Por Guilherme Wiltgen

Criado pelo Aviso nº 0284, de 22 de fevereiro de 1961 do Exmo Sr. Ministro da Marinha e ativado em 27 de junho de 1962, pelo Diretor de Aeronáutica da Marinha, o 1° Esquadrão de Helicópteros de Instrução (HI-1) é a unidade aérea da Marinha responsável pela realização da parte prática de voo do Curso de Aperfeiçoamento de Aviação para Oficiais (CAAVO), em complemento ao ensino teórico ministrado no Centro de Instrução e Adestramento Aeronaval Alte. José Maria do Amaral Oliveira (CIAAN).

Em 1961, o HI-1 foi transferido para a Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia (BAeNSPA), juntamente com o CIAAN. Com a transferência da Força Aeronaval para São Pedro da Aldeia, o CIAAN deixou de ter sob a sua subordinação o Esquadrão, ficando apenas com a formação acadêmica dos aviadores.

Por ocasião de sua criação, o Esquadrão HI-1 contava com dois helicópteros do tipo Kawasaki/Bell 47 (SAKURA), recebidos quando da aquisição dos dois Navios Hidrográficos Sírius e Canopus, e mais seis helicópteros do tipo Hughes-200, adquiridos nos Estados Unidos da América.

Em 1963, o HI-1 recebeu os helicópteros Hughes 269A (PULGAS), iniciando a substituição aos antigos Bell 47 e Hughes 200. As “PULGAS”, como eram carinhosamente conhecidos os Hughes 269A, permaneceriam como aeronaves de instrução até 1974, quando foram substituídos pelos Bell 206B Jet Ranger II (IH-6A), que foi apelidado de “PIABA”, aeronaves mais modernas e bem mais apropriadas para a realização da instrução primária de voo.

Em 1985, chegaram os dezesseis novos helicópteros Bell 206B Jet Ranger III (IH-6B), apelidados de “GARÇA” em alusão a ave que empresta seu nome ao Esquadrão HI-1, que são utilizados até os dias atuais.

Além dos Oficiais da Marinha do Brasil, o Esquadrão Garça já brevetou Oficiais de marinhas amigas do continente sul-americano, Oficiais do Exército Brasileiro, Oficiais Médicos especializados em aviação e Oficiais pertencentes aos Quadros das Polícias e Bombeiros Militares dos Estados do Espírito Santo, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná e São Paulo.

IH-6B_02

Com a criação da Aviação do Exército Brasileiro, a Marinha ficou incumbida de preparar o seu pessoal para pilotagem e manutenção de suas aeronaves. Dessa forma, coube ao Esquadrão HI-1 contribuir para a formação da primeira turma de Aviadores do Exército Brasileiro, possibilitando o retorno aos ares da briosa Aviação Militar, o que constituiu para o HI-1 motivo de extremo orgulho.

O Esquadrão Garça emprega atualmente os helicópteros Bell 206B Jet Ranger III, designados na MB como IH-6B, fabricados pela Bell Helicopter Textron (EUA), possui uma turbina Allison 250-C20J, rotor principal com duas pás, peso básico de aproximadamente 1.850 libras, autonomia de 3:30Hs e capacidade de transportar até cinco pessoas.

O IH-6B pode ser configurado para receber armamento como metralhadoras e lançadores de foguetes, podendo também utilizar um gancho (Cargo Hook) para VERTREP de pequenas cargas e um guincho (Hoist), utilizado para SAR ou realizar o “Pedro” no NAe São Paulo.

Seu atual Comandante é Capitão de Fragata André Gustavo Silveira Guimarães.

IH-6B_01

“Nós ensinamos aos homens o que Deus legou apenas aos pássaros”

 

1 Comment

 

  1. 27/06/2017  13:17 by Satyricon Responder

    E a substituição?

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.