As aeronaves desativadas auxiliarão no curso de Engenharia Aeroespacial

A Força Aérea Brasileira (FAB) doou duas aeronaves para a Universidade Federal do ABC (UFABC), no dia 26 de julho, em cerimônia realizada no Campus São Bernardo do Campo (SP). Foram entregues um helicóptero Bell H-1H e um avião turboélice Bandeirante. O evento contou com a presença do Diretor do Parque de Material Aeronáutico de São Paulo (PAMA-SP), Brigadeiro do Ar Marcio de Calazans Braga; do Prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando; do reitor da UFABC, Klaus Capelle; e do fundador da EMBRAER, Ozires Silva.

As duas aeronaves serão utilizadas em exibição pública e em apoio à pesquisa e à formação no curso de Engenharia Aeroespacial da UFABC. Com o equipamento, os novos engenheiros aeroespaciais estarão aptos à uma atuação mais ampla e especializada na indústria aeroespacial.

A universidade completou 10 anos em 2016 e é uma das primeiras brasileiras a oferecer uma graduação em Engenharia Aeroespacial. Os laboratórios específicos do curso, no entanto, ainda careciam de equipamentos importantes e de difícil aquisição, como aeronaves reais, que possibilitam que os alunos conheçam sistemas e aspectos práticos de conteúdos como aerodinâmica, estruturas, sistemas de propulsão e instrumentação.

“A instalação dessas aeronaves elevará o nível de nossos cursos, além de colocar a nossa universidade na constelação das instituições de ensino que têm essa classe de instalações – um restrito e privilegiado grupo de universidades”, comemorou o Diretor do Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas da UFABC, Annibal Hetem Junior.

FONTE e FOTO: FAB

 

3 Comments

 

  1. 07/08/2017  14:18 by GUSTAVO HENRIQUE OLIVEIRA PEREIRA GONZALEZ

    Aí sim! Um destino muito mais proveitoso ao nosso país do que ficar doando aeronaves a outros países!

  2. 08/08/2017  8:41 by M. Silva

    Sucateando as forças armadas "despacito".

    Daqui a uns 15 ou 20 anos, as FFAA serão lembranças em fotos.

    Para isso é que serve Ministério da Defesa: encarecer a ampliação e manutenção das FFAA com burocracia e roubalheiras, e sucatear tudo. Afinal de contas, as potências estrangeiras interesseiras precisam entrar aqui e tomar tudo nosso sem reação.

  3. 08/08/2017  19:11 by Jéfferson

    A FAB deveria doar os UH-1H para as PM de São Paulo e do Rio de Janeiro para lutar contra o crime.

Leave a reply

 

Your email address will not be published.