O Vice-Almirante José Carlos Mathias, Diretor do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha, apresentou o projeto conceitual do Museu Marítimo do Brasil à imprensa e à comunidade cultural, no dia 5 de abril, no Auditório da Capitania dos Portos do Rio de Janeiro. A ideia do “MuMa” contempla dois edifícios, que serão construídos no Centro do Rio de Janeiro (RJ), para abrigar restaurante, auditório, café, amplos espaços expositivos e um mirante com vista para a Baía de Guanabara.

No dia 10 de abril, o projeto foi apresentado na Diretoria de Portos e Costas (DPC). O evento reuniu autoridades da Marinha do Brasil e representantes de empresas e instituições ligadas à praticagem, à Marinha Mercante, a armadores e ao segmento petrolífero. Com o apoio do Diretor de Portos e Costas, Vice-Almirante Wilson Pereira de Lima Filho e do Presidente do Centro de Capitães da Marinha Mercante, Capitão de Longo Curso Álvaro José de Almeida Junior, a ideia foi bem recebida pelos presentes.

O Museu Marítimo do Brasil será construído no Espaço Cultural da Marinha, localizado no Boulevard Olímpico, em frente à Pira Olímpica, no Centro do Rio de Janeiro (RJ). O estudo arquitetônico propõe uma integração mais efetiva com os outros pontos culturais localizados na Orla Conde, um importante pólo de entretenimento e turismo aberto em 2016.

FONTE: MB

 

8 Comments

 

  1. 18/04/2017  22:01 by Carlos Crispim Responder

    Li não sei onde que aquele prédio ali não é histórico, é moderno feito para parecer antigo, bem, mesmo que seja verdade, ele parece novinho e perfeito, então pra que gastar dinheiro que não tem fazendo um caixão horrível no seu lugar?????? Esse projeto é MEDONHO, horrível, uma aberração, um desperdício de dinheiro público, por Deus, gastem em escoltas, lanchas, armas e outras coisas mais prementes, o Brasil é campeão em gastar em coisas inúteis, no meu gosto, já temos excesso de museus no Rio, só na cidade tem mais de uma dúzia de museus às moscas, abandonados e caindo aos pedaços, consertem os que já existem!!!!!!!

  2. 18/04/2017  19:58 by Adriano Luchiari Responder

    Satyricon, para mim, na atual conjuntura, o projeto de um novo museu para a Marinha é impensável . Quanto às prioridades estabelecidas, acredito que o orçamento de 2017 não dê nem para a operação/manutenção dos meios existentes.

  3. 18/04/2017  15:12 by Satyricon Responder

    Nada contra museus, muito pelo contrário, mas... fala sério?
    A MB dizendo que não tem grana, nem pra Ocean, nem pra nada, e vem com uma dessas? Agora?
    O Pro Sub não tinha dinheiro pra funcionar somente até setembro desse ano, ou algo parecido?
    Não tem cabeça pensante na MB?
    E as prioridades estabelecidas? (Tamandarés?)
    O museu do amanhã custou assustadores R$ 215Mi, e fica logo ao lado. Quanto vcs acham que essa belezura vai custar?

  4. 18/04/2017  14:03 by Spectre Responder

    Me desculpe mais não escrevi nada demais , vocêis precisam aprender conviver com críticas ,não atingi a honra de ninguém ,,,só descordei ...

    MODERAÇÃO: Spectre, você não criticou, você insinuou algo do qual não pode provar e por esse motivo o comentário não foi aprovado. Isso é bem diferente de discordar de algo ou de alguém.
    Atenciosamente,

  5. 18/04/2017  13:44 by Spectre Responder

    Fiz um comentário aqui ,,,,e naõ aparece ,,,

    MODERAÇÃO: Spectre, se o comentário não aparece pode ser que tenha sido barrado nos filtros de spam ou ele não se enquadrava nas regras de conduta.
    Atenciosamente,

  6. 18/04/2017  12:43 by Adriano Luchiari Responder

    Se já existe o Espaço Cultural da Marinha, abrigado em construção histórica de 1873, por que não não aprimorá-lo continuamente ao invés de se construir um novo?

  7. 18/04/2017  10:45 by Wellington Góes Responder

    Com certeza a MB está precisando mais deste belíssimo museu, do que de Escoltas, Porta-Aviões, ou Porta-helicópteros. Ainda mais destruindo um prédio histórico para colocar este belo e moderno prédio. É, o problema é falta de dinheiro à MB.

  8. 18/04/2017  10:40 by Galitto Responder

    Uma notícia que deveria ser motivo de alegria, mais infelizmente nos dias de hoje meus amgos, eu tenho que fazer essa pergunta.
    É realmente necessário esse empreendimento nesse momento, principalmente no Rio de Janeiro !
    Quanto será desviado por fora para isso, quanto de aditivo será injetado nessa obra....

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.