5 Comments

 

  1. 12/11/2017  22:40 by jacó josé gomes Responder

    É um lixo o judiciário brasileiro. Uma subprocuradora arrogante dizer dá um poquinho de direito para esses miséraveis, isso sim é que é ser ignorante.

  2. 11/11/2017  9:53 by jose luiz esposito Responder

    Tenho pena do BRASIL com o Judiciário que tem , a Maior Casta Corporativista do MUNDO , vão lá ,vão ver a falta de tudo e dificuldades financeiras de Defesa e da Própria Região , mas nada Mudará , continuarão avançando no Erário Público !

  3. 11/11/2017  9:48 by Johan Responder

    A subprocuradora da República desconhecia o trabalho realizado para os "miseráveis", segundo a fala da própria, por que vivem no mundinho fechado deles focados nos direitos dos manos. Não se pode elogiar da mesma forma os poderes Judiciário e Legislativo, que são uma vergonha para este país.
    A intensão do EB foi boa, mas um perda de tempo.

  4. 10/11/2017  20:04 by Leonardo Rodrigues Responder

    Espetáculo! Espero que compreendam de vez a importância das forças armadas tanto quanto defesa quanto assistência.

  5. 10/11/2017  18:16 by rafael Responder

    Que carniça de uniforme!

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.