A eventual parceria entre Embraer e Boeing esbarra em um conflito de interesses difícil de ser compreendido e que divide especialistas.

O motivo é a parceria já consolidada entre a Embraer e a empresa sueca Saab, que venceu a concorrência do programa FX-2 para fornecer caças supersônicos Gripen ao governo brasileiro.

Na disputa, os suecos venceram o caça F-18 Super Hornet, da norte-americana Boeing, e o Rafale, da francesa Dassault. Ou seja, Boeing e Saab são concorrentes no mercado internacional e isso poderia inviabilizar uma parceria entre a Embraer e a empresa americana.

“A Suécia concordará em passar um segredo tecnológico para uma empresa que estará coligada a uma concorrente direta dela nesta área”, questionou Celso Amorim, ex-ministro da Defesa, em artigo ao portal GGN.

“A Embraer, como ela é hoje, ainda possui algumas lacunas a serem preenchidas. Para algumas destas lacunas o acordo com a Suécia irá ajudar. Como a Boeing é o principal concorrente deles nos caças, não sei se uma coisa afetará a outra”, completou.

Para Ciro Bondesan, que foi o nono engenheiro a fazer parte da Embraer e acumula 53 anos de experiência no setor aeronáutico, as três empresas podem se beneficiar da negociação. “Creio que haverá troca de interesses. A Boeing pode querer pegar itens da Saab, e vice-versa”.

FONTE: Jornal O Vale

image_pdfimage_print

 

17 Comments

 

  1. 10/01/2018  2:05 by MARCEL F GARCIA Responder

    BRASIL PAÍS de homens lideres em governo que são piores que prostitutas de luxo , quem paga mais leva e se agradar mais um pouco deixa bagunçar na própria casa , vergonha desse governo safado que esta vendendo tudo , a EMBRAER , as estradas de ferro , os portos e aeroportos , a PETROBRAS, enfim e para resumir como disse Sylvester Stallone na gravação do filme por aqui , "os mercenários ", no BRASIL você pode explodir as coisas por fogo na rua , parar tudo e criar um caos e no final ainda te darão um macaco ,sem mais ...

  2. 09/01/2018  15:15 by Gilberto Rezende Responder

    Negociação .... que vai sobrar para a Suécia...

    Acabará em Mènage "ATROZ"...

    Incluindo o T-X Boeing-Saab para a FAB...

    E viva ao MERCADO...

  3. 09/01/2018  10:02 by stadeu Responder

    Sabe a gente vai bater de novo? Te digo já. No mesmo caso do FX-2 e dos submarinos da Marinha o que vai mandar inevitavelmente será em primeiro lugar a Soberania, daí é que a gente parte para o contrato, ou seja papel papel papel, redige um contrato de interesses + soberania e será só love. e Ponto final.
    Não vendam nossa soberania, nosso espaço aéreo, o território terrestre e nem a Anazônia Azul.

  4. 09/01/2018  0:34 by Esteves Responder

    Santo Deus. Pai do céu. A Embraer não é uma empresa aeroespacial. A Embraer não produz foguetes nem mísseis. A Avibras não produz aviões. Os americanos salvaram a SAAB da falência em pelo menos 3 (três) vezes. Aliás...os americanos salvaram a Europa da falência várias vezes.

    São duas empresas privadas tentando fazer negócio. É só isso.

    Em dezembro passado a Disney comprou a FOX por 65 bilhões de dólares. Negócios de gente grande.

    Não tem americano desembarcando em Natal...embora fosse uma boa alternativa dado o abandono da cidade e do estado do RN.

    • 09/01/2018  12:38 by BrunoFN Responder

      O q vc entende da palavra '''Aeropespacial'' ?.. seria igual a espaço sideral ... ? Embraer seria o q ? ..... Empresa privada q n vive sem os financiamentos do BNDES seja em investimento direto ou mesmo financiar vendas ...e ate mesmo comprar componentes fora (maioria ''made in usa'' diga-se, q coisa ne ) ... a , ja sei , acionista paga tudo ? ..Q parte ''SAAB'' q os americanos salvaram ? (pois SAAB e algo mt relativo ....poderia ser o setor automotivo ? carros ? )
      2 empresas ''privadas'' tentando fazer negócios .. uai... se surgir uma proposta china pela BOIENG ? gov americano aceitaria numa boa ? vc aceitaria numa boa ? .... (n mt tempo atras surgiu esse ''boato'' prontamente descartado... ) ... quer outro exemplo ? .. a SUKHOI .. teve proposta de compra por parte dos Chinas .. empresa '''privada''... ou a MIG .. ta a venda ? gov aceitou por um acaso ? pais seria e outra coisa ...
      tudo são negócios ... ok mas ate certo ponto .. desde q n envolva soberania .. e se hj a EMBRAER e o q e .. n esta ali so por conta de ''acionistas'' .. existe mt investimento e tempo gastos ali .. n maioria das vezes se retorno algum .. quando se aceita tal ''participação'' do governo (isso serve pra qualquer empresa considerada ''estratégica'' ..em países sérios ) .. vc tem o ''ônus e o bônus''' amigo ...vc fica ''preso'' a esse governo quer vc gostando ou n .. no nosso caso temos o ''Golden Share'' , nossa garantia pra q esse golpe q estão tentado dar no pais n seja totalmente lesivo .. se aEMbraer quer sumir , problema e dela , desde q nosso interesse ,seja primeiro garantido e n simplesmente repassando tudo a BOEING . a troque de q ? nada ? .. pois infelizmente a Embraer esta envolvida em praticamente todo setor ''AEROESPACIAL'' brasileiro .. q vão desde peças de quinta .. ate satélites ,e n se pode se desfazer de tudo isso a titulo ''faz parte do mercado'' ...isso e claro quando se trata de uma pais serio
      Um lembrete .. Avibras tb projeta VANTS .. n mt tempo atras dentro do FX se cogitou a possibilidade da produção dos SUKHOI serem produzidos por essa empresa ,dai o pq da opção hj , garanto q seria mt mais interessante, q essa opção de hj via Embraer , pois duvido q essa mesma va desenvolver ou mesmo projetar um sucessor pros tais GRIPENS
      outra coisa q vc citou .. vamos er mais amplos .. o q acha de Holiwood esta a venda ? vem os chinas e passam o rodo em tudo ,acha q o gov dos EUA vai simplesmente se desfazer do seu maior ''bem'' publicitário..ou seja , filmes ,seréries e tudo q vemos na TV .(americano bonzinho salvando o mundo a troca de nada .. e viveram felizes para sempre !! hehehehe). a troco de ''lei de mercado?.. n e assim q o ''mundo ideal'' funciona .. realidade e beeem diferente .... existem investimentos ,parcerias e claro.... mais tudo ate certo ponto
      Disney compro Fox .. ok . negocio ''caseiro'' .. mais se fosse um marca China comprando a Disney ? e ai ?

  5. 08/01/2018  22:39 by BrunoFN Responder

    Se a fusão acontecer .. simplesmente n tem sentido nenhum transferir tecnologia pra uma q sumiu ...2 opções nesse possível cenário ;
    cancela a compra e parte pra uma compra de prateleira (provavelmente o F-18 pra alegria de alguns ) ... ou transfere o contrato do FX2 pra uma outra empresa brasileira (avibras provavelmente) ,manter tal contrato sob tutela de uma empresa como a BOEING seria um erro e jogar tempo e dinheiro no lixo .... ao menos assim n se mata por completo o desenvolvimento aeroespacial brasuka ... pois se depender da BOEING pra alguma coisa fica difícil

  6. 08/01/2018  22:01 by Teropode Responder

    Besteira, Boeing e Embraer já levam isto em consideração, aliás SAAB é Boeing são velhos parceiros, certamente fornecerão centenas de treinadores para USAF, muito pouco provável que que há algo extraordinário no gripen que surpreenda a Boeing tecnologicamente. Quanto ao discurso da esquerda, não possuem crédito moral e intelectual l
    Pará serem levados à sério, só patriota da, nada mais!

  7. 08/01/2018  17:47 by Leonardo Rodrigues Responder

    O ódio destilando mesmo que para isto vendam a Embraer. Pobres cegos entreguista.

    • 08/01/2018  22:18 by Teropode Responder

      Entreguistas de um lado e pilhadores do outro, escolham seus lados!

  8. 08/01/2018  17:35 by luis couto Responder

    Bem que o PT queria criar uma concorrente para a embraer com o apoio do russos. o governo na época já sabia que a embraer poderia ser absorvida por empresas americanas e deixar o desenvolvimento nacional dependente do congresso daquele país. até um super tucano pode ser barrado pelo congresso americano, ao passo que se a embraer continuar a ser brasileira, poderia substituir os componentes dos EUA e não precisar das autorizações.

    • 08/01/2018  22:05 by Teropode Responder

      Certamente queriam mais uma forma de tirar grana do BNDES e de quebra tirar uma grana da Embraer!

  9. 08/01/2018  17:27 by pgusmao Responder

    Esse Celso Amorim é um petista radical, nos colocou nos piores negócios e situações, vários empréstimos concedidos pelo BNDES, com o aval do Itamaraty, foram apoiados por esse cidadão, os quais jamais serão pagos, tudo para gerar propina para o Grande Chefe, todos seus atos sempre foram com viés político para agradar os esquerdalhas de plantão.

  10. 08/01/2018  16:29 by regivaldo Responder

    Acredito se forem fundir as empresas será pá de cal para a Embraer!Contudo, se for parceria estratégica com possibilidade de reversão no futuro, ainda que distante e sem prejuízo dos projetos em curso; abre-se a possibilidade da Embraer adquirir know how para fabricar jatos de grande porte e tornar o pais com capacidade plena de fabricar qualquer jato comercial para o mundo!

  11. 08/01/2018  15:05 by Giovanne564 Responder

    Eu acho que está notícia tem um lado bom que é as próximas negociações entre Brasil e EUA na área aérea pois uma das empresas amigas e a Embraer

  12. 08/01/2018  14:54 by César Pereira Responder

    A Embraer, não é a tal em seu segmento, então qual é o porque desse acordo com a Boeing? Essa negociata, vai trazer ganhos financeiros a poucos e prejuízos ao Brasil, essa é a verdade!

    • 08/01/2018  22:14 by Teropode Responder

      A Embraer não é a tal kkkk, certamente a terceira maior montadora ' gerenciadora e projetista de aviões é inrelevante no cenário mundial , então não há como trazer prejuízo ao Brasil hiper desenvolvido.

  13. 08/01/2018  14:07 by Francisco Braz Responder

    Este é o tamanho do pepino dos administradores encarregados de alinhavar o acordo. Nem tanto ao mar, nem tanto à terra e algo para o ar. Vai ser interessante ver o que sai disso. O fato é a sobrevivência dos três, ou acham que a Embraer, SAAB e Boeing vão, individualmente, fazer frente à AIRBUS com a Bombardier??? Só, como sempre, cuidado (muito cuidado mesmo) com as letras miúdas. Principalmente com as letras miúdas escritas dentro das letras miúdas.

Leave a reply

 

Your email address will not be published.