O Gripen E da Saab é a aeronave de combate mais avançada e multifuncional do mundo. Ele traz uma suíte de tecnologia completa, preparada para o futuro, combinada com uma proposta “Make in India”, que estabelecerá a mais moderna capacidade de fabricação de aeronaves de caça do mundo na Índia.



A Saab está pronta para fornecer um ecossistema aeronáutico completo junto com nossos parceiros indianos e fornecedores globais. “O Gripen E é o caça mais avançado com um pacote ‘Make in India’ claro e bem pensado. Será o principal concorrente de qualquer programa de combate planejado pelo governo indiano”, diz Jan Widerstrom, Chairman da Saab India.

“Utilizando a tecnologia de ponta, o Gripen E atende e derrota todas as ameaças existentes e futuras, ao mesmo tempo em que atende a requisitos rigorosos de segurança de vôo, confiabilidade, eficiência de treinamento e baixos custos operacionais. O futuro espaço de batalha será muito exigente. As aeronaves de combate precisarão analisar e manusear grandes volumes de dados, apoiando a capacidade do piloto de selecionar, lançar e guiar armas em perfeita coordenação com outros membros da equipe bem antes do adversário. É aí que o Gripen E domina ”, diz Mats Palmberg, Vice-Presidente (Parcerias Industriais) Saab AB e Chefe da Campanha Gripen India.

“Outro diferencial importante do Gripen E é sua alta disponibilidade e adaptabilidade. A aeronave tem os menores custos de ciclo de vida e uma pequena pegada logística. A facilidade da integração de armas de qualquer fonte garante uma vantagem significativa em termos de preço e tecnologia para a IAF ao adquirir armas”, acrescenta Palmberg.

“O Gripen E tem um papel multiuso e pode executar todos os papéis sozinho ou em formações maiores e combinadas (ataque, AD escolta, SEAD e reconhecimento / avaliação de danos de batalha). O Gripen E estará sempre um passo à frente de seus adversários, graças à facilidade de atualização no nível operacional. Com seu alto grau de disponibilidade e baixos requisitos de manutenção, seria o cavalo de batalha ideal para a IAF em todo o campo de batalha tático”, diz Captain (retd) Sudhir Varma, chefe do Gripen and Airpower Systems, Saab India.

O Gripen E transformará fundamentalmente a capacidade de tecnologia de defesa da Índia para realizar sua ambição de ser um player global independente. O programa do caça Gripen E tornará a Índia independente da necessidade de comprar aeronaves de combate de outros países. A Saab está comprometida com a transferência de tecnologia para a Índia para seu programa de aeronaves de combate. A Saab tem um abrangente programa “Make in India”, que incluirá o estabelecimento de uma instalação de fabricação; transferência de tecnologia de ponta, construção de um ecossistema aeroespacial na Índia, criação de uma base de fornecedores locais, emprego e desenvolvimento de habilidades para uma força de trabalho indiana bem treinada.

TRADUÇÃO E ADAPTAÇÃO: DAN



image_pdfimage_print

 

5 Comments

 

  1. 11/04/2018  9:15 by Roberto Dias Responder

    Na estratégia da guerra, de um modo geral, existem muitas variáveis que se tornam decisivas para o sucesso. Vários países já ganharam guerras com material bélico inferior ao do inimigo, mas graças ao planejamento e ao treinamento de suas tropas, as desvantagens materiais foram superadas. Acredito que o Gripen com todas as suas "inferioridades" irá permitir aos nossos pilotos um maior adestramento e domínio de suas qualidades, tudo isto devido a um custo inferior de operação. Outra coisa é nosso risco de guerra, não temos adversários a altura de nossas forças armadas, seja em equipamento ou treinamento localmente. Um grande adversário deveria vir de fora, e pra isso nunca existirá investimento em defesa suficiente.

  2. 10/04/2018  21:47 by Miguel Potenza Responder

    Os Grippen da Saab são bons caças, mas não são os melhores do Mundo, não são os mais rápidos, não são aqueles com maior poder de fogo, não são aqueles com maior autonomia de voo, não são invisíveis aos radares, não são os mais tecnológicos.
    No geral, a relação custo/ benefício é muito boa para os caças Grippen da Saab, são aeronaves respeitáveis, mas nada extraordinário, sem igual- isso é propaganda,exagero.
    No futuro próximo, em 10 ou 15 anos, os caças tripulados serão substituídos por VANTS, drones não tripulados, capazes de fazerem manobras que o corpo humano não suportaria, e dotados com canhões a laser e outros sistemas e armas que transformarão os atuais caças em modelos ultrapassados.

  3. 10/04/2018  20:11 by Wolfpack Responder

    A espera da Zelotes. Os imaculados nórdicos terão que se explicar.

  4. 10/04/2018  17:53 by Renato Responder

    Que papo é este de "ecossistema aeronáutico"? kkkkkkk

  5. 10/04/2018  16:58 by Augusto Responder

    Gosto do Gripen, mas daí a ter que ler que ele "é a aeronave de combate mais avançada e multifuncional do mundo" é de doer os olhos.

    Aliás, a SAAB ofereceu o Gripen à Índia no finado MRCA, que começou em 2001 - em 2009 a SAAB propôs transferência de tecnologia à Índia - mas, passado todo esse tempo, a SAAB só fez (muita) propaganda.

Leave a reply

 

Your email address will not be published.