Por João José Oliveira

A Embraer admitiu nesta quarta-feira que a criação de outras empresas está entre as possibilidades de combinação de negócio que a empresa está discutindo com a americana Boeing.

O comunicado foi uma resposta da Embraer a pedido de informações da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) relacionado à matéria do Valor de terça-feira, de que o projeto que a Boeing apresentou ao governo na semana passada prevê que a companhia americana de aviação controlaria de 80% a 90% de uma nova empresa que receberia toda a área de aviação comercial da Embraer, tanto de jatos regionais quanto executivos.



“Embraer e Boeing têm mantido entendimentos, inclusive por meio do grupo de trabalho, do qual o governo brasileiro participa, com vistas a avaliar possibilidades para combinação de negócios”, disse a Embraer em comunicado à CVM. Segundo a empresa, “as partes envolvidas ainda estão analisando possibilidades de viabilização de uma combinação de seus negócios, que poderão eventualmente incluir a criação de outras sociedades”.

A Embraer afirmou que não recebeu proposta da Boeing e que não há garantia de que a referida combinação de negócios venha a se concretizar.

“Não há, especificamente, nenhuma definição acerca da eventual participação da Boeing e da Embraer em qualquer segmento das operações da Embraer, quer política ou econômica. Quando e se definida a estrutura para combinação de negócios, sua eventual implementação estará sujeita à aprovação não somente do governo brasileiro, mas também dos órgãos reguladores nacionais e internacionais e dos órgãos societários das duas companhias”, afirma a Embraer no comunicado à CVM.

FONTE: Valor
FOTO: Ilustrativa



 

3 Comments

 

  1. 08/02/2018  13:58 by finger Responder

    Engraçado que quando saiu a noticia no site da valor, eu fui dar uma olhada nas matérias e nas fontes eu não encontrei nada em concreto. Apenas especulações de um site financeiro, não que a suposta proposta não tenha sido oferecida mas muito diferente de como foi ventilado á mídia. Certo que a cada matéria sobre a Embrear,burburinho, especulações as ações da Embrear disparam e tem gente ganhando dinheiro com isso. Me espanta a maneira como o assunto tem sido tratado.

    Conforme outras matérias veiculadas os próprios diretores da Embraer negaram que tenha chego tal proposta, e mesmo que tenha sido, não há indicíos que a Embraer e consequentemente seus acionistas aceitaram tal proposta. O que eu vejo é muita gente especulando encima do assunto, inclusive a grande mídia que deu como "certa" criação da nova empresa cuja a Embraer teria 90 a 80 % de participações sem grandes explicações, apenas grandes manchetes e uma enxurrada de comentários sem sentidos dando como verdade uma mera manchete especulativa.

    Hoje já vimos que discurso mudou conforme a própria matéria relata.

    • 08/02/2018  21:32 by Esteves Responder

      Finger,

      E assim mesmo. Vai soltando aos poucos. O negócio tá feito há pelo menos 2 anos. Dá uma olhada nas notícias sobre essas 4 empresas desde 2016. Precisa fazer um teatrinho antes de anunciar a aquisição.

  2. 08/02/2018  12:32 by JLM Responder

    Em suma, só balão de ensaio.
    Desse jeito, daqui a pouco, com tanto balão voando por aí vai acabar causando um acidente aéreo.

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.