançar menores tempos de voo, contribuindo para um decréscimo de consumo de combustível e para um acompanhamento contínuo da trajetória dos voos nos diversos setores da área terminal de Porto Velho.

No discurso de inauguração, o Tenente Coronel Ronaldo descreveu a história do Destacamento, que foi criado em 3 de novembro de 1955 e até a presente data estava limitado à operação convencional. Porém, com o empenho e profissionalismo da CISCEA, do CINDACTA IV, do DTCEA-PV e da Atech, no dia 18 de setembro de 2017 iniciou-se a operação do SAGITARIO APP-PV que passou a possibilitar o Controle de Aproximação Radar de Porto Velho.

Ao agradecer à equipe da CISCEA e da ATECH, o Major Brigadeiro Almeida salientou que a instalação oficial do APP com controle radar em Porto Velho é o resultado de uma série de outras medidas que mostram a valorização que a Força Aérea tem por este local. “O SAGITARIO é um orgulho para nós, um Sistema que dá fluidez e segurança ao controle do espaço aéreo e muito mais confiança para o controlador de voo. Nesse momento o DTCEA-PV está um passo à frente, no sentido de se equiparar aos melhores controles de aproximação do Brasil. A modernidade chegou”, destacou o Presidente da CISCEA.

Com o SAGITARIO, o Brasil já realizou com sucesso dois grandes eventos mundiais – a Copa do Mundo 2014 e os Jogos Olímpicos Rio 2016 – nos quais foi mantido o nível de segurança e eficiência das operações, mesmo com o grande aumento do fluxo de aeronaves no espaço aéreo brasileiro.

image_pdfimage_print

 

Leave a reply

 

Your email address will not be published.