kri-i-gusti-ngurah-rai-332-sigma-frigate

KRI I GUSTI NGURAH RAI-332 Sigma-frigate

AAA ReleaseComo a primeira fragata SIGMA 10514 da classe Perusak Kawal Rudal (PKR) da Marinha indonésia, KRI RADEN EDDY Martadinata-331, construída no estaleiro PAL PT em Surabaya pelo Damen Schelde Naval Shipbuilding (DSN) que iniciou seus testes de mar no início deste mês, sendo um marco importante para o programa onde a primeira chapa de aço foi cortada em janeiro 2014, ontem a segunda unidade desta classe foi lançada pelo Damen Schelde Naval Shipbuilding (DSN ) no estaleiro PAL PT em Surabaya também.

Com 105 metros, 2.365 toneladas, as fragatas PKR são projetadas para realizar uma ampla gama de missões em torno das águas da Indonésia. Sua missões principais são: anti-aérea, anti-superfície e guerra anti-submarina. No entanto, elas também estão equipados para a segurança marítima, tarefas de apoio humanitárias de busca e salvamento.

sigma-frigate

Os dois navios foram construídos através de um processo modular colaborativo operando simultaneamente em Damen Schelde Naval Shipbuilding (DSN) na Holanda e no estaleiro PT PAL na Indonésia. Cada fragata é constituída por seis módulos, e para o primeiro navio, quatro deles foram construídos no PT PAL.

Os outros dois foram construídos e testados pelo Damen Schelde Naval Shipbuilding (DSN) na Holanda antes de ser enviado para a montagem final no PT PAL. O sucesso do programa repousava sobre os dois estaleiros que trabalham em conjunto com o cliente final, operando praticamente como uma única unidade. O relacionamento forte também permitiu que o programa de transferência de tecnologia maciça, prosseguisse sem problemas, tanto na Indonésia quanto na Holanda. A primeira fragata Sigma 10514 KRI RADEN EDDY Martadinata está dentro do cronograma para entrega no final de janeiro 2017 após a conclusão de três meses de treinamento da tripulação.

sigma

As fragatas são capazes de operar com um helicóptero de peso máximo de 10 toneladas no convoo sendo capaz de operar dia e noite, além disso, possui também um sistema de reabastecimento RAS no convoo a ré da fragata. Ela também conta com 2 RHIB, e uma tripulação de 120 pessoas.

O sistema de armas do navio consiste de: 1 Radar 3D de Vigilância, IFF, Radar electro-óptico, Sonar montado no casco, sistema de gestão de combate, canhão de 76 mm, 1 x ciws, 2 x lançadores de SSM, 12 celula VL SHORADS, 2 x lançadores triplos de torpedo, ESM e ECM, 2 x lançadores de Chaff/Flare integrado e sistema de comunicação externa, 2 Radares de navegação, ECDIS, equipamentos GMDSS-A3, um giroscópio de referência e instalado na casa do leme, um console integrado ao passadiço.

FONTE: DAMEN

image001

 

6 Comments

 

  1. 25/06/2018  14:05 by Tiago Borges dos Santos Responder

    Olá a todos!, bom na minha opnião a embarcação é realmente como alguém comentou antes, apenas um navio patrulha reforçadinho! pra marinha do Brasil nem pensar, seria muito mais interessante as fragatas ligeiras tipo 054 chinesas, com mair tonelagem, mais bem armada e com capacidades muito maiores! mesmo negocio de troca de tecnologias, sem comparação pessoal! leve em conta que meus comentários foram completamentes básico dos basicos. abraço a todos!

  2. 01/10/2016  15:59 by Andre Responder

    Já eu detestei! Na minha opinião as fragatas mais bonitas da atualidade são as F124 alemãs, as FREEM (principalmente italianas), as tipo 45 e as tipo 26. Tem um modelo Sigma, acho que do Marrocos, que é bem bonita também.
    Quanto ao prazo de entrega acho que para um navio de 2000t não é de se admirar esse período de construção. A Barroso levou 14 anos por que nossa classe politica não tem gestores que pensem em Programas de Estado e no controle das contas, mas sim em programas egocêntricos como o dane-se o país e seu povo.
    O que me chamou atenção de nossa marinha é que as fragatas não estão nem entre as três prioridades da armada. Acho que as Niteróis e as corvetas Barroso e Tamandaré são mais estratégicas para a marinha do que uma nova geração de fragatas. Outra explicação é que ja temos outro projeto em larga escala em curso: prosub. Como o prosuper também é muito caro, não tem como manter dois projetos dessa dimensão simultaneamente. Minha opinião!

    • 18/06/2018  21:03 by rogerio rufini Responder

      não passa de um patrulha armado, só isso,

  3. 01/10/2016  12:34 by ARC Responder

    Que fragata linda, gostei do designer.

  4. 01/10/2016  10:46 by Airacobra Responder

    César Silva, esqueceu de citar que além de toda demora a mais para terminar, ainda há a "vantagem" do precinho brasileiro, que torna o navio 2 vezes mais caro, e da qualidade do navio também que não chega aos pés dos construidos la fora

  5. 30/09/2016  23:06 by césar silva Responder

    janeiro de2014 cortado a primeira chapa janeiro de2017 já vai se entregue? aqui se espera levar de 6 a 7 anos pra se construir a tamadaré. são belos navios uma coisa que mi chamou a atenção são as chaminé discreta ocupando pouco espaço

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.