Na última terça-feira (11/10), uma comitiva do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) visitou a Ala 2 e o Terceiro Grupo de Defesa Antiaérea (3° GDAAE), unidades da Força Aérea Brasileira (FAB) localizadas em Anápolis (GO). O intuito da visita foi o de vislumbrar possíveis projetos e áreas de integração entre as instituições.

O Secretário Alvaro Toubes Prata explicou que a interação entre MCTIC e Ministério da Defesa tem se intensificado nos últimos tempos. “Para que essa interação aconteça de maneira mais harmônica e legítima, é importante que possamos conhecer as instalações e conversar com as pessoas envolvidas nos setores”, afirmou o secretário.

A comitiva recebeu palestras sobre a missão e rotina da Ala 2 e seus esquadrões, visitou as aeronaves, conhecendo os sistemas e o laboratório de processamento de imagens. “Aqui em Anápolis estamos vendo sistemas que são muito estratégicos para nós. A nossa intenção é acompanhar isso, poder apoiar essas demandas e ampliar os projetos a serem desenvolvidos”, completou o Secretário Alvaro Prata.

Esse tipo de integração é muito importante para a Força Aérea, segundo afirma o Tenente-Coronel Aviador Bruno César Janhsen, do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER). “Manter o relacionamento com o MCTIC é muito importante, pois eles são nossos grandes apoiadores, intervindo junto aos órgãos de fomento, auxiliando nossos projetos. É uma troca. E eles têm que conhecer a Força Aérea para poder nos ajudar”, explica.