Segundo dados do Diário Oficial da União, a Elbit Sistems irá fornecer ao Corpo de Fuzileiros Navais, seu Sistema de Comando e Controle C4I.

Consciência situacional precisa, permite obter uma coordenação rápida e respostas eficazes às rápidas mudanças de cenários operacionais. Aproveitando o desenvolvimento in-house de subjacentes tecnologias, produtos, plataformas e sistemas, Elbit Systems desenvolve soluções inovadoras e abrangente em Sistemas C4I para toda a gama de forças de defesa.

COMANDO-GERAL DO CORPO DE FUZILEIROS NAVAIS
COMANDO DO MATERIAL DE FUZILEIROS NAVAIS
EXTRATO DE INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO

Processo: 63181000129/2017-11;
Contratado: Elbit Systems Land And C41 LTDA
Valor: U$ 40.000.000,00 (Quarenta milhões de dólares);
Objeto: aquisição de Sistema de Comando e Controle para o Corpo de Fuzileiros Navais (SI² CFN)
Fundamento Legal: inciso I do art. 25 da Lei 8.666/93;
Expedição do Ato do Ordenador de Despesa em 21/03/17;
Termo de Justificativa de Inexigibilidade de Licitação nº 01/2017 do CMatFN;
Ratificado em 21/03/17, pelo Comandante do Material de Fuzileiros Navais

O Sistema foi desenvolvido através de experiência em campo de batalha digitalizado C4I, com a aplicação de tecnologias avançadas em combinação com pacotes de commercial-off-the-shelf (COTS) de hardware e software. Os sistemas utilizam uma abordagem de bloco de construção tática para conectar diversas aplicações e níveis de comando de execução de um conceito net-centric.

As configurações incluem computadores táticos, mapas digitais, sistemas de processamento de mensagens, a vigilância das fronteiras, controladores avançados de comunicação e modems, bem como vários componentes desenvolvidos para as necessidades específicas do cliente.

A Elbit também fornece a infra-estrutura de software e aplicações para plataformas móveis e aéreas, para o soldado individual, e para a sede de comando e controle (aplicações C 2). Com base nestes blocos de construção do núcleo de tecnologia, o operador tem acesso a soluções integradas completas de C 4 I para as forças terrestres em todos os níveis. O sistema gerencia e apresenta grandes quantidades de dados provenientes de várias fontes em um formato user-friendly.

O Sistema de Comando e Controle da Elbit Systems C4 I inclui:

  • Computadores : soluções de computação táticas adequadas para todas as aplicações e todos os níveis de forças de combate.
  • Comunicações: soluções de comunicação táticas completas que permitem oportuna e relevante de divulgação de informações a todas as facetas da força, desde o soldado individual aos comandantes de veículos, postos de comando mobilizados e quartel-general. Estas soluções de comunicações abrangem rádio, equipamentos e sistemas IP e satélite. Internet tática é habilitada por sistemas através do Multimedia Router (Elbit TMR ™), uma solução de roteamento IP exclusivo de nível militar triple-play para postos de comando móveis e implantados.
  • Inteligência : A gama de sensores e sistemas para coleta de inteligência, bem como ferramentas para o processamento e avaliação.
  • Comando e Controle : Como parte do conceito de “força total”, o sistema fornece ao operador a capacidade de mobilizar forças de terra em uma rede e conjunta, maximizando a potência e precisão, minimizando o risco de fogo amigo e danos colaterais. Estes, sistemas interligados comprovados em batalha permitem que forças modernas possam sincronizar a sua resposta com velocidade, precisão e inteligência. Plenamente consciente de que C4I avançado é a chave para coordenar uma resposta eficaz aos atos de terrorismo, desenvolvemos soluções net-centric abrangentes para conflitos de baixa intensidade (LIC), ligando os dados de inteligência para as forças de combate via sistemas C4I e C móvel. O Sistema de Combate Integrado de infantaria (IICS) fornece as unidades de infantaria com C4ISR, inteligência de campo, a guerra urbana e capacidades de manutenção da paz. Fazem parte do sistema integrado, displays pessoais de combate (PCD) e uma ampla gama de UAS, mini-UAS, aeróstatos de observação tácticos, veículos de observação e de inteligência, dispositivos de visão noturna e lasers. Estes sistemas modulares inovadores, totalmente integrados fornecem aos soldados de infantaria uma maior consciência situacional, uma coordenação de força melhorada e sensores reduzidos.

FONTE: DOU

 

8 Comments

 

  1. 23/03/2017  16:50 by General Responder

    Pensei que CFN já possuía essa tecnologia .....mais mostra que as forças estavao sucatiada mesmo !!!!!

  2. 23/03/2017  16:43 by Curinthia Responder

    O general vai andar de carro alugado ou de Ferrari quando for passear em israel ???? .......a avibras que se lasque lkkkkk

  3. 22/03/2017  17:58 by Wellington Góes Responder

    Cara, estamos nadando de braçadas com uma economia forte e sobrando grana, para continuar gastando tanto dinheiro no exterior. #sóquenão
    Depois não sabem porque nossa indústria nunca consegue ir pra frente. Tá certo!!!
    Deveriam, pelo menos, terem solicitado via AEL e não diretamente pela Elbit, se não quisessem da Avibras.

  4. 22/03/2017  17:13 by Foxtrot Responder

    Com tanto fornecedor nacional, vão comprar da Elbit.
    Só no Brasil mesmo !!!

  5. 22/03/2017  16:34 by Bardini Responder

    O sistema da Ávibras se resume basicamente a uma viatura do sistema Astros...

  6. 22/03/2017  15:18 by thiago Responder

    Qual a diferença desse c41 da elbit para o da avibras

  7. 22/03/2017  13:14 by Henrique Pawlak Responder

    A nossa empresa AVIBRAS dentre outras empresas nacionais também produzem o sistema de C4ISR, e o almirantado compra equipamento de fora e da aos estrangeiros a possibilidade nos caso que eles bem entenderem de espionar, por que a pergunta é quem vai garantir 100% que os israelenses não irão nos espionar sendo que eles é quem desenvolveu a tecnologia?

  8. 22/03/2017  12:45 by Spectre Responder

    Blu - Ray ,,,, para carro velho ,,,só por DEUS...,,ai como eu sofro

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.