Aeronave precisou pousar no Caju, na Zona Portuária. Homens com rádio transmissores foram flagrados na manhã desta quinta-feira (1°) na frente de barricada e próximo ao 22°BPM.



Um helicóptero da Polícia Civil foi atingido por um disparo no tanque de combustível durante uma operação na Maré, na Zona Norte do Rio, nesta quarta-feira (28).

Ainda segundo a Polícia Civil, o helicóptero pousou no Caju, na Zona Portuária, onde foi feita uma perícia. O registro de ocorrência foi feito pela própria Coordenadoria de Recursos Especiais (Core).

Na manhã desta quinta (1°), não havia movimentação de operação policial na comunidade, mas imagens feitas pelo Globocop mostraram homens com rádio transmissores sentados no meio da rua, na frente de uma barricada. O local fica a poucos metros do 22°BPM (Maré).

FONTE:G1



 

9 Comments

 

  1. 09/03/2018  17:45 by Lucas Iglesias Responder

    Enquanto não mudarem as leis, a polícia vai continuar enxugando gelo.

  2. 09/03/2018  12:40 by Roberto Silva Responder

    Continuamos enxugando gelo e o Temer querendo se eleger. Foram mais de 30 anos criando essa situação. Não tem como acabar em 10 meses.

    • 09/03/2018  14:56 by Cacio Responder

      Resolve sim. Só ter vontade de verdade.
      O bandido tem que voltar a ter medo da Polícia.
      Temos que adimitir que precisamos de soluções como a que deu certo em Singapura e vem dando certo na Malásia.
      É só ter vontade de verdade.

  3. 09/03/2018  12:20 by pgusmao Responder

    Chegamos ao fundo do poço, como que uma cidade com a maior concentração de tropas do país não consegue rapidamente tomar de assalto esses morros??? Tem Fuzileiros, Brigada Para-quedista, Grumec, Base da Força Aérea de Santa Cruz e do Galeão, mas com tudo isso não conseguem limpar a cidade rapidamente.

    • 09/03/2018  14:52 by Cacio Responder

      Cara, você viu a quantidade de organismos que montaram observatórios da intervenção?
      Até a ONU está se metendo aqui.
      Nunca vi OAB e esse povo todo montando observatório para os policiais e civis mortos por essa vagabundagem aqui do Rio que faz uma guerra todos os dias e com mais mortos e feridos inocentes que muitas guerras declaradas mundo a fora.
      A primeira coisa que nós brasileiros precisamos fazer é deixar de ter inversão de valores. Contra essa corja toda da imprensa e esquerdistas que defendem marginais, devemos declarar que bandido é bandido e tem que ter o que merece.
      Aos críticos de plantão que ficam falando "mas é e os bandidos de Brasília?", digo que cada bandibandido em sua hora. Para de ficar defendendo um ruim pelo outro.

  4. 09/03/2018  9:33 by rafaeL Responder

    Sinceramente . como q uma minoria de vaga..... podem fazer frente ao exercito,aeronáutica,marinha, pm,civil e federal.. Pelo amor de Deus que pais é esse?

    • 09/03/2018  10:06 by Tomcat3.7 Responder

      Pois é Rafael, são os direitos DEShumanos e os modinha que passa mão na cabeça de bandido ,até nosso judiciário que conseguiu tornar uma vítima de terrorismo em culpado, vc quer mais o quê, tem que se reiniciar a política e a justiça do Brasil, tudo falido em sua quase totalidade.

      • 09/03/2018  16:09 by rafaeL Responder

        Sinceramente eu acho q esse pais não tem mais jeito .. Estamos no fundo de uma fossa isso sim.

  5. 09/03/2018  8:45 by Tomcat3.7 Responder

    O gen. Braga Neto disse que criminoso com arma considerado que está ponto policiais ou civis em risco pode se usar de força letal. Então "head sho"t neles uai.

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.