Em 21 de setembro, em um esforço conjunto e coordenado pelo Grupo de Fiscalização e Recebimento de aeronaves AF-1/1A, Centro de Guerra Eletrônica da Marinha (CGEM), 1° Esquadrão de Helicópteros Anti Submarino (HS-1) e 1° Esquadrão de aviões de Interceptação e Ataque (VF-1), com o apoio da Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate, a Marinha do Brasil realizou uma inédita Ação de Guerra Eletrônica nas instalações do Complexo Aeronaval, em São Pedro da Aldeia.



Essa atividade consistiu na coleta dos parâmetros reais de emissões, em todos os modos de transmissão, do novo Radar instalado nas aeronaves modernizadas AF-1B/C.

As emissões foram recebidas, identificadas e armazenadas pela aeronave SH-16 (Esquadrão HS-1), que possui capacidade de Inteligência Eletrônica. Os dados serão analisados minuciosamente pelo CGEM, responsável em prover a biblioteca de guerra eletrônica dos meios no âmbito da Marinha do Brasil (MB).

O objetivo primário desse Ensaio em Solo foi permitir o desenvolvimento de uma Biblioteca de Guerra Eletrônica (Biblioteca de Ameaças) necessária para ser carregada nas aeronaves AF-1B/C, as quais realizarão, em breve, um Ensaio em Voo visando à validação final do novo Sistema Radar Warning Receiver (RWR). Oportunamente, serão realizados exercícios com o AH-15B (Super Cougar), incrementando de forma contínua as capacidades de guerra eletrônica da MB.

 

O resultado desse evento representa um incremento do Poder Naval, com o acréscimo nas capacidades do Porta-Helicópteros Multipropósito “Atlântico” e sua Ala Aérea embarcada, e aumento nas capacidades operacionais do AF-1B/C, permitindo a participação mais eficaz em diversas operações.

FONTE: MB



 

6 Comments

 

  1. 03/10/2018  1:16 by Topol Responder

    Podiam testar o AF-1 sob interferencia do casulo Sky Shield dos AMX da FAB ou até treinar com este equipamento já que o mesmo é integrado ao SkyHawk e a MB e FAB tem assinado protocolo de interoperabilidade de meios, seria bom para ambas as forças

  2. 02/10/2018  16:19 by Souto. Responder

    Boa tarde Padilha ou Guilherme alguma informação sobre a vo9lta do A-4 que colidiu ainda esta em reparos?
    esse ano ainda segundo o Alte,. Carolli o VF-1 vai receber outro A-4 modernizado ??
    2- Padilha alguma informaçao sobre a entrega a MB do helico´ptero UH-15B ?

    • 02/10/2018  21:11 by Guilherme Wiltgen Responder

      Souto,
      A MB está fechando os últimos detalhes com a Embraer para realizar os reparos necessários.
      Espera-se receber o AH-15B ainda este ano.
      Abs,

  3. 02/10/2018  14:45 by marcos Responder

    a marinha não tem porta aviões, aerodromo, o af1 é uma aeronave obsoleta, as unidade sao poucas.
    a realidade é o melhor caminha para o sucesso

  4. 01/10/2018  14:59 by Pikizero Responder

    Aprimoramento constante e necessário, viva a armada do imperador

  5. 01/10/2018  13:51 by Br Comenta Responder

    Todos os Esforçoes , para o Aumento da Capacidade de nossas Forças...sempre serão muito bem vindas.
    Parabens a Todos[as] os Envolvidos e aos Brasileiros[as] Honrados e de bem.
    Brasil acima de tudo.

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.