Presidente eleito ainda não definiu nomes para os comandos da Marinha, do Exército e da Aeronáutica

O assunto está sendo tratado com os atuais comandantes pelos futuros ministros do GSI e da Defesa Foto: Ascom

O presidente eleito Jair Bolsonaro toma café da manhã desta sexta (16) com o comandante da Marinha, almirante Eduardo Bacellar, no 1º Distrito Naval, no centro do Rio de Janeiro. Ele chegou por volta das 8h30.

Bolsonaro ainda não definiu nomes para os comandos da Marinha, do Exército e da Aeronáutica.
Por enquanto, o presidente eleito divulgou dois nomes de militares para seu governo, um para o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) e outro para o Ministério da Defesa.

O general da reserva Augusto Heleno que assumirá o GSI, vinculado à Presidência da República. O general Fernando Azevedo e Silva, que atuou como assessor do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, ficará com a Defesa.

FONTE: Diário do Poder



 

2 Comments

 

  1. 16/11/2018  18:18 by PRAEFECTUS Responder

    Pra mim um dos quadros com condições de comandar e levar a bom termo a Marinha do Brasil, é o Almirante de Esquadra Bento Costa!

    Grato

  2. 16/11/2018  16:56 by Souto. Responder

    Sera que o CM falou da necessidade das corvetas Tamandare?

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.