drone

Um grande exercício naval sueco foi interrompido por causa do surgimento de drones nas imediações. Os militares dispararam munições reais para derrubar os intrusos, mas estes conseguiram escapar. Pouco depois, militares finlandeses afirmaram terem avistado veículos aéreos não tripulados.

Os exercícios navais Swenex, realizados na área marítima entre Estocolmo e a ilha de Gotlândia, no mar Báltico, tiveram “visitantes inesperados”, relatou o jornal sueco Dagens Nyheter.

Os drones observados estavam equipados com luzes de navegação visíveis na escuridão, o que levou à especulação de que por trás da invasão estaria uma “grande superpotência”, a fim de demonstrar abertamente que tinha capacidade de vigiar a defesa sueca.

Avistamentos semelhantes de drones ocorreram duas vezes no início deste ano. Em julho, drones não identificados sobrevoaram o exercício naval BALTOPS, quando as forças suecas e norte-americanas treinavam na ilha de Uto, no arquipélago de Estocolmo. Um segundo incidente ocorreu durante um exercício da Força Aérea sueca em setembro. Um drone teria voado sobre a base aérea de Hagshult no condado de Smalanda, que levou a uma suspensão provisória dos voos.

No total, 2 mil soldados, 20 navios de guerra, várias aeronaves de vigilância, aviões de combate e helicópteros participaram do exercício Swenex 2016, que se realizou entre 14 e 23 de novembro.

“As Forças de Defesa finlandesas possuem informações sobre a atividade de drones em zonas militares e de exercícios, mas esses incidentes não resultaram no mesmo tipo de interrupções que na Suécia”, comentou o coronel finlandês Vesa Mantyla à televisão local Yle. De acordo com o coronel, a maioria dos casos está ligada a drones utilizados para passatempos e vídeos amadores. No entanto, ele se absteve de responder à pergunta direta se potências estrangeiras poderiam ou não estar por trás da vigilância, assegurando, no entanto, que os casos não representavam perigo para as Forças de Defesa.

FONTE: sputniknews.com

 

1 Comment

 

  1. 26/11/2016  8:08 by Fernando Reis Responder

    Esses Drones, seja de quem for, são bem furtivos, pois conseguiram sumir sem um arranhão depois de detectados e alvejados e ainda com a presença de mísseis e caças no local. HUM!!!!!!!

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.