Brasília (DF) – No dia 28 de novembro, no Comando Militar do Planalto, o Exército Brasileiro, por intermédio do 6º Grupo de Mísseis e Foguetes (6º GMF), assinou, com a Empresa Estratégica de Defesa AVIBRAS, um contrato para a aquisição do terceiro lote com 13 viaturas do Sistema ASTROS, no modelo MK-6, para equipar o 16º Grupo de Mísseis e Foguetes, no escopo do Programa Estratégico do Exército  (Prg EE) ASTROS 2020.



O Programa tem como um de seus objetivos mais significativos, contribuir com o objetivo estratégico do Exército de dissuasão extrarregional, em consonância com a Estratégia Nacional de Defesa, aprovada em 2008.

Esse contrato caracteriza mais uma etapa que irá proporcionar uma nova capacidade de apoio de fogo à Força Terrestre, batendo alvos com maior precisão e à longa distância.

De acordo com o General de Exército Marcos Antonio Amaro dos Santos, Secretário de Economia e Finanças, o Prg EE ASTROS 2020 tem grande importância para o Exército pelo seu poder dissuasório e também pelo sistema que empresta à Força. “O desenvolvimento de mísseis, de até 300 km de alcance, coloca o Exército Brasileiro num patamar diferenciado em termos de capacidade dissuasória”, salientou.

O Programa tem em seu escopo o desenvolvimento do Míssil Tático de Cruzeiro, o desenvolvimento do Foguete Guiado, a modernização das viaturas do 6º GMF e a implantação do Forte Santa Bárbara, em Formosa (GO).

O Chefe do Escritório do Exército, General de Brigada Ivan Ferreira Neiva Filho, afirmou que a assinatura do contrato é importante para o Exército porque desenvolve uma capacidade que a Força Terrestre precisa. Além disso, também é relevante para a indústria de defesa, que conseguiu mostrar sua capacidade de colaborar com a defesa do Brasil.

A AVIBRAS Aeroespacial, empresa estratégica de defesa, genuinamente nacional, sediada em São José dos Campos (SP), constitui-se na principal integradora do Prg EE ASTROS 2020.

Para o Vice-Presidente da empresa, Leandro Villar, o programa fez com que a AVIBRÁS introduzisse em sua produção desenvolvimento de produtos novos, uma nova linha de fabricação do Sistema ASTROS. “A AVIBRAS depois desse programa é uma nova AVIBRÁS, principalmente pelas possibilidades de exportação desse material para mundo a fora, que tem sido muito bem aceito e tudo isso só foi possível graças à introdução desse programa lá atrás”, disse Villar.

Esse contrato representa a aquisição das seguintes viaturas:

– Viatura Lançadora Múltipla Universal (LMU): sete unidades

– Viatura Unidade Controladora de Fogo (UCF): duas unidades

– Viatura Posto de Comando valor Subunidade (PCC): uma unidade

– Viatura Posto Meteorológico (MET): uma unidade

– Viatura Oficina Veicular e Eletrônica (OFVE): uma unidade

– Viatura Posto de Comando valor Unidade (VCC): uma unidade

Além das autoridades supramencionadas, participaram, ainda, da solenidade de assinatura o Comandante Militar do Planalto, General de Divisão Sérgio da Costa Negraes; oficiais-generais da ativa e da reserva envolvidos com o Programa ASTROS 2020; comandantes de organizações militares e convidados.

FONTE E FOTO: EB



 

3 Comments

 

  1. 03/12/2018  15:55 by Souto. Responder

    Amigos o 16 grupo de lançadores de foguetes ja esta pronto?

  2. 02/12/2018  17:31 by Socrates Pereira Responder

    Ótima notícia!

  3. 02/12/2018  8:21 by Oseias Responder

    ótima noticia para o EB e para a continuidade do programa.

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.