Por Murilo Ramos – Coluna Expresso

O Palácio do Planalto abriu licitação para contratar serviços de comunicação por satélite para duas aeronaves presidenciais: Embraer 190PR e Airbus 319CJ.



O objetivo é permitir que o presidente e assessores consigam se comunicar a qualquer tempo a bordo dos aviões, tanto em território brasileiro quanto no exterior. A Presidência da República prevê gastar até R$ 2,3 milhões com a despesa. Um das exigências da licitação é que a empresa escolhida guarde sigilo sobre todas as informações obtidas em decorrência.

FONTE: ÉPOCA



 

8 Comments

 

  1. 15/05/2018  19:58 by Topol Responder

    O desmonte da nação exige que as comunicações sejam expostas aos "donos do dinheiro" ! Amigos, entendam de uma vez por todas... o Brasil não passa de um território ultramarino dos EUA e nunca mais voltará a ser uma nação independente... escravidão moderna ... e digo mais ainda faltam umas 3 ou 4 empresas importantes para eles que precisam e que serão privatizadas, dentre elas Petrobrás, Correios e não é para daqui a 10 anos não é pra já

  2. 15/05/2018  15:35 by luis Responder

    A licitação é para cobertura global então o territorio brasileiro entra no pacote, mas nada impede de ter como segunda linha de comunicação (canal de backup) a banda dos militares, quando a aeronave estiver no territorio brasileiro, já que o avião presidencial integra o comando das forças armadas brasileiras e pode usar o canal militar do SGDC.

  3. 15/05/2018  13:30 by Renival Oliveira Responder

    Isso tudo é uma vergonha, o povo pagar a construção do satélite; pra que aumenta-se a cobertura da banda larga para todo o território Brasileiro. E ter segurança nas comunicações estratégicas como as militares e do governo; e veja as noticias que não para de aparecer, Isso tem que ir pra mídia e mostrar quem realmente está vendendo para os americanos o controle do SGDC. que foi pago totalmente com dinheiro do povo Brasileiro. e agora querem gastar uma fortuna para atualizar as comunicações via satélite nos aviões presidências. CADÊ O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL??

    • 15/05/2018  20:28 by Ricardo Ribeiro Responder

      o Governo vai licitar alguns dos canais do SGDC para a iniciativa privada nao o satelite inteiro, procure se informar , os canais estratégicos de comunicaçao das forças armadas serão exclusivos do Brasil.

  4. 15/05/2018  12:07 by Rodolfo Responder

    Era para ter, mas o governo atual preferiu privatizar o satélite da Telebrás que cuidaria das comunicações internas, como mencionou o amigo, SGDC.
    Privatizando o que acontece? O governo paga-se por utilizá-lo, e para quem ele vendeu? Para uma multinacional, ou seja, uma empresa estrangeira. Teremos uma comunicação total, civil e militar, nas mãos de uma empresa estrangeira. Que legal né, regressão é isso, e complexo de inferioridade são aqueles que aplaudem em pé a venda do Brasil.

    • 15/05/2018  13:10 by Augusto Responder

      Não é nada disso. Procure se informar. O Ministério da Defesa deu parecer aprovando o negócio e a banda Ka será totalmente controlada pelo governo.

  5. 15/05/2018  11:31 by Tiago Gimenes Responder

    Poxa ainda não tem?

  6. 15/05/2018  11:30 by Alisson Mariano Responder

    Não usará o SGDC quando em espaço aéreo brasileiro?

Deixe uma resposta para Augusto Cancelar resposta

 

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.