No dia 17 de setembro, na Base Aérea do Galeão, militares do Batalhão de Viaturas Anfíbias receberam da tripulação de um Boeing C-17A, da Força Aérea Americana, o último de um total de 23 novos Carros Lagarta Anfíbio (CLAnf). Estes CLAnf são a mais nova aquisição, no nível da Força de Fuzileiros da Esquadra, que possui em seu acervo operacional 49 desses carros, liderando o quantitativo no Hemisfério Sul, propiciando melhores condições para contribuir para a defesa nacional.



Veículos desse padrão trazem mais confiabilidade, disponibilidade e melhor logística de manutenção, proporcionando ao Corpo de Fuzileiros Navais e à Marinha do Brasil um considerável incremento em seu caráter anfíbio. Os CLAnf superam, em todos os aspectos, as gerações anteriores, em virtude de possuírem motor mais potente, nova transmissão e sistema de suspensão atualizado, oferecendo melhor mobilidade, maior velocidade, facilidade de operação e condições de conforto e segurança à tropa embarcada.

A coordenação entre o Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, a Adidância Naval nos EUA e no Canadá, o Comando do Material de Fuzileiros Navais, a Comissão Naval Brasileira em Washington (EUA) e a Diretoria de Abastecimento da Marinha foi fator decisivo para a concretização deste valoroso projeto.

FONTE: MB


 

15 Comments

 

  1. 25/09/2018  23:07 by Cleber Responder

    By RR .

    A FAB cuida tão bem disso que o próprio EB ativou sua aviação de asa fixa para transportar seus pelotões , quanto ao C-17 mesmo se fosse doado não teríamos condições de mantê-lo . OBS: Nossa realidade é trágica !

  2. 25/09/2018  19:17 by João Gabriel Responder

    Brasil e EUA uma estreia aliança contra a ameaça comunista! Brasil acima de tudo,Deus acima de todos!

  3. 25/09/2018  11:07 by Cleber Responder

    Pessoal ! O C-17 claro que seria um ótima , mas agora temos o KC-390 ( produto nacional ) , seria interessante a MB adquirir alguns para suas tropas e veículos num futuro próximo .

    • 25/09/2018  16:26 by _RR_ Responder

      Cleber,

      No que tange a deslocamentos de caráter estratégico, a FAB cuida disso... Terá aeronaves mais que suficientes. Não há uma necessidade específica da MB ter esse tipo equipamento...

      Quanto ao C-17, é uma aeronave de outra categoria... O KC-390 foi pensado para substituir o C-130 'Hércules'. Inclusive, disputa com este o nicho de transportes médios no mercado.

  4. 25/09/2018  9:35 by Elden Responder

    Não pode deixar o C17 de brinde não????? rissss

  5. 24/09/2018  23:51 by Topol Responder

    Maior que a força anfíbia australiana ???

  6. 24/09/2018  21:09 by alexandre Responder

    Parabéns a nossa Marinha por mais essa aquisição, 49 CLANFS, sendo a maior força anfÍbia de todo hemisfério sul. ONDE ANDA A IMIGRANTE QUE FALOU QUE ISSO NÃO EXISTIA?

  7. 24/09/2018  21:08 by Kornet Responder

    Afinal o CFN possui quantos CLANFs?

    • 24/09/2018  21:12 by Virtua Responder

      Tá escrito no texto.

      • 24/09/2018  22:02 by marcio alves Responder

        Pelo que entendi no texto são 49 operacionais +23 novos CLAnfs.

  8. 24/09/2018  19:30 by HMS TIRELESS Responder

    "Uzamericanú mau" socorrendo a gente com equipamento de guerra moderno e confiável.

    • 25/09/2018  7:38 by Eduardo Ramos Responder

      Poderiam ter deixado o C-17A de brinde ou por algum valor já que se trata da primeira versão, pois a Marinha esta retomando a utilização de aeronaves de asas fixas, e um avião de transporte que pode-se transporta cargas e equipamentos como evidenciado na imagem seria importantíssimo

    • 25/09/2018  9:25 by Bolovo Responder

      Socorrendo? A gente comprou e não fazendo um favor!

    • 25/09/2018  10:42 by Jr Responder

      Esse equipamento foi comprado e não doado como o seu comentário faz parecer

      • 25/09/2018  16:11 by Gilbert Responder

        Novinho em folha (Zero Km)

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.