Por Major Sylvia Martins

Brasília, 20/04/2018 – Na tarde desta sexta-feira, o chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (CEMCFA) brasileiras, almirante Ademir Sobrinho, recebeu, em audiência, seu congênere da Suécia, general Dennis Gyllensperre. As autoridades discutiram a situação atual de seus países na área de defesa.



O general Dennis encontra-se no Brasil para o Exercício VIKING 2018, que ocorre até 26 de abril, nas instalações do Quartel-General do Comando Militar do Planalto e do Quartel-General do Exército.

Trata-se de um Exercício de Simulação de Posto de Comando, Conjunto e Combinado, assistido por computadores, planejado e conduzido pelas Forças Armadas da Suécia, com participação da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) e das Forças Armadas dos Estados Unidos.

Segundo o CEMCFA brasileiro, “o Exercício é muito importante para troca de experiências, principalmente na parte logística”.

Durante a reunião, o general Dennis pode conhecer o general Elias Rodrigues Martins Filho, o novo Force Commander da Missão de Estabilização da Organização das Nações Unidas na República Democrática do Congo (MONUSCO). A Suécia possui militares no Congo como observadores.

Entre os assuntos tratados pelos dois chefes de Estados-Maiores destacaram-se o memorando de entendimento já existente entre Brasil e Suécia em termos de defesa, missões de Paz e capacitação na área cibernética das Forças Armadas desses dois países.

FONTE e FOTO: MD



image_pdfimage_print

 

2 Comments

 

  1. 25/04/2018  19:03 by Marcos Responder

    A Embraer poderia muito bem ter se juntado coma SAAB e, vez da Boeing

  2. 24/04/2018  9:21 by Rafael Responder

    Tá aí uma parceria que poderia se expandir cada vez mais! Eu acho que a Suécia devia ser nosso parceiro em mais programas.

Leave a reply

 

Your email address will not be published.