Por Guilherme Wiltgen e Luiz Padilha

No primeiro dia da Fidae, a Embraer convidou um grupo de jornalistas para realizar um voo no seu cargueiro multi-missão KC-390. Configurado para transporte de tropa, o PT-ZNF decolou da Base Aérea Pudahel, da Força Aérea do Chile, localizada no Aeroporto Internacional Arturo Benitez, onde aconteceu a FIDAE.



Após um rápido taxi, o KC-390 logo acessou a pista e realizou uma decolagem bem curta, porém extremamente suave, apesar da potência despejada pelos dois motores turbofan Pratt & Whitney IAE V2500-E5, que possuem um empuxo de 31.330 lbf (139.400 N) cada.

       

Poucos minutos após a decolagem, foi autorizado que todos pudessem se soltar e andar livremente pelo interior da aeronave. Durante os 50 minutos de duração do voo, observamos uma aeronave estável e sem vibrações ou efeitos de turbulências.

Do lado de fora, a paisagem das Cordilheiras do Andes era uma atrativo a parte daquele voo inédito para maioria dos jornalistas a bordo, tantos os brasileiros como os estrangeiros.

       

Como o PT-ZNF é uma aeronave de testes, o revestimento interno ainda não foi instalado e por isso, o ruído interno é muito alto e todos foram orientados a permanecerem com os protetores auriculares durante toda fase de voo e taxi, até o corte dos motores.

Vista do Aconcágua, com seus 6.961 metros de altitude, é o ponto mais alto tanto no Hemisfério Ocidental quanto no Hemisfério Sul.

Ao contrário de muitos cargueiros militares, o KC-390 possui um banheiro fechado, proporcionando um conforto adicional aos tripulantes e passageiros, durantes voos mais longos.

       

Próximo ao horário do crepúsculo, o PT-ZNF retornou ao ponto de partida, onde pousou por volta das 19 horas, novamente realizando um pouso bem curto, ingressando imediatamente à taxiway que nos levaria ao pátio das aeronaves na Base Aérea chilena.

       

Acima, os Editores do Defesa Aérea & Naval, Guilherme Wiltgen e Luiz Padilha, durante o voo no KC-390

Deixando a euforia de lado por termos voado o novo cargueiro da Embraer, aeronave que fez sucesso por onde passou, é importante observar a tranquilidade dentro do espaçoso cockpit, onde a tripulação apenas observava a paisagem e vez ou outra alterava a proa para ficarmos dentro do envelope de voo pré-estipulado.

Cabe ressaltar a presença do Diretor do Programa KC-390, Paulo Gastão, que nos acompanhou durante o voo.

NOTA do EDITOR: O Defesa Aérea & Naval agradece à Embraer, na pessoa do Sr. Valtécio Alencar, pelo convite  feito aos editores para acompanhar esse voo histórico do KC-390 no Chile, durante a sua estréia na FIDAE.



image_pdfimage_print

 

6 Comments

 

  1. 11/04/2018  16:14 by Gustavo Responder

    Belíssimas fotos. Parabéns pela matéria !

  2. 11/04/2018  14:59 by rafaeL Responder

    Uma pergunta.. como é servido lanche,jantar ou almoço pra esse pessoal de aviões de cargas de longa distancia por exemplo o kc390 ? Eles tem cozinha mais ou menos igual a aviação comercial ? ou é igual ?

  3. 11/04/2018  13:01 by Pablo Responder

    Tchê, é o seguinte, acho que a Embraer poderia ter colocado também uma TV para os pilotos rsrrsr, impressiona o conforto desse avião que parece que eles estão no sofá da sala rsrs
    Brincadeiras a parte, muito boa as fotos e a matéria, só queria compartilhar a mesma dúvida do Luciano.

  4. 11/04/2018  11:19 by tadeu Responder

    espetacular, painel de primeira linha. enche de orgulho a nossa industria aérea. Embraer.

  5. 10/04/2018  20:38 by Luciano Andrade Responder

    Tão podendo, meus amigos, rs. E nos bastidores, ouviram algo sobre novos clientes, situação do pedido de Portugal, opinião de militares e jornalistas estrangeiros e também do público em geral?
    Abs e obrigado por nos trazer essas informações.

  6. 10/04/2018  20:03 by Leonardo Costa da Fonte Responder

    Parabéns pessoal! Grande cobertura!!

Leave a reply

 

Your email address will not be published.