A Leonardo e seus parceiros canadenses irão fornecer um pacote completo de modernização da frota atual de 14 helicópteros dedicados à busca e salvamento, aos quais sete unidades serão adicionadas.



O programa pode permitir uma maior redução dos custos de gestão de frotas, destinados a permanecer em serviço até 2040, durante a realização dos mais elevados padrões de capacidade operacional. O AW101 tem uma longa série de sucessos na realização de busca e salvamento no mundo e, além do Canadá, a aeronave foi escolhida por vários países, incluindo Portugal, Dinamarca, Itália e Noruega.

As 14 unidades de CH-149 (designação canadense do AW101 da Leonardo) atualmente em serviço, são utilizados para tarefas de busca e salvamento, e a elas serão adicionadas sete novas unidades. Leonardo e IMP Aerospace atuam em conjunto com outras empresas canadenses (CAE, Rockwell Collins Canadá e GE Canadá) através da associação chamada Equipe Cormorant.

O anúncio do Governo do Canadá confirma que o AW101 é o único helicóptero que pode atender às necessidades futuras para busca e salvamento do país, tendo em conta o que já foi garantido pelo CH-149 Cormorant até à presente, em termos de qualidade da cobertura nacional e capacidade oferecida ao pessoal das Forças Armadas do Canadá.

A Leonardo e a equipe Cormorant vão trabalhar com o governo daquele país para completar a avaliação de aspectos individuais de exigência e finalizar o programa de modernização e expansão da frota, que também incluirá serviços de simulação e treinamento. A solução oferecida por Leonardo e a equipe Cormorant é baseado no padrão mais avançado atualmente disponível para o AW101, permitindo a intervenção significativa na redução do risco para superar a obsolescência e reforçar as capacidades operacionais. A expansão da frota também irá permitir a redistribuição de quatro helicópteros SAR em base da Força Aérea canadense, responsável pela gestão do Cormorant, aumentando a cobertura do território.

Nos últimos dois anos os serviços de apoio prestados pela Leonardo, IMP Aerospace e GE Canadá permitiram que o governo desse país alcançasse uma redução significativa nos custos operacionais para a frota atual. Antecipando a extensão das operações de helicóptero até 2040, o novo programa permitirá uma maior economia. A Leonardo e a equipe Cormorant também se comprometeram a trabalhar juntas na indústria aeroespacial de defesa, e pesquisa para desenvolver uma forte proposta de rentabilidade tecnológica, buscando áreas de apoio consideradas de interesse estratégico para o país.

A Leonardo demonstrou excelente desempenho a este respeito no passado, superando até mesmo o previsto pelo contrato original de compra primeiro AW101 Cormorant com uma contribuição de 121% e dois anos de antecedência. Desde então, a Leonardo continuou a apoiar o setor aeroespacial e de defesa do país, comprando produtos e serviços canadenses para  programas de helicópteros civis e militares no mercado mundial, avaliado em mais de US $ 1,5 bilhões.

TRADUÇÃO E ADAPTAÇÃO: DAN

FONTE: Leonardo


 

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.