Foto: Lilian Wagdy/Wikimedia Commons

Por Francisco Carlos Teixeira da Silva

​Muitos brasileiros tinham esperança, ou ao menos expectativas, na atuação da Justiça. Mesmo sabendo que os tribunais brasileiros são lentos, formais e que se expressam num leguleio que poucos entendem – mesmo assim! – esses brasileiros tinham esperanças. Não podíamos crer, materializar, o dito antigo de que a Justiça no Brasil é feita – e com dureza! – apenas para ladrão de galinhas. “Para os amigos tudo, para os inimigos a Lei!”. Nem muito menos podíamos imaginar que seria através de tribunais brasileiros que interesses estrangeiros declarariam guerra ao Brasil.

Uma guerra de novo tipo: uma guerra sem guerra, ou seja, uma guerra que usa meios não bélicos para destruir, solapar, aniquilar a capacidade do adversário. Assim, utilizando-se de modernos meios tecnológicos – mídias digitais, propaganda massiva, formação de quadros de elite em universidades estrangeiras, sistemas de estágios e bolsas de estudos em centros de treinamentos, etc… arma-se uma elite para atuar a serviço, consciente ou inconscientemente, desse poder estrangeiro.

O Brasil não seria o primeiro alvo. Na verdade Ucrânia, Líbia, Egito, Tunísia, Síria, Geórgia e Turquia foram alvos anteriores desse modelo novo de guerra – uma guerra que não precisava recorrer aos custosos meios tradicionais de luta com canhões, bombardeios e destruição de cidades. Podia-se fazer a guerra a bem dizer… sem guerra. Por outros meios. Não era exatamente uma “guerra híbrida” ainda. A guerra híbrida misturaria meios novos e meios tradicionais. Por enquanto, nas chamadas “primaveras”, a guerra seria “sem guerra”.

Para funcionar a “guerra sem guerra”, precisa-se conhecer bem o ponto fraco do inimigo. No caso brasileiro foi fácil: homens do talho de Victor Nunes Leal e Raymundo Faoro já apontavam para a chaga aberta do país – o caráter patrimonial do Estado brasileiro. O patrimonialismo, no perfeito conceito de Max Weber, permitiu que uma elite parasitária colonizasse o Estado e cooptasse tudo e todos que se apresentem como “o novo”, “o transformador”, “o renovador”. Trata-se do velho “transformismo” das elites, e de seu poder de cooptação, tão bem descrito por Jorge Amado em seu personagem “Doutor Mundinho”, de “Gabriela, cravo e canela”.

Cabia, posto, utilizar-se dos males propiciados pela elite corrompida do país como brecha para iniciar o ataque à soberania nacional. O interessante é que tal ataque a nossa soberania seria feita pela parcela, aparentemente, não corrompida dessa mesma elite. Estrangeirada, imbuída do élan “renovador”, tal elite embora inteiramente colonizada, vestida, como no dizer de Frantz Fanon, com a máscara do colonizador para impor ao seu próprio povo um modelo importado e alienado. A elite “renovadora”, capacitada em centros estrangeiros,em nome de uma pureza que só o “outro perfeito”, “o estrangeiro”, “o espelho” em que devemos nos mirar e, assim, deixar de ser o que somos para ser a cópia mascarada do “Outro” colonizador, renega sua própria gente, sua história e suas tradições.

Com tudo isso destrói as bases da própria soberania nacional.

A Operação Lava-Jato abriu, sim, para muitos, a esperança de que as coisas mudariam, o patrimonialismo de mais de quatro séculos seria arrancado pelas raízes e que o país seria “passado a limpo” – mas, infelizmente, só miravam no espelho do Outro, do estrangeiro. Depois de seus cursos e estágios no exterior se sentiam prontos para a hercúlea tarefa de “limpar” o Estado brasileiro, tomando-a como “missão”. De qualquer ponto que puxassem o fio viria o novelo de pecados da história-pátria: propinas, sinecuras, prebendas, filhotismo, estelionato, favoritismo, peculato, e tanto mais… Contra uma “história feia”, a nossa, a da própria pátria, considerada viciosa, apunham a história virtuosa d´“Outro”, sem saber que a história desse “Outro” é uma pura construção mítica, ideológica, benzida na pia da religião.

Incultos na sua erudição tomaram o mito d´Outro como história.

Iniciaram-se, então, os procedimentos jurídicos, o flanco da “guerra sem guerra”, a primavera do Brasil: afinal poderosos iriam para prisão. E realmente foram. Foram mesmo? Bem, Eduardo Cunha – uma unanimidade nacional, uma espécie de “meu malvado predileto” da Nação – mas, só depois que cumpriu seu papel, o de defenestrar Dilma Rousseff do seu cargo via acusações que seriam nos meses seguintes “fichinha”, “crime” de freira de colégio interno, face ao chorume a vazar do Congresso Nacional nos meses seguintes ao seu impeachment.

Bom, prendeu-se Cunha com seu aspecto melífluo, sua voz dissimulada, suas mãos felinas e seu cabelo oleoso e com aparência de caspa severa – está lá! Condenado a 15 anos de prisão! No entanto, sua esposa – uma jornalista de grande experiência foi considerada inocente, pois não sabia de onde caía o dinheiro no seu generoso cartão de crédito… Há quem mais? Ah, não… Esse está livre; este outro… Fez delação e foi solto; aquele… hum, foi liberado e…. acolá outrem está em prisão domiciliar.

O próprio Cunha é personagem central de tramas noturnas da República e continua sendo personagem central no “esquema” (ou será “organização”, um sinônimo talvez de “quadrilha”) que sustenta com propinas e malas cheias o presidente em exercício. Portanto, é, em verdade, um homem mais livre que a maioria dos 204 milhões de brasileiros que não escolheram seu presidente e com passes de equilibrista esticam seus salários até o mês seguinte!

Ah, temos sim um prisioneiro da Lava-Jato: o Almirante Othon Silva, condenado a 43 anos de reclusão. Um homem que prestou inúmeros serviços à Pátria, que enfrentou terríveis forças internacionais para dotar o país de uma tecnologia única e avançada, resistindo heroicamente às pressões ocultas de grandes potências. Envergonhado, após a prisão, tentou o suicídio. Mostra caráter! Sérgio Cabral, Eduardo Cunha, qual outro político escreveu sequer uma linha de arrependimento? Nada!

Muito pelo contrário continuam, com recursos escusos, conspirando contra a ordem constitucional da República. No entanto o tribunal entendeu que o homem que dotou o país de alta e exclusiva tecnologia de ponta, um saber estratégico para a Nação, merecia uma pena 3.7 vezes superior ao mago do mal que presidiu o Congresso Nacional, o senhor Eduardo Cunha. Decidiu-se punir um Almirante muito mais do que quaisquer um dos malfeitores que roubam não só o dinheiro, mas principalmente o bem maior do povo, roubam o voto dos cidadãos.

Temos, contudo, como explicar mais esse paradoxo: como permitir que um país com tantas riquezas como o Brasil pudesse se dotar de uma tecnologia nuclear autônoma? Tinha-se que exemplificar em alguém o castigo para parar, deter e nunca mais permitir a ousadia de uma mera colônia neo-extrativista de ser, de fato, um país verdadeiramente soberano.

Como se não bastasse, o mesmo tribunal, aliado a governos estrangeiros, condenam as empresas brasileiras. Isso mesmo, as empresas. Não condenam apenas os executivos responsáveis pelos atos de corrupção, condenam as empresas. Ou seja, em vez de julgar “CPFs”, o tribunal julga “CNPJs”. Condenando as empresas com multas bilionárias a serem pagas a governos estrangeiros, conseguem gerar desemprego massivo, destruição de postos de trabalho, extinção de modernas tecnologias, subdesenvolvimento e a retirada do Brasil de mercados duramente conquistados. E os executivos? Bem, esses são “premiados” e vão para casa! Uma tornozeleira aqui, outra ali; uma retenção de passaporte de um e de outro não… e para outros nenhuma punição! Ou seja, as empresas, os “CNPJs”, são condenadas, caminham para extinção, o desemprego campeia, os trabalhadores sofrem e os executivos – “CEOs”, gostam de dizer! – vivem feliz o resto da história!

Nem as empresas que colaboraram, e mesmo colocaram em funcionamento o Holocausto durante o Terceiro Reich, foram punidas desta forma. A punição recai sobre seus proprietários e executivos e hoje são orgulho da nova Alemanha. Aqui, como se não bastasse a contaminação de valores intangíveis das empresas, devora-se a própria capacidade das empresas sobreviverem. Assim, a engenharia, a pesquisa geológica, a mineral, agropecuária, ferroviária, a engenharia de alimentos, os laboratórios das universidades, transportes e logística passam a ser alvo de uma operação profunda de desmonte.

Enquanto isso, outros produtores/fornecedores internacionais, concorrentes do Brasil, ocupam fatias crescentes de mercados tradicionalmente do país. A capacidade de agregação de valor despenca e cada vez mais nos aproximamos de uma situação de colônia neo-extrativista.

Trava-se, assim, uma “guerra sem guerra” na qual o futuro da soberania nacional está em jogo. E o mais triste de tudo é que o povo brasileiro nada sabe sobre guerras.

Francisco Carlos Teixeira da Silva, historiador, ganhador do Prêmio Jabuti, 2014.

FONTE: GGN

 

63 Comments

 

  1. 08/07/2017  13:39 by Fred Responder

    heh...Você apenas reforçou o que eu disse,
    o lado que ilusoriamente se 'auto-santifica',
    sempre tem um alguém ou um grupo para demonizar,
    muitas vezes como forma de ganhar poder.

    Hiltler e sua raça ariana pura, perseguindo os judeus e os satanizando como
    "malignos, ladrões, impuros,etc...", foi um exemplo bem claro.

    E agora o mesmo é feito aqui no Brasil por certos grupos, com outras proporções e métodos, evidentemente, com a "esquerda", Lula, o PT... sendo demonizados com o apoio de operações conjuntas de elementos midiáticos, policiais e judiciários.

    Claro que uma esquerda fanática, se puder também faz o mesmo, demonizando a direita, o capitalismo a burguesia...

    Más o fato é que "direita e esquerda", existem praticamente como forças da natureza e são ambas essenciais ao funcionamento da sociedade humana. O problema são os extremismos, tanto de direita, como de esquerda...

  2. 07/07/2017  8:57 by HMS TIRELESS Responder

    Eu discordo Fred! O que vimos aqui foi, sim, os fanáticos fiéis da seita esquerdista cantando loas à um discurso que passa muito longe do que é a esquerda e o socialismo na prática! Aliás, como ficou bem claro "nestepaiz" após 13 anos de lulopetismo, a esquerda e o socialismo são bonitos apenas na retórica e no dicionário...rs!

  3. 07/07/2017  2:40 by Fred Responder

    jesuis! este povo da 'santa igreja da direita imaculada' , cultiva arte da prolixia estéril escreve , escreve e escreve sobre o que acha que a direita não é, más nunca deixa claro uma opinião concisa sobre o que considera ser a sua virginal direita.

    Não é surpreendente, visto que colocam a direita num pedestal de santidade, a dita cuja nem poderia existir de fato neste mundo, então não tem mesmo como descrevê-la...Fanatismo de todo tipo é realmente algo que incapacita mentalmente.

  4. 06/07/2017  18:04 by Adriano Luchiari Responder

    Carl, com que autoridade você desqualifica os comentaristas que contestam suas opiniões/conceitos alegando não terem estudado para tal? O fato de professores de História terem estudado não impede que os mesmos ensinem com as mesmas distorções com que foram doutrinados, porque é isso que as escolas vem fazendo em matérias como história e sociologia. A maioria dos comentaristas deste fórum é bem esclarecida e o que escrevem aqui não é objeto de defesa de tese para seu contraditório, como se você fosse membro de banca avaliadora. Menos, meu caro.

  5. 06/07/2017  16:11 by Gilson Moura Responder

    O comunismo não defende o fim do estado(com letra minúscula) e sim sua maximização. Marx havia dito que o estado desapareceria quando ele fosse maximizado, chegando a tal ponto que sociedade e estado seriam uma entidade só, e assim estaríamos livres do estado. Genial.
    Esse cara nem leu Marx.
    Qual a próxima? Os porcos vão criar asas e voar?

  6. 06/07/2017  15:23 by HMS TIRELESS Responder

    Meu caro Carl, acho que quem falou bobagem aqui foi você! Tanto que não refutou o que falei....

  7. 06/07/2017  12:47 by Carl Responder

    HMS TIRELLESS

    Deixe de ser preguiçoso e vá até o dicionário e leia a definição de socialismo. Só isso, o dicionário. Vai evitar falar tanta bobagem.

  8. 06/07/2017  12:37 by Adriano Luchiari Responder

    Corretíssimo HMS. Vale também o exemplo da Petrobras, estatal que detém o monopólio de refinarias no Brasil com 12 unidades. Nos EUA são mais de 140 refinarias, todas privadas, o preço dos combustíveis não é tabelado, essa grande concorrência define os preços e quem ganha são os consumidores. Aqui esse monopólio e a alta tributação tornam nossa gasolina a mais cara e de pior qualidade no mundo.

  9. 06/07/2017  9:57 by HMS TIRELESS Responder

    "Socialismo defende o Estado Forte" ! Me poupe Carl! Que "Estado forte" o socialismo defende? O Estado nos EUA é forte e o país está longe de ser socialista. Nos países escandinavos o Estado é igualmente forte visto que a cobertura social é a mais abrangente do mundo e os índices de desenvolvimento humano são os mais altos do planeta. E estão muito longe de serem socialistas. Muito pelo contrário, são países com elevado índice de liberdade econômica (a Dinamarca sequer tem salário mínimo) onde a livre iniciativa é estimulada e representa parte integrante das economias locais.
    -
    A verdade meu caro Carl é que a expressão "O Socialismo defende um Estado forte" é apenas e tão somente retórica política. O real conceito de "Estado forte" defendido pelo socialismo e por você funda-se em um Estado onde não há harmonia e independência entre os três poderes, o executivo é forte a ponto de reduzir o legislativo à condição de carimbador e o judiciário torma-se órgão encarregado de manter o status quo e perseguir os opositores, tudo isso sendo escorado em uma figura messiânica tal como Chávez e Lula.
    -
    Já no aspecto econômico o "Estado forte" seu e dos socialistas caracteriza-se pela grande presença do mesmo na economia através de estatais, que segundo a concepção de vocês são "estratégicas e representam patrimônio do povo". Você deixou isso claro quando mais um vez reclamou das privatizações levadas a cabo nos anos 90 pelo PSDB. E então eu lhe pergunto: Por que o Estado precisa ter tantas estatais? As únicas estatais que se justificam são aquelas que prestam serviços públicos como é o caso dos Correios. Por isso eu sou radicalmente contra a proposta privatização da INFRAERO posto que essa empresa presta serviço público e não atividade econômica. Nos EUA uma das poucas estatais ali existentes é a AMTRACK, que detém o monopólio dos serviços de Trens de passageiros. De novo serviço público. Enquanto isso você e outros aqui até hoje se ressentem da privatização da EMBRAER, ainda que ao ser privatizada ela era extremamente deficitária e apenas não faliu porque a Lei das Sociedades Anônimas veda expressamente falência de Sociedades de Economia Mista. E após privatizada ela se tornou a terceira maior fabricante de aeronaves do mundo atrás apenas de Boeing e Airbus e à frente da Bombardier. Aliás, dessa quatro empresas, quantas são estatais? Nenhuma! Voltando aos países escandinavos a SAAB e a Bofors são estatais? Também não!
    -
    Finalizando meu caro Carl, Estado forte não é aquele mastodôntico mas sim aquele que possui instituições fortes. E isso (instituições fortes) depende da população.

  10. 06/07/2017  0:08 by Carl Responder

    ppp

    O PSDB tentou se filiar a organização Socialista Internacional em 2003, mas foi negado! Os partidos membros entenderam que o PSDB queria apenas o nome para se promover e suas práticas são ditas como inaceitáveis para ser considerado como partido de esquerda. Isso é de domínio público facilmente comprovado no próprio google (também está no site do PSDB). Porém se você tem essa informação que o PSDB foi aceito, por favor, passe o site ou ao menos o ano para que eu possa conferir, pois eu não encontrei nada...

    O que define o partido não é seu nome e sim suas práticas, ao menos é assim que os partidos de esquerda internacionais entendem... mas o que esses caipiras internacionais sabem?

  11. 05/07/2017  23:36 by Gilson Moura Responder

    Esquerda e direita:
    Esquerda - Com ajuda do estado poderemos dar uma vida digna para os mais pobres.
    Direita - O pobre é livre para perseguir seus objetivos e sonhos.
    Esquerda - Mas sem o estado, o que seria dos pobres?
    Direita - Mas sem os pobres, o que seria do estado?
    ...

  12. 05/07/2017  23:35 by Carl Responder

    Jefferson SC

    Não vou rebater todos os pontos porque é inútil, você quer acreditar em pessoas como Olavo(?) direito seu, mas é impossível debater com uma pessoa que não entende o básico, e digo isso com todo respeito. Veja um ponto básico que você errou de forma gritante (entre tantos outros). Ao afirmar que a esquerda quer o Estado grande você esquece que o Comunismo assim como o Anarquismo (que não é a mesma coisa que Anarcocapitalismo) defendem o fim do Estado (sim o comunismo defende o fim do Estado, mas isso é básico) o que é diferente do Socialismo que esse sim defende um Estado forte (mas como preparativo para o comunismo, ao menos em teoria).

    Realmente lamento que você e outros colegas estejam tão maus preparados e eu posso dizer isso com total propriedade porque eu sim estudei política e economia, e não foi vendo vídeos de picaretas e lunáticos do youtube. Os seus comentários refletem um desconhecimento total. Pior diz que os professores de história (que estudaram) são os errados?! Os corretos para vocês são os que não estudaram? Que loucura é essa? Voltamos a idade média?

  13. 05/07/2017  22:47 by Leonardo Corrêa De Araújo Passos Responder

    O pós-modernismo incomoda... E o objetivo final do pós-modernismo é exterminar a humanidade.
    Ninguém está a salvo nem há salvação. A verdade sou eu, é você são eles e é nessas incertezas e inseguranças que estamos agora.
    Foco, fé e força.

  14. 05/07/2017  19:47 by Jefferson SC Responder

    Eu volto a afirmar, o brasileiro não sabe o que é ser de direita! Eu gosto sempre de discutir isso para abrir os olhos das pessoas em relação a retórica! Carl, com todo o respeito, mas tudo o que você disse é a mesma retórica dos partidos políticos. Há na prática uma "disputa" entre correntes de esquerda no Brasil, PT x PSDB, PMDB juntamente com outros partidos periféricos. É óbvio que o PT vai dizer que o PSDB é de direita, o PT precisa ser "diferente" do PSDB para cativar seu próprio pública, isso é marketing político, o público alvo a ser atingido! Temos pequenas noção do que é ser liberal, inclusive na inconfidência mineira foi impulsionada pelo movimento liberal na Europa e USA, até mesmo a revolta contra os elevados tributos da Coroa Portuguesa, tais como a derrama.
    O tempo inteiro as pessoas estão sendo bombardeadas por conceitos errados acerca de direita, é inacreditável o ponto que chegamos, é basicamente um autoritarismo ideológico, o país inteiro é de esquerda, não há 1% de direita no Brasil.
    Quanto as privatizações, apesar de ser uma característica de esquerda no Brasil, eu sou favorável, o PT diz ser contra mas feita um imenso programa de privatização e concessões, basta ver a figura de eike batista e as aquisições dele do Estado. Uma observação; Em nenhum momento as Estatais e empresas públicas privatizadas nos anos 80 e 90 foram "vendidas a preço de banana" como algumas pessoas dizem, quem diz isso normalmente não é da área pública ou fala apenas como retórica política ou partidária, todas as empresas privatizadas foram vendidas pelo valor de mercado, eram empresas extremamente problemáticas, inclusive muitas nem existem mais, foram compradas somente para ter acesso a contratos públicos ou ter acesso ao monopólio estatal (justamente por isso esse fenômeno é de esquerda). Quem compraria empresas em uma país sem moeda, inflação de 100% ao mês, pobre, cheio de corrupção, lotado de impostos e burocracias de toda ordem, cheio de cabides políticos, tecnologia atrasada, país sem dólares para fazer transações (importação e exportação)???? Atualmente a Petrobras vale 32 bilhões de dólares, ou seja, 100 bilhões de reais, a divida dessa empresa beira os 500 bilhões de reais! Em outra ponta, como exemplo, a Apple vale 700 bilhões de dólares, tem 250 bilhões de dólares em caixa, cheio de patentes extremamente valiosas, empresa ponta de lança em tecnologia. Percebem o quanto a Petrobras é problemática? Empresa sinônimo de corrupção e elevado endividamento, além de problemas de toda ordem!
    Alguém aqui, em sã consciência tem mais de 30 anos e é contra as privatizações? tem que ser muito louco para ser contra! produção de motores não é função do Estado, produção de chapa de aço não é função do Estado, produção de chip não é função do Estado, produção de fios elétricos não é função do Estado...nada disso é função do Estado. Enfim, todas as empresas privatizadas eram um lixo. Normalmente as pessoas que dizem ser contra as privatizações usam como pretexto o valor de venda da empresa, para quem tem o mínimo de conhecimento sobre economia sabe que isso é um erro absurdo, esquecem de mencionar a divida imensa dessas estatais. basta ver a Petrobras, vale 100 bilhões de reais, mas tem 500 bilhões em dividas, tudo isso para vender um dos combustíveis mais caros do mundo!
    Reforma trabalhista e previdenciária: Tem alguém aqui que é contra? Eu sou CLT e servidor público e defendo ambas as reformas! Japão, USA, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, Suiça praticamente não tem CLT e são países com trabalhadores com grande poder de compra, no Canadá costumar trabalhar 6 horas por dia (meu irmão mora lá). Nesse países ninguém reclama de não ter CLT, pelo contrário ninguém quer saber de dar dinheiro para o Estado, eles querem ficar com seus salários, usar do jeito que bem entendem!
    Itália, Espanha e França tem leis trabalhistas igual a nossa, são países estagnados na Europa, todos os dias milhares de pessoas vão trabalhar na Alemanha e Reino Unido, até mesmo na Polônia tem pouca lei trabalhista. Ninguém está fazendo reforma trabalhista e previdenciária no Brasil, a reforma do Temer é a mesma reforma da Dilma, vai mexer apenas na contratação e demissão, dando com isso maior flexibilidade. nem seque será mexido nos artigos relacionados a "direitos". Previdência: a previdência do Brasil é terrível, os trabalhadores CLT perdem dinheiro transferindo essa função para o Estado, o estado remunera abaixo da inflação! Tirando servidor público o brasileiro já tem uma previdência muito ruim. O rombo é gigantesco, são centenas de bilhões anualmente, basta checar o orçamento geral da União. Quem quebra a previdência no Brasil são os servidores (eu), 1 milhão de servidores consomem o equivalente a 17 milhões de CLT, em alguns Estado como RJ e RS há mais servidores aposentados do que ativos, sem falar os servidores do segmento especial, professores, médicos e enfermeiros, policiais, militares, bombeiros que em geral se aposentam antes dos 50 anos em um país onde se vive até os 76 anos. Tudo isso são números reais, não é bobagem, é fato! O mais legal que a previdência no Brasil é SOCIAL mas na prática não, ela não tem cunho social, serve apenas para concentrar renda dos servidores públicos! Alguns "especialistas" comparam a nossa previdência com a previdência na Europa, em geral, nos países europeus a previdência tem cunho de sobrevivência, um dinheiro dado para subsidio, ajuda social, não para viver com padrão social igual a de uma pessoa ATIVA, não existe isso. No Brasil, meu antigo professor de Administração Pública, atualmente recebe 55 mil reais por mês de aposentadoria do Estado de SC (isso é social?), a sogra do meu irmão, que nunca trabalhou ganha 4 mil do ex-marido (isso é social?). a previdência do Brasil foi desenhado nos anos 50, na época havia 50 pessoas ativas para cada 1 aposentado, hoje apenas 2 para cada aposentado.
    Todo o dinheiro gasto com aposentadoria é terrível para as pessoas mais pobres, toda a legislação trabalhista é ruim para o trabalhador. Tão verdade que 54 milhões no Brasil recebe Bolsa familia e 14 milhões Estado desempregados....exatamente o oposto dos países com aposentadoria privada e pouca legislação trabalhista. os grandes produtores de tecnologia no mundo são países livres de legislação e regulação.
    O Brasil com esse modelo está estagnado há décadas, a China vem de uma base muito mais baixa e já ultrapassou todos os países do mundo. Não adianta querer inventar coisa que não existe, essa é a realidade, não tem como fugir!
    1 - Vocês sabem qual é o déficit orçamentário do Brasil de 2002 até 2017? 240 bilhões de reais por ano de déficit, ou seja, a média de rombo orçamentário anual que é preenchido com lançamento de títulos da divida pública. E AINDA AS PESSOAS CHAMAM ESSE MODELO DE SOCIAL KKKKK
    2 - durante 14 anos de PT a divida pública saltou de 700 bilhões para 4,4 trilhões de reais. ESSE É O GOVERNO SOCIAL.
    O FHC dobrou a divida e quase mataram ele, imagina o PT que multiplicou a divida por 6!
    3 - em 2016, mais de 50% dos adultos ativos estavam com o nome sujo no Serasa e SPC, tudo o que o brasileiro compra é na base do crédito e financiamento. nunca o brasileiro foi tão refém dos bancos.
    4 - crédito rotativo do BNDES e empréstimos diretos. Nunca na história dessem pais o estado deu tanto dinheiro de graça para empresários, juros de 2% ao ano, o estado lança titulos públicos a 14% ao ano e empresta a 2%, advinha quem paga essa diferença? ESSE É O GOVERNO SOCIAL
    5 - O nível de investimento no Brasil no último ano foi de 5%, todo o resto do dinheiro foi gasto em divida, folha de pagamento e manutenção do Estado. Na China o nivel de investimento público passa dos 35%, nos EUA são 27%.
    6 - Por que esse pessoal de esquerda não vai buscar dinheiro na Bolsa de valores? Porque o mercado precifica de forma racional, jamais emprestariam 9,1 bilhões de reais para o Joesley com uma frigorifico de 50 milhões de reais em Goias. JAMAIS! No setor do agronegócio não há falha de mercado, não há embargo, não há assimetria de informação, não prerrogativas para intervencão estatal, não é um setor critico, não há desvantagens naturais...somente o Estado é capaz de lançar bilhões em dividas para ajudar 2 homens
    em detrimento do coletivo.
    Tudo isso deixa o pobre mais pobre ainda!
    Um Estado grande não ajuda os pobres, pelo contrário, ele deixa o pobre dependente do Estado! O mesmo estado que tributa o pobre em 50%, encarecendo produtos e serviços, é o Estado que diz "ajuda-lo". Isso não existe em lugar algum do mundo! Quanto mais pobre um país mais esse modelo é ruim, pois o pib/percapita limita a capacidade das pessoas. Justamente por isso um brasileiro trabalha, trabalha e trabalha e não consegue ver crescimento pessoal, porque tudo é travado!
    grandes empresários tendem a financiar grande partidos de esquerda, justamente porque esses pregam grande regulação e monopólios, nenhum grande empresário É LIBERAL, isso não existe, porque a General Motors seria favorável a concorrência? Itaú deseja outros bancos competindo? Volkswagem quer outras companhias inovando e baixando preços? Óbvio que não! Justamente por isso eles gostam de Estado regulador e grande, assim eles travam a competição e impõe preços e produtos.
    NÓS BRASILEIROS sofremos isso diariamente, justamente porque o Brasil é totalmente fechado (esquerda).
    Em 2016, pela primeira vez na história, uma chinês médio ganhou mais que um brasileiro média. Ou seja, ele teve um poder de compra maior do que o nosso. isso é uma vergonha enorme para o Brasil. O que ainda um brasileiro ganhar o equivalente a 300 dólares mensais se os serviços e produtos custam 10 vezes mais que na China. Percebem que o que aumenta a qualidade de vida não é a renda, mas sim o poder de compra! Aumentar salário não melhora a vida de ninguém na economia real! isso é uma falácia, isso é conversa de PT e PSDB.
    Enfim, para terminar essa discussão, quero dizer que o PT faz tudo o que o PSDB fez e o PSDB vai fazer tudo o que o PT fez. Quem criou as cotas raciais? PSDB! Bolsa Família? PSDB! Quem ampliou essas porcarias? PT!
    O PSDB é o partido dos banqueiros diz o PT, mas todos os ministros das áreas econômicas do PT eram ligados a bancos ou setor financeiros, começando pelo Henrique Meirelles.
    Ambos os partidos aumentaram os gastos estatais, ambos privatizaram, ambos regularam ainda mais a economia, ambos reduziram a competição, ambos deram concessões, ambos aumentaram a divida pública, ambos aumentaram o quadro de servidores acima da receita, ambos...na prática são absolutamente iguais.
    O Brasil precisa de outra corrente ideológica na área pública, que busque privatizar 80% do Estado, desregulamentar, desregular, não interferir na economia e na vida social, não dar subsídios, reduzir drasticamente os impostos e tributos, não permitir gastos acima da receita, buscar inovação, buscar transformar as pessoas em seres ativos e não meros seres coadjuvantes (submissos a decisões estatais), é preciso dar autonomia para as pessoas.
    Em fim, desculpa o texto grande, mas há muitos conceitos errados, as pessoas não entendem o significado das palavras, fazem uma confusão imensa, há uma dificuldade imensa da leitura da realidade, enormes contradições. Nada melhor do que a realidade para provar que estamos totalmente no caminho errado! 7% de recessão em 2 anos, divida pública enorme, Estado enorme, privilégios para classe politica, imposto enorme, pessoas endividadas, pouca competitividade, pouca liberdade, excesso de patrimonialismo, educação terrível, excesso de intromissão estatal, pouca atuação do individuo frente ao coletivo, excesso de ideologia em detrimento de fatos, além de uma imensa crise ética e moral entre outras mudanças.
    Abraço!

  15. 05/07/2017  19:06 by ppp Responder

    PSDB e um partido social democrático. Inclusive ate faz parte de movimento mundial de socialdemocracia.

    Não vou nem discutir neste foro comentários políticos dos outros porque em primeiro lugar não e permitido, segundo porque parece que pessoas leram um dia algo sobre vários assuntos e depois escrevem somente o que lembram associando isso ao seus alter ego politico.

    Lamentável, aqueles que escrevem porque monstrão que não sabem que escrevem e somente estão escrevendo o que estão sabendo. Mas pior aqueles que apoiam com um ar de grandes sábio e pensadores.

  16. 05/07/2017  18:27 by Flanker Responder

    Jefferson SC, parabéns! Perfeito! Mas não perde teu tempo. A lavagem cerebral dos partidários da esquerda, que se acham entendidos, é tão grande que eles pensam entender e conhecer tudo, verborragindo conceitos que pensam entender, mas na realidade não enxergam um palmo à frente do nariz.

  17. 05/07/2017  17:56 by Gilson Moura Responder

    Dizer o quê depois dessa aula dada por Jefferson? Não se trata de esquerda ou direita, se trata de LIBERDADE.

  18. 05/07/2017  17:30 by Jefferson SC Responder

    Carl, com todo o respeito, eu nunca li tanta bobagem na minha vida! Você tem quantos anos?
    Você misturou tudo, todos os conceitos, ou seja, você realmente não sabe do que está falando! Você confirmou aquilo que eu tinha dito anteriormente!
    1 - Você colocou liberal junto com direita? Meu deus! O único ponto semelhante de ambos é a não regulamentação da economia, de resto, divergem em tudo! 2 - Esquerda junto com Anarquista??? Você está de brincadeira? esquerda defende estado grande cuidando de tudo e de todos, grande vigilância do Estado sobre o indivíduo; Anarquista é exatamente o oposto, uma anarquista por natureza e um extrema-direita, ou seja, SEM ESTADO, o Estado não existe, não há elementos para a existência do Estado.
    3- Minha postura é de REACIONÁRIO ULTRA-LIBERAL? Liberal de direita? Amigo, você está alcoolizado? Esses conceitos nem existem, de onde você tirou tais elementos? Você me conhece de onde? Fiz 2 comentários e sou REACIONÁRIOS? Sério? Em vez de me atacar, deveria buscar elementos para tentar entender simples conceitos!
    4 - Revolução industrial foi um genocídio? Você está de brincadeira? Graças a essa revolução a vida humana partiu de uma mortalidade de 40 anos para 80 anos em 100 anos! Todo o avanço humano nos últimos 100 anos são graças a essa revolução. Vai dizer que as pessoas eram exploradas no período da revolução industrial, sério que você acredita nessa bobagem? Cuidado com seu professor de história! A maior bobagem que os professores brasileiros falam é acerca da revolução industrial, na época as pessoas faziam fila para trabalhar nas fábricas, Talvez essa retórica de atacar a revolução industrial esteja embasada na ideia de transmitir umsentimento ruim para os países e povos acerca das indústrias, ou seja, NÃO FAÇAM INDUSTRIAS! É terrível, não façam, deixem somente o Reino unido ter fábricas e dominar o mercado mundial! Sua fala me fez lembrar das pessoas que dizem que há trabalho escrevo na China e Japão!
    6 - Capitsliata selvagem com maozinha do Estado? jesus, percebe o que você escreveu? Que paradoxo! É extamente o oposto, capitalismo "selvagem" é sem monopólio estatal, é o mercado simples e puro! Você inerteu a lógica! nenhum emissora brasileira trabalha no livre mercado, todas são iguais a Globo, todas são monopólios! TODAS! A Globo é conservadora? kkkkk sério que eu li isso? O Instituto Millenium é um instituto LIBERAL financiado principalmente pela Globo! A Globo não tem 1% de conservadorismo!
    7 - Reformas de direita e esquerda? Meu amigo, eu volto a dizer, não existe absolutamente nada de direita no Brasil! Acorda! Eu já disse anteriormente, não existe absolutamente nada de direita no Brasil. tudo no Brasil ou é esquerda (90%) ou Liberal (10%). Busque entender o conceito dessas palavras para entender!
    8 - A esquerda se preocupa com o Social? kkkkkkkk acorda1 esquerda é Estado grande, isso não significa se preocupar com o Social! Os melhores países do mundo para os cidadãos são países de direita ou os liberais, ambos com ESTADO PEQUENO. Os piores são os de Estado grande, com exceção dos países escandinavos!
    9 - Empresário explora funcionário? Na Suiça, Canadá, USA, Nova Zelândia, Austrlia, Irlanda, Japão, Coréia do Sul, Hong Kong, Ilhas Mauricio, Taiwan, e de certa forma Alemanha e Reino Unido tem LEIS TRABALHISTAS MINUSCULAS, há alguém sendo explorado nesses países? A qualidade de vida nesses países? O dinheiro fica com o trabalhador ou com o Estado? Vocêjá leu algum livro de economia? isso é conceito básico! Não existe empresário malvadão e empregado oprimido, tudo isso é balela e a economia mostra tudo isso de forma clara! Basta deixar a ideologia marxista de lado e acorda para a realidade! Os empresários não prestam, fazem coisas que eu gosto, computadores, internet, carros, avião, comidas...malditos exploradores que fazem coisas boas e recebem por isso!
    10 - Direita favorecendo os ricos? Você está de brincadeira? Imposto voltar para o povo? Que regime de esquerda pega o dinheiro do povo e dá para empresários? O PT e o PSDB, ambos de esquerda e que dão e deram BILHÕES DE REAIS PARA GRANDES EMPRESAS, basta ver Eike Batista e Joesley, ambos com bilhões de reais! Não existe sociedade de direita que dá dinheiro do estado para empresários, não existe isso, pois um país realmente de direita NÃO EXISTE BANCO PÚBLICO DE FOMENTO. economia é na economia, não passa pelas entranhas do Estado. Você inverteu TUDO! Amigo, pare de entrar em sites de esquerda, sua cabeça está toda contaminada com conceitos errados acerca das coisas. Em uma sociedade de direita o dinheiro não vai para o Estado, o dinheiro fica com o cidadão, com aquele que produziu! Não precisa de imposto escalonado para retirar dinheiro do mercado! Você não precisa ter um Estado grande "ajudando as pessoas" se você não deixa-las pobres de tanto cobrar impostos! Quem mais paga impostos são os pobres, quem cobra impostos ´o Estado (isso é esquerda). Direita atendia a monarquia? Você está de brincadeira comigo? Uma monarquia é uma ESTADO ENORME, isso não tem absolutamente nada a ver com direita, direita foi quem deu GOLPE NA MONARQUIA para instaurar os Estado liberal, isso é assunto do ensino médio, vai estudar, por favor. Quem derrubou o estado grande, absolutista, foram os liberais do século 18, não há nada de direita nisso meu filho!
    11 - O PSDB é de ESQUERDA! No governo PSDB e PT o Estado lançou bilhões de reais em títulos públicos para financiar, subsidiar grandes empresas, pegaram dinheiro dos titulos com taxas de 14% e emprestavam a 2% ao ano! A diferença entre o juros recolhido e emprestado é pago pelo povo! ISSO É SER DE ESQUERDA! Em 2002 a divida pública era de 700 bilhões, hoje passa de 4,4 trilhões! Privatização é caracteristica de esquerda, DESREGULAMENTAÇÃO É SER DE DIREITA! Entregar para a iniciativa privada não transforma um governo em DIREITA, caso isso fosse verdade então a China é de direita! Uma coisa não tem nada a ver com a outra. O governo PT fez inúmeras privatizções com preço de banana (preço real de empresa pública falida), basta ver o Eike Batista com enorme poços de petróleo privatizados. Todo o setor de esgoto, água e saneamento foi privatizado na era PT, basta estudar! Muita coisa foi privatizado na era PT. ISSO É CARACTERISTICA DE ESQUERDA! imposto para mais ricos? kkkkk não existe imposto para mais ricos, isso é a maior bobagem que existe nesse mundo, basta estudar economia, toda vez que voc~e tributa uma empresa ela transfere os tributos para os produtos, não tem como impôr impostos para os mais ricos. A França fez isso e os ricos foram para a Alemanha, Suiça e Reino Unido. O Brasil é um país extremamente pobre, PIB/percapita ridiculo, vai tributar quais ricos? O ESTADO já tributa 50% da riqueza do país, querem mais o quê????? Isso é retólica de um país de esquerda! É acreditar que o problema é o riico, sendo que o problema é o pobre. Em vez de ttributar o rico é preciso elevar a renda do pobre1 Não existe transferência de renda, ESSE CONCEITO NEM EXISTE NA ECONOMIA! Só no Brasil e na ONU a gente vê esse tipo de bobagem. A renda média de um chinês já é maior que a de um brasileiro, olha como eles são explorador na China kkkkkk tem politica de distribuiçaõ de renda lá???? NÃO!!!!! Todos os ministros do PSDB e PT eram banqueiros ou executivos de bancos ou você ainda não percebeu? Isso é ser de ESQUERDA. PSDB é de direta? kkkkkk acorda, para de repetir bobagens que o PT diz! 400 bilhões sonegados? Por que os partidos de esquerda PT e PSDB não cobram???? Porque isso é ser de esquerda! esquerda é tirar dinheiro dos pobres para "fazer justiça" com os pobres, tudo através do Estado gigantesco!
    FINALMENTE, amigo, é preciso estudar especialmente economia! pare de seguir sites como Brasil247, Paulo Henrique Amorim, pragmatismo político, catraca livrem o vermelho, revista forum, carta capital. Eu percebi que a sua retórica é exatamente igual a do PT e PSDB, você é um repetidor desses partidos, segue exatamente a cartilha deles, justamente porque você nunca foi apresentado a algo NOVO. Com a sua retóricao Brasil é governado desde sempre por poulistas de esquerda! NO FIM, TUDO ACABA IGUAL A VENEZUELA E CUBA! O Estado protegendo todos! Se um dia você escontrar uma Estado grande, de esquerda, próspero e livre, me avise! esquerda igual Estado grande, direita Estado pequeno! Conversar com alguém que diz que uma Monarquia é de direita é de chorar!

  19. 05/07/2017  16:50 by Leonardo Rodrigues Responder

    Dizer mais o quê depois da aula do Carl? Não se trata de direita ou esquerda, mas de soberania.

  20. 05/07/2017  16:48 by Fred Responder

    Carl,
    bom comentário, construído com embasamento e discernimento.

  21. 05/07/2017  15:18 by Gilson Moura Responder

    É o fim do Brasil mesmo.
    Jefferson, de acordo com o amigo acima você é um reacionário radical ultra-liberal ou neoliberal. Se o FHC privatizou empresas estatais, mas ainda sim criou inúmeras agências REGULADORAS, para eles Jefferson, FHC é ultraliberal ou conhecido pelo outro nome, neoliberal. Agora me vem a pergunta, como devem chamar a pessoa que em que defende a total ausência do estado na economia? Ultra-hiper-mega liberal? Fica a pergunta.
    Tá conseguindo entender Jefferson?
    Para frear o capitalismo selvagem malvado, tanto a esquerda quanto a direita tem que impôr a regulamentação do ultra-hiper-mega liberalismo. E mais, quando um regime pega o imposto e empresta ou doa para os ricos é de direita, sacou Jefferson? Lula é um reacionário ultraliberal.
    E mais Jefferson, se a globo só está preocupada com o lucro, ela é direita. Isso é verdade Jefferson, porque a globo sempre bate nos reacionários, liberais e conservadores para poderem terem lucro, sacou? Por isso ela batia tanto no Éneas e ainda bate em Bolsonaro, Trump e nesses partidos ditos como liberais e conservadores.
    Logo Jefferson, temos que acatar o outro lado nos empurrando para a ideologia que eles querem, sacou? Logo quando defendemos a desburocratização, desregulamentação, diminuição de impostos, nós somos inclinados ideologicamente ao PSDB, logo somos tucanos, entendeu Jefferson? Porque isso é a direita do mundo real, consegue entender Jefferson? Um partido que privatiza, mas regulamenta toda a economia, e ainda sim cria várias ações sociais é de direita Jefferson, com isso todo ultraliberal é consequentemente PSDB. Sacou?

  22. 05/07/2017  1:40 by Carl Responder

    Jefferson SC

    Uma pessoas como você jamais votariam no PT, eu te perdoa dessa promessa.

    Mas vamos lá...
    Direita não é o que comentaristas de youtube falam - geralmente para crianças e jovens. Existem muitos níveis de direita, mas a base é LIBERAL, CONSERVADORA e REACIONÁRIA. Assim como na esquerda que tem modelos básicos SOCIAL-DEMOCRATAS, SOCIALISTAS, COMUNISTAS e ANARQUISTAS. Cada um desses grupos já matou uns aos outros durante a história do mundo sejam de esquerda ou direita cada um acredita que seu ponto é o mais correto. Pela sua postura você deve ser o REACIONÁRIO radical de orientação econômica ultra-liberal ou como chamam hoje neoliberal, que acredita que a direita de "verdade" é a que não permite espaço para ideias sociais e que a economia não deve ser controlada pelo Estado de forma alguma - aparentemente esquece da revolução industrial onde isso já aconteceu e causou morte e destruição, e permitiu a esquerda radical surgir com força na forma de anarquismo e comunismo para se vingar de seus "donos" ou patrões. É dito que durante o século XIX era preferível viver como escravo na América do Sul que como operário na Europa. Mas isso de nada tem com a sua pergunta então vamos a ela...
    A Globo não é uma empresa privada, do Estado só precisa uma mãozinha para sabotar as outras e garantir lucros imensos no melhor estilo capitalismo selvagem, todos os seus movimentos são para tentar se mostrar uma empresa preocupada com a ética e os bons costumes (como os conservadores), as vezes inventa um beijo gay para não parecer muito conservadora, mas logo volta a sua base principal, ganhar dinheiro e muito. Para isso apoia tudo que é tipo de reforma que seus patrocinadores lhes ordenarem (seja de direita ou de esquerda quem pagar mais leva). Pois bem, se a esquerda se preocupa com o social e a Globo se preocupa com o lucro e só, fica difícil imaginar que ela seja de esquerda. E quando um empresario diz que não quer o governo se metendo com seus funcionários mostra que ele aprendeu bem o jogo capitalista de direita, uma vez que ele manda no Estado e não o contrário. E proteger um funcionário mesmo que ele pense diferente do chefe só pode indicar uma coisa; estão lucrando maravilhas com ele, caso contrário seria, não morto, mas demitido como em qualquer modelo de direita onde o empregado não justifique sua folha de pagamento.
    Quanto aos impostos cobrados não significa nada se não forem devolvidos para o povo. Que regime de esquerda pega os impostos e empresta ou dá para os empresários? Não, isso é a direita favorecendo os ricos, como em sua origem pós-revolução francesa (1789), que ficou definido que a direita atendia os interesses da monarquia depois passou a apoiar os grandes burgueses e a esquerda do povo em geral.
    O PSDB quando vende uma empesa do Estado a preços ridículos ou empresta bilhões a juros mínimos (como FHC cansou de fazer) ela favorece a quem? Ou quando o PSDB manda o Temer acelerar as reformas trabalhistas e da previdência, negar o aumento de impostos dos mais ricos, negar ir atrás dos mais de 400 bilhões sonegados todo ano por grandes empresários, ou recomenda o perdão de dividas de bancos a quem favorece?
    O PSDB pode não ser a sua direita idealizada, mas é a direita do mundo real. Não está preocupada em nacionalismo, pessoas, respeito ou honra a única coisa que importa é o dinheiro. Você pode odiar essa direita do mundo real, mas ela não vai mudar de nome por isso.
    Olha que detalhe interessante, não sou comunista nem mesmo sou simpático a eles, mas isso não me faz ir para a rua gritar "não vou pagar o pato" como um palhaço defendendo interesses que não são meus...

  23. 04/07/2017  23:00 by ppp Responder

    Acho notável autor se pronunciar sobre os comentários. E uma possibilidade que esta sendo dada por DAN para todos que estão querendo participar nas discussões sobre as matérias publicadas. Autor também tem este direito.

    Quando mencionei que estou supresso que DAN publicou texto, não pensei sobre conteúdo mas sobre ideia, que tem pouco ver com perfil do site, na minha opinião. Por isso minha alegação no post anterior.

    Em primeiro lugar eu gostaria de parabenizar autor pelo Premio Jabuti. Não sabia que em recebeu dois prêmios. Premio na categoria de Ciências Humanas em 2014 pelo trabalho “Atlântico: A História de um Oceano“ por organização de estudos sobre oceano Atlântico junto com Francisco Eduardo Alves de Almeida e Karl Schurster de Sousa Leão. Este sobre importância do Atlântico desde antiguidade ate tempo atual. E segundo premio em defesa de Amazônia Azul. Isso não sabia, realmente passou por me despercebido. Foi em qual categoria? Qual ano? De qualquer jeito meus cincerros parabéns.

    Mas não sobre isso queria comentar. As pessoas vão me acusar que são irreformável mas para me - autor querendo se explicar não explicou totalmente nada. Somente com outras palavras passou sua ideia irracional sobre - ataque de alguma forca estrangeira de origem não identificada.

    Nesta explicação autor ainda mais esta insistindo na existência de uma forca secreta que “domina mundo”. Agora esta tentando culpar “hidra do capital internacional” pelos acontecimentos no nosso pais, parece que esta vivendo em um Brasil diferente do que eu vivo. Em cada momento culpa alguém misterioso, omitindo ou negligenciando verdadeiros fatos, pessoas responsáveis por atual situação do pais e ignorando acontecimentos atuais.

    Ataca capital estrangeiro, escondendo se sobre uma postura de patriota, qual não nego ele pessoalmente, porque não lhe conheço no convívio social, mas não aceito esta postura, porque já vários e vários anos os brasileiros foram “mobilizados com frases parecidas” para “unir as fileiras e se opor os estrangeiros” ou se alguém preferir “os gringos”. Nada mais discriminatório. Não vou escrever sobre mundo globalizado, porque autor do texto vai me acusar de trolismo em favor de George Soros.

    Não quero polemizar muito. Não sei também qual e verdadeiro motivo deste discurso antiglobalista mas em resposta vou deixar minhas perguntas.

    Acho que vão falar mais em defesa de necessidade de cooperação internacional do que muitas frases. O que seria FAB sem Mirage, AMX, A-4, Saab. O que poderia fazer e Embraer sem Rolls-Royce, GE, Pratt&Whitney e EB sem M109, Leopard 1, M-60, M113, e MB produziria sozinho porta aviões e fragatas? Qual marca de carro além do Gurgel e Troller foi fundado no Brasil, será que estas duas marcas atingiram um sucesso mundial, além disso o que eles fariam sem componentes das outras marcas internacionais que usaram ou usam para ser montados? Qual processador esta sendo produzido no Brasil, já nem pergunto se nos somos donos da projeto? Poderia ocupar linhas e mais linhas com estas perguntas.

    Mas no final pergunto uma coisa mais importante para qualquer brasileiro. Quando desde Guerra com Paraguai a soberania do nosso pais foi ameaçada. Quando algum inimigo infringiu nossas fronteiras?

    Mais, o Brasil e um dos poucos países do mundo que resolveu todas divergências territoriais no âmbito pacifico no final do século XIX e começo do século XX.

    Na minha opinião autor esta tentando passar uma ideia muito perigosa para os leitores. Supondo e insistindo na ideia que estamos vivendo num lugar sitiado por inimigos, que só esperam para conquistar e colonizar Brasil, querendo escravizar toda população deste pais.

    Precisamos lembrar que todos nos somos neste pais emigrantes em primeira, segunda .... decima segunda ou ….. geração. Nos precisamos ser abertos e fugir das ideias que podem nos tornar uma população chauvinista. E se realmente um dia vamos precisar lutar por nossa soberania conseguimos fazer isso sozinhos? Ou vamos realmente necessitar amigos-aliados que nos estendem mão e ajudam no momento mais difícil? Para que serve uma doutrinação chauvinista, para enxergar todos ao redor como potenciais inimigos? Será que tornando-se os discípulos deste “tipo de religião de inimizade” alguém no futura vai pensar para nos convidar para fazer parte do Gripen User Group ou simplesmente vender algum armamento que poderíamos usar contra ele?

    Para me este comentário do autor não passa da tentativa de expressar mesmas ideia com outras palavras. Agora pelo menos ele não pode alegar que texto do post sofreu na sua reprodução graves erros. Alegação que um verbo copiado erradamente influenciou muito no sentido da publicação e realmente subestimar inteligência do leitor. E eu não me acho um idiota, ainda mais, que próprio autor confirmou com seu post todas as ideias que estavam ja no artigo.

  24. 04/07/2017  21:48 by Jefferson BC Responder

    É incrível como atrás de um computador a gente se comporta de forma agressiva em alguns momentos, coisa que não ocorreria face a face. Lendo minhas postagens, após algumas horas, eu observo que utilizei de palavras ásperas e em alguns momentos com argumentos sem nexo com a matéria.
    Novamente gostaria de reiterar desculpas ao autor da matéria (Sr. Francisco Teixeira) e aos colegas da página, pessoalmente não sou integralmente o reflexo dos meus comentários (ufa) kkkkk
    Nós estamos tão frequentemente diante de matérias que atacam os poderes (PF é isso, Judiciário é aquilo, Político X é tal coisa), matérias ditas FakeNews, de mídia totalmente comprada por partidos políticos e empresas ligadas ao Estado, que acabamos generalizando qualquer coisa que aparentemente vai nesse caminho.
    Eu pelo menos tenho esse sentimento, vejo o tempo inteiro páginas na internet defendendo políticos com dezenas de suspeitas, grampos e condenações em detrimento da PF, Judiciário, Receita Federal entre outros setores do Estado.
    Abraço!

  25. 04/07/2017  21:18 by Gilson Moura Responder

    Sua postagem no blog ggn foi no sábado dia 01/07/2017, a história do Haddad foi no início do mês de Junho desse ano, ele falou que Dilma e Lula foram avisados por Putin e Erdogan sobre uma possível conspiração para retirá-la do cargo. O texto de Haddad foi publicado na Revista Piauí. Isso põe como base esse título da matéria que aufere a comparação entre as Primaveras, logo minha conclusão é essa.
    Na narrativa de quem pensa que os milhões que foram as ruas protestar estavam influenciados e financiados, eu sinto muito pena. Eu já adverti que as pessoas foram as ruas pela corrupção, situação econômica e outros pontos importantes. Mas para os "iluminados", todos fomos influenciados pela CIA e as grandes corporações, o grande motivo só foi o impeachment da Dilma e nenhum outro assunto mais importava, até mesmo secretários sugerindo trocar carne por ovo não foi motivo para os protestos.
    Vale lembrar que o turco Erdogan recomendou a Dilma a decretar estado de defesa, tal como fez o turco para impôr medidas autoritárias em prol da "soberania" do país. Se isso de fato ocorresse, iriam restringir nossa liberdade tocando diretamente nos 200 milhões de pessoas no país. Só que nada disso teria acontecido se a estocadora de vento renunciasse logo, isso agravou ainda mais a crise econômica e política do país. Mas eu acho que o sonho da esquerda é instalar o mesmo regime do Czar e do turco, isto é, governando a mão-de-ferro. Só que não foi por falta de tentativa.
    Agora a situação é essa, o país governado por um juiz e presidente relacionado com a CIA.
    Não é mesmo ou estou enganado?

  26. 04/07/2017  18:00 by Adriano Luchiari Responder

    Srs., uma vez que o Sr. Francisco nos deu a honra de elucidar o texto dessa matéria, sugiro que paremos com o clima de Fla x Flu que alguns comentaristas incitam e nada acresce a esse debate. Pelo que li nos comentários, a impressão que fica é que nossos piores inimigos estão entre nós mesmos, os nativos. Muito já escrevemos aqui sobre a diferença entre nacionalismo xenófobo e real patriotismo. A globalização é um fenômeno que veio para ficar, sem a qual seríamos alienados globalmente em comunicação, transportes, informática e outros aparatos estruturais consequentes da Terceira Revolução Industrial, com a qual, querendo ou não, teremos que conviver. A tendência em alguns comentários é que, contra a exploração da miséria humana e pela defesa dos nossos recursos naturais, o nosso Estado deve permanecer exatamente como é, centralizador, paternalista e provedor, obeso e esbanjador, explorando mal e corruptamente todo potencial da nação através de estatais ou empresas nacionais escolhidas para a manutenção do seu status-quo. Debatemos durante anos, em todos os foros nacionais como reinventar a roda, enquanto o mundo inteiro utiliza pneu radial sem questionar sua nacionalidade. A primavera brasileira, a que não veio, perdeu a oportunidade de exigir essas mudanças. Resta agora, para resgatar nossas instituições e fazer sua adequação ao nosso tempo e a essa realidade, que o judiciário cumpra o seu papel e puna efetivamente os políticos, empresários e demais agentes denunciados pela operação Lava-jato e outras que eventualmente vierem, em estrita observação e respeito às leis. Muitas vezes as decisões da justiça nos causam certa perplexidade, achamos que a justiça errou, e pode ser que erre, mas temos que respeitar suas decisões, o norte é o respeito aos fatos e à Constituição. E que novas lideranças, com ideias arejadas e alinhadas aos interesses nacionais, ocupem os lugares daqueles. Chega de mais do mesmo!

  27. 04/07/2017  17:33 by Celso Responder

    Prezado Francisco Teixeira, valeu e muito seu texto e principalemnte a sua humildade em aqui comparecer tbm ao bom debate e razoes. Eh disso e sobre isso q tanto tento explicar. Nao interessa sempre q tenhamos aquela discussao sobre alhos e bugalhos. Verdadeiras utopias e cartilhas q nada mais nos dizem ou produzem. A razao direta eh o futuro e nesse sentido nada vai ou podera parar a tal nova ordem mundial.....Globalizacao. Infelizmente aqui fica-se discutindo ideologias isso ou aquilo, mas o tempo vai passando e nosso atraso vai se consolidando ate um ponto em havera o total esgarcamento do estado em todas as suas instituicoes. Temo q continuar aprofundando e muito a discussao sobre o Brasil q queremos e precisamos. Nesse contexto, suas preciosas opinioes em muito ajudam o debate em voga. Seja bem indo e por favor vamos parar c essas teorias da conspiracao, nao da pra ficar aqui buscando pelo em ovo, todos sabermos o como se processa o verdadeiro poder hoje no Brasil e o q temos q fazer pra acabar c isso, afinal somos a maioria. Mais uma coisa, porque tais asuntos precisam ou tem q ser discutidos em centros de estudo estrategicos.........afinal e no seu entender , sera q todos os brasileiros sao tao ignartos assim q precisem de pai e mae........vc leu a todos os comentarios acima.........duvido q la nesse centro de doutos tais abordagens tao simples e diretas sao feitas e dubvido q respostas mais simples ainda sejam dadas, alias, sao dadas sim , mas de forma tao complexa q nem eles entendem> Sds

  28. 04/07/2017  17:00 by Jefferson BC Responder

    Carl, mostre-me 1 característica de direita no PSDB e na próxima eleição eu votarei no PT em sua homenagem!
    Mostre-me 1 emissora de direita no Brasil e eu ficarei assistindo o canal dia e noite!
    Frase de Roberto Marinho: Nos meus comunistas ninguém toca!
    Uma emissora que é basicamente monopólio do Estado é de direita?Um país onde o indivíduo precisa da assinatura do presidente da república para abrir uma emissora de TV é de direita?
    Acho que você é mais um dos milhões de brasileiros que não sabem o significado Direita e Esquerda.
    O PT diz que o PSDB é de direita e eu sou a branca de neve! É tão verdade o que eu digo que na última eleição seria totalmente possível trocar as falas do Aécio pelas falas da Dilma sem comprometer o conteúdo! É absolutamente a mesma coisa!
    Logo aparece alguém dizendo que o Regime Militar era de direita! O fato do Regime Militar ter alinhamento com os EUA e ser contra o comunismo não transforma o Brasil e o Regime Militar em um país de Direita, a coisa não é tão simplista como um Fla-Flu.
    Depois desse meu texto, vou trabalhar para dar 50% da minha renda para o Estado!
    Assim como outros, eu gostaria de pedir desculpas ao Sr. Teixeira, em nenhum momento eu quis ofende-lo como pessoa, apenas discordei do texto, aliás, daquilo que eu entendi do texto, talvez entendi errado, é possível!

  29. 04/07/2017  16:39 by Leonardo Rodrigues Responder

    Que bom ver o autor refutar certos comentários direto da vila de cacilhas. São apenas sentimentos raivosos, enfurecidos, motivados por indignações verdadeiras, mas com um olhar míope quando não cego para o contraponto. evitando reconhecer os verdadeiros inimigos da nação e do mundo enquanto internacionalização e com respeito a dignidade da pessoa humana colocando o lucro acima de tudo e a exploração da miséria humana como meio para produção.

  30. 04/07/2017  15:59 by CM Responder

    Francisco Teixeira, ótimo texto, pena que chegou um pouco tarde.
    A cooptação da política pelo grande poder econômico foi exemplarmente comprovada (para quem quiser ver) pela JBS .
    É mais do que óbvio que é muito barato comprar o nosso Congresso, e foi o que aconteceu. Por isso nossa primavera foi tão tranquila, fácil e barata, preço de xepa mesmo, quando comparada às outras mundo afora.
    Veja que ao trabalho ideológico midiático foi tão bem feito e executado que só se fala da corrupção de mão em mão, do varejo, certamente asquerosa e merecedora de todos os castigos; mas nem um pio sobre a "corrupção" que, pela taxa de juros mais alta do planeta, drena todos os anos mais de um trilhão de Reais para bancos nacionais e internacionais.
    Nem uma palavra sobre a venda a preço de Coca Cola de trilhões de Reais em barris de petróleo, já descoberto e pronto pra extrair, é só colocar o canudinho e levar embora.
    A corrupção é sim um grande e perverso mal, mas creio não ser o dinheiro perdido em si a sua face mais perigosa e perversa, mas sim a desconstrução do pacto social, a descrença na política e na democracia como vias de solução do graves problemas da Nação. Isso permite a abertura de flancos dentro do próprio aparelho estatal para a colocação de cunhas de interesse estratégico econômico, sobrepujando os interesses Nacionais.
    Também como resultado da ideologização posta em prática, tem-se o senso comum de que a solução de tudo se resumiria a prender políticos, e magicamente nossa péssima distribuição de renda e desigualdade social se resolveriam, nossa indústria renasceria das cinzas purificadoras do justiçamento, assim como as FAs no dia seguinte acordariam num estado de excelência jamais alcançado.
    É uma simplificação que ignora mecanismos de ação político econômico estratégica muitíssimo complexos, de atuação caracteristicamente subterrânea, nas sombras, e portanto não facilmente detectável aos olhos do leigo. Ações que vão do controle/cooptação da mídia à aliados e "empregados" nos três poderes, da implantação sistemática pela mídia dominante de ideologias alienígenas descoladas das questões nacionais, à conquista de corações e mentes nas próprias FAs, pela via da formação "grátis" nas escolas militares internacionais, pelo material barato e facinho, ou até mesmo doado.
    As ações político estratégicas neste tipo de operação precisam ser muito bem camufladas para dar o ar de naturalidade e espontaneidade que encobrem as poderosas engrenagens atuando por trás dos palcos.
    Enfim, debater questões geopolíticas e geoestratégicas, a influência desagregadora do capital transnacional sobre os sistemas políticos nacionais, a desconstrução da política e da democracia como forma de afastamento da vontade popular (seja ela qual for) das decisões econômicas; isso tudo está muito longe e além da compreensão dos especialista de facebook.
    Não se aborreça com comentários intelectualmente indigentes.
    Esse pessoal ainda vê comunistas embaixo da cama e crê em salvadores da pátria, vingadores, homens de capa preta salvando o Brasil do mal, tudo pelo força do voluntarismo e da moral de cuecas.
    É exatamente por isso que a primavera aqui foi tão fácil e barata, sem percalços e com o apoio dessa parcela da população, que se auto intitula a "elite intelectual e esclarecida", que estampou isso nas suas camisetas com o "eu votei no Aécio!", sonorizou essa crença na sua superioridade batendo nas panelas, e ainda hoje crê firmemente que tudo aconteceu espontaneamente e em nome da moral e dos bons costumes da família brasileira.

    Parabéns pelo texto!

  31. 04/07/2017  15:25 by Adriano Luchiari Responder

    Caro Sr. Francisco, o seu comentário acima esclarece alguns pontos que estavam um tanto confusos no texto original, e me fez entender melhor seu ponto de vista, obrigado. Ainda que não concorde com o Sr. no todo, compartilho a convicção de que há interesses em se manter o Brasil como colônia extrativista, tanto de estrangeiros como de nativos também. A própria fartura e diversidade de nossas riquezas, associadas ao ganho rápido e fácil contribuem para tanto. Há anos defendo projetos que agreguem valor aos nossos recursos exportáveis, como forma de incrementar o nosso parque industrial, gerar empregos, renda e desenvolvimento, aprimorando o melhor da nossa vocação Foi mais ou menos isso que o agronegócio fez, e passou a responder por 25% do nosso PIB.

    No mais peço desculpa pelo Toupeira, foi uma indelicadeza e uma ofensa gratuita da minha parte. Com sincero respeito, saudações.

  32. 04/07/2017  15:16 by Fabricio Tavares Responder

    Gostei. Não é todo dia que o autor do texto nos dá a honra de comentar aqui.

  33. 04/07/2017  13:00 by Carl Responder

    Adoro alguns comentários.

    G1 e BR247 tem os mesmos interesses... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk essa me fez rir tanto que tenho que agradecer.
    Mas a melhor foi essa de que o PSDB é de esquerda, mas claro tem o nome SOCIAL no meio então é de esquerda, oras... kkkkk... club social também mas... deixa pra lá...

    A questão não são os partido meus revoltados brasileiros, a questão é sabotagem. Enquanto um militar vital para nosso futuro é preso e destruído, políticos realmente corruptos são soltos ou nem mesmo investigados (por quê?)... por outro lado sabemos que quem acha isso normal apoia aquele candidato que fala das forças armadas mas que o auto comado já disse que não é simpático. Não devemos esperar muito coerência de uns e outros...

  34. 04/07/2017  12:09 by Fábio Roth Vargas Responder

    Perfeito Francisco Teixeira

    Aparentemente temos pessoas que se ofendem com textos contrários a suas crenças e ideologias, ainda mais quando este vem recheado de argumentos e pontos bem defendidos...

    É flagrante o desmonte nacional que algumas pessoas teimam em desmentir e/ou negar... Seja por Ideologia, seja por má fé.

    Mas o ponto principal, precisamos de mais debates, precisamos permitir o dialogo... Temos que acabar com essa "hegemonia" de ideologia nos blogs militares e voltados para questões militares.

    Parabéns pelo texto

  35. 04/07/2017  11:47 by Francisco Teixeira Responder

    Amigos, só escrevo aqui por profundo respeito para com a Marinha do Brasil, visando esclarecer os seguintes pontos:

    1. Não pedi a publicação do artigo aqui ou outro sítio eletrônico, sendo publicado tão somente no SOS BRASIL SOBERANO, os demais apenas reproduziram o texto;

    2. O softer de reprodução produziu graves erros, por vezes causando erros, o mais grave deles foi, sem dúvida, trocar o verbo COOPTAR por cooperar, o que muda muito o sentido;

    3. Fui acusado de não falar nos anos anteriores - quer dizer Governo Lula: por favor, voltem lá ao texto e vejam exatamente a menção ao processo de cooptação do dito "novo", "transformador", "regenerador", etc... que se comporta igual ao velho, igual as mesmas seculares oligarquias patrimonialistas brasileiras. É apenas ler o texto;

    4. Fui acusado de seguir as ideias do Prefeito Hadad sobre guerra híbrida: não preciso! Aqui no texto falo de "guerra sem guerra", conforme o conceito dos hoje famosos coronéis chineses e não do conceito do jornalista Pepe Escobar, são coisas distintas, leiam os textos originais e percebam as diferenças;

    5. Não copio idéias, na verdade fui original no campo: as ideias do texto foram apresentadas em Junho de 2013 em uma reunião com cerca de 200 oficiais superiores no Alto Comando em Brasília numa reunião conduzida pelo General Rocha Paiva, em o vazio de poder existente entre 23 e 27 de junho desse ano no Governo Dilma. Em caso de dúvidas peço que perguntem ao General Rocha Paiva ou ao General Echtegoy então presentes;

    6. Reafirmo a situação de ataque, desde 2013, que sofre o Brasil e continua hoje sob o Governo Temer, por parte de ONgs, Think tanks e assemelhados, orquestrados por liberais progressistas, comunistas-liberais e capitalistas-democratas sob a égide de entidades como "Open Society", "Freedom Haouse", "Reporters Sem Fronteira" e celebridades e instituições outras, com vínculos comuns com a figura de George Soros - o mesmo que orquestra o ataque a Donald Trump;

    7. É risível me tomar como "inimigo do Brasil" quando luto pela soberania nacional e integridade do país e desvelo a conspiração - infiltrada até medula desse país - contra nossa soberania. Apelo para que estudam as novas condições das relações mundiais e do equilíbrio mundial e abandonem o mundo que acabou da Guerra Fria - palavras por sinal do patriota Eduardo Villas Bôas. O que vivemos é maior e mais perigoso. A própria Europa e o Governo dos EUA estão também sob o ataque desta hidra do capital internacional;

    8. O grande objetivo é transformar esse país numa colônia neo-extrativista dependente, destruindo um após o outro os setores econômicos, as engenharias, a pesquisa de ponto e capacidade de defesa do Brasil. Não se enganem, o projeto contra a soberania do país está em curso;

    9. Há homens hoje no núcleo do poder do Brasil aliados a este projeto - vide as tentativas em Alcântara, na venda de terras apara estrangeiros, na transferência das reservas de ouro ou nióbio;

    10. Bem, ganhei o Premio Jabuti com um livro defendendo a Amazônia Azul , logo não posso ser "toupeira", talvez outro animal marítimo qualquer...

    Mas, se liga amigo: abandone as ofensas e venha discutir o futuro do país, saia dos chavões e proponha ideias novas e se possível peça ao Almirante Monteiro para discutir isso em alto nível no Centro de Estudos Estratégicos. Ofensas só dividem os verdadeiros brasileiros.

    Francisco Teixeira.

  36. 04/07/2017  11:24 by Celso Responder

    Parabenz a quase todos os comentarios....eh sobre isso que temops q debater aqui , sair do comodismo e qto mais e melhores assuntos relativos ao nosso pais e a essa classe politica e suas CASTAS forem aqui discutidas, melhor comprensao teremos a vista de todas as experiencias individuais. Dezenas de pontos de vista nos levam a riqueza da informacao, mostram q temos a consciencia de todos os males, com certeza seremos tbm formadores de opiniao . Somos a maioria consciente mas infelizmente muito quieta. Passou da hora de mudarmos o destino da nacao e dar mais futuro aos nossos familiares. Sds

  37. 04/07/2017  9:18 by Gabriel oliveira Responder

    Não sei mas parece que poucos perceberam o viés político do texto carregado daquela velha mania de regimes de esquerda sul americanos de colocar a culpa de nossos problemas nos de fora,texto bem escrito é verde longe esconde o seu lado político,e tendencioso,e as comparações que o autor fazem são imcompativeis com o nosso país,as ideias de que as empresas corruptas estão sendo prejudicadas e prejudicando os brasileiros achei uma idéia um tanto sordida no minimo,pois se elas corromperam que paguem!.Sobre o almirante Oton sim ele deve pagar pelo que fez independente da sua posição e do que proporcionou ao país ,concordo que com políticos existem dois pesos e duas medidas,vejamos então o caso da maioria da câmara e do senado,e do atual e dos ex presidentes desse atual regime democratico assim dito nesse país,meio controverso e distorcido o texto de forma atrair o publico,mas um tanto carregado daquele velho vitimismo sul-americano de regimes de esquerda autoritarios ,vide Chavez e agora o ditador maduro.Mas artigos desses são típicos de Carta capital.

  38. 04/07/2017  8:54 by Silvo Alcantara Responder

    Apesar de descordar com os argumentos do texto, gostaria de parabenizar o DAN por ter possibilitado este excelente debate.
    Gostaria, ainda, de lembra-los de que não há muito tempo que um certo condenado, o "SR José Dircel", após sua condenação no mensalão do PT, foi apoiado por partidários que chegaram a plantar cruzes em frente ao STF e fizeram "vaquinha" para pagar a multa devida. Mais tarde, ele recebeu o perdão da pena a que tinha sido condenado e o texto não referencia esse caso limitando-se a abordar apenas as diferenças entre as doses das penas aplicadas ao almirante e ao Eduardo Cunha de forma parcial.

  39. 03/07/2017  22:53 by Jefferson BC Responder

    21:59 ppp
    Assino embaixo! Esse texto não faz nenhum sentido, eu também fiquei surpreso de ver um texto desse nível, acompanho o site há um bom tempo e não esperava ver uma publicação desse nível (confusão mental). Se for para ler essa algo desse nível basta eu acessar os sites financiados diretamente pelos partidos políticos: Carta Capital, O vermelho, A foice, Brasil247, Revista Forum, Sakamoto, G1, El país Brasil, BBC Brasil, Pragmatismo político, Paulo Henrique Amorim, Conversa Afiada, O cafezinho, O tijolaço, midia ninja, blog do centro do mundo, viamondo, carta maior, folha de SP, UOL, todos esses sites citados são financiados diretamente com dinheiro de partidos, dinheiro público, dinheiro de empresários ligados ao estado, empreiteiras etc.
    Todos esses sites são apenas 1 site e representam apenas uma linha ideológica, um caminho!
    A prática defendida pela midia citada é a nossa realidade!
    Em fim, qualquer pessoa com o mínimo de conhecimento dá risada desse texto a ponto de rebaixar o debate a conversa de bar.

  40. 03/07/2017  21:59 by ppp Responder

    Estou supresso e terrivelmente assustado com esta publicação. Supresso por ser publicado pelo DAN e assustado por tentativa de distorção de realidade brasileira praticada pelo autor.

    Autor com facilidade de um mago esta misturando acontecimentos mundiais e gêneses destes acontecimentos, tentando empurrar para leitor ideia de complô de um grupo internacional que quer se apoderar do mundo, incluindo Brasil. Faltou somente mencionar anuais reuniões do grupo Bilderberg e ordem dos lagartos cósmicos de qual parte fazem os mais poderosos Chefes dos Estados com mais foamoso entre eles Obama. E mais ou menos e este nível de doutrinação intelectual oferecida pelo autor.

    Me pergunto qual e objetivo? Porque autor parece ser uma pessoa seria pela sua formação e publicações no decorrer da sua carreira acadêmica, dedicada historia moderna e sociologia mais ainda fazendo parte destes “brasileiros estrangeirados”. Como velho proverbio fala “Não cuspe para cima .... “ Bagagem mais do que suficiente para fazer uma analise profunda e honesta dos atuais acontecimentos sócio-políticos no Brasil.

    Comecei ler artigo com uma certa atenção e interesse, e cada linha estava me mais decepcionando. Claro cada um tem direito de apresentar sua visão dos acontecimentos, mas com uma certa dose de honestidade.

    Assim também como um dos participantes deste foro dou me direito de opinar.

    Em primeira parte do texto autor “coloca no mesmo saco” três diferentes movimentos: Primavera Árabe, agressão Russa para velhos países membros da USSR e nacionalismo Turco - chamando isso de “guerra sem guerra”. Nada mais enganoso.

    Sem duvida os acontecimentos da Primavera Árabe, Geórgia e Ucrânia são conflitos militares, antecipados por guerra híbrida, em alguns países não passando de conflitos assimétricos em outros tornando se conflitos armados de grande dimensão. Não vou aprofundar este assunto dividindo em fazes, nem em regiões ou causas que motivaram mas vou afirmar claramente que nenhum deles tem algo ver com isso o que esta acontecendo no Brasil. Fazer qualquer comparação com atual situação do nosso pais e ridículo.

    Finalmente autor também faz reminiscência ao situação atual da Turquia. Gostaria de lembrar que este pais ate pouco tempo era um dos mais democráticos desta região do mundo. Depois de revolução de Atatürk passou de uma monarquia ortodoxa para uma democracia. O que e mais surpreendente - no caso deste pais - garantidor desta democracia eram ate agora Forcas Armadas. Cada vez que existia possibilidade de se tornar um pais muçulmano, os militares convocavam golpe para acalmar os ânimos e colocar pais nos eixos democráticos. Somente atual presidente, que também ganhou democraticamente eleição, conseguiu com seu populismo criar chauvinismo em grande parte da população Turca. Mas também neste caso não podemos fazer qualquer comparação com atual situação brasileira.

    Parece autor esqueceu ou simplesmente não quer lembrar motivo de atual situação do nosso pais. Não e uma influencia estrangeira que nos levou ao atual situação.

    Mais ainda, gostaria de lembrar que durante crise mundial em 2008/2009 nosso Brasil economicamente não estava atingido, porque o que produzia internamente distribuía no próprio mercado interno. Tamanho da sua balança comercial corresponde tamanho de balança comercial de um pais de médio porte da Velha Europa. Industria do Brasil não precisa mundo para sobreviver, precisa do mercado interno.

    Gostaria de lembrar que motivo de nossa situação atual e desonestidade e não influencia estrangeira. Desonestidade de maioria dos brasileiros. Daqueles que roubam milhões, que levam maior culpa de afundar esta economia, e daqueles que compram cigarros contrabandeados, mercadoria roubada, DVD pirateado, abaixam filme no net sem pagar, ect. Sim a maioria e culpada. Precisamos bater no próprio peito e não procurar os estrangeiros influenciadores.

    Autor esta “rasgando roupa”, que os CNPJ estão sendo condenados e não CPF. Poderia escrever muito sobre isso. Mas acho que já usei ate demais espaço. Então vou ser curto e groso. Acho muito bom. Para me estas empresas apos de pagar multas bilionárias deveriam ser extintas, nacionalizadas, vendidas por governo para outras pessoas ou grupos. Mas ate não pagam ultimo centavo não poderiam receber nenhum contrato governamental.

    Uma pergunta. Quando Siemens, Alstom, CAF Brasil Indústria e Comércio, Trans Sistemas de Transportes, Bombardier Transportation, MGE, Temoinsa do Brasil, Empresa Tejofran de Saneamento e Serviços e MPE estavam sendo criticadas e condenadas pagar indenizações para governo brasileiro e os governos estrangeiros de origem, será que autor perguntava sobre os trabalhadores que poderiam perder emprego aqui no Brasil e no exterior em função disso?

    Duas situações e duas medidas?

    Sobre os CPF - maioria deve ser condenada, um ou outro escapa infelizmente, mas maioria será condenada, eu desejo isso e tenho certeza que assim será. Só espero que estes juízes brasileiros que nunca foram influenciados por estrangeirada como .... não soltam aqueles que foram presos e condenados por Juízes que cursaram programa de instrução de advogados da Harvard Law School e participaram de programas de estudos sobre lavagem de dinheiro promovidos pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos.

  41. 03/07/2017  21:29 by Jefferson Responder

    Meu Deus, a quantidade de comentário alienado!
    Sério que na cabeça de vocês existe o governo Temer? Dilma? FHC?
    Vocês ainda não perceberam que são a mesma coisa?
    Não há a menor diferença entre eles, todos são da mesma corrente ideológica.
    É justamente por isso que nada muda, tudo continua igual, há nos bastidores o comprometimentos de todos os integrantes da organização criminosa (donos do Estado) para não mudar NADA!
    Não há nada de errado com o Temer, com a Dilma, com o Lula, com o FHC...todos eles são iguais e defendem a mesma coisa. Todos eles querem "cuidar" de 50% de toda a riqueza nacional, da empresa mais rica do país, do ESTADO!
    O Estado serve para isso, encantar burros e deixar rico meia dúzia de homens multibilionários cuidando de todos nós como se fossemos gados!
    Muito que aqui comentaram deveriam trabalhar em algum Poder Legislativo, de qualquer esfera, é sem dúvidas uma experiência incrível, é um grande teatro!

  42. 03/07/2017  21:18 by Jefferson BC Responder

    Não sei vocês, mas eu achei o texto bem fraco e eivado de vício político.
    Nós precisamos entender, antes de mais nada, que o Brasil é um país totalmente de esquerda, para isso é preciso entender o que significa Esquerda: Estado grande em todos os aspectos, tanto administração direta quanto indireta, elevada tributação, grande regulação e regulamentação da sociedade, intromissão do Estado na vida das pessoas, legislação de toda ordem, Judiciário e Legislativo fraco (normalmente submisso ao Executivo), submissão do indivíduo diante do coletivo, transferência de responsabilidades individuais para terceiros (Estado), monopólios, capitalismo de Estado (empresas ligadas ao Estado), mercado regulado pelo Estado, dependência Estatal
    Não há políticos de direita no Brasil! Ter isso em mente em fundamental para entender em qual modelo de sociedade nós vivemos.
    No Brasil, as escolas, colégios, universidades, igrejas, ongs, mídia ensinam o tempo inteiro que nós somos incapazes de tomas decisões por si próprio, necessitamos de um Estado provedor, regulador para proteger a sociedade! Inclusive do ponto de vista econômico e social.
    Na outra ponta há grupos estruturados, são partidos políticos e seus proprietários, esses são os donos do Estado, Estado esse que controla 50% de toda a riqueza nacional e regulam absolutamente tudo o que os outros 210 milhões de habitantes farão!
    As instituições citadas dizem que nós somos incapazes de tomar decisões, na outra ponto os donos do Estado, os políticos, dizem que são pessoas éticas e preparadas para tomar todas as deciões!
    Nessa brincadeira esses homens e mulheres: Dilma, Lula, FHC, Temer, Lindberg Farias, Gleise Hoffmann e seu esposo, Marina Silva, Bolsonaro, Joaquin Barbosa, Eduardo Campos, Collor, Rennan Calheiros, Luciana Genro e seu pai, Ideli salvati, ACM Neto, Aécio Neves etc...todo o congresso nacional, todos os poderes, em fim, o Estado, cuidarão de todos 210 milhões de habitantes!
    O Brasil é de esquerda, o regime militar era conservador, mas como Estado era de esquerda, o PSDB é de esquerda, o PT é de esquerda, todos os partidos são de esquerda. A nossa constituição é um lixo de esquerda!
    As pessoas estão tentando salvar algo (Estado) que deveria ser extinto ou pelo menos reduzido em 80%.
    Não há nada com o atual cenário político do Brasil, o modelo é justamente esse e não existe nenhuma pessoa nesse país ou nesse mundo que mudará isso, não tem como mudar. O Estado não consegue reduzir pobreza, isso é impossível do ponto de vista econômico, o Estado não produz nada, as pessoas que compõem o Estado não querem produzir nada além de receber generosos salários e trabalhar pouco.
    Nós estamos vivendo em uma sociedade onde o indivíduo não é um ser ativo, modificador do meio, é apenas um ser passivo que terceirizou todas as suas reivindicações e necessidades para o Estado.
    Coitado, vai morrer e não vai ver nada!
    O Brasil nunca foi de direita, o Brasil nunca foi liberal, nós somos o paraíso da esquerda!
    Há tantas coisas erradas com esse país que eu não sei nem por onde começar e sinceramente não tenho nem ânimo de comentar.
    Querem apenas 1 exemplo do reflexo de um Estado gigantesco?
    BNDES, banco de investimento estatal, gerido por políticos, banco SEM DINHEIRO EM CAIXA, lança em apenas 14 anos cerca de 400 bilhões de reais em titulos da dívida pública com juros de 14% ao ano, pegam esse dinheiro e emprestam para empresas e empresários ligados ao Estado, incluindo multinacionais multibilionárias, há tanto dinheiro sem dono que eles dão para qualquer um dos 'amigos", dinheiro subsidiado (o Estado pega dinheiro no mercado com juros de 14% ao ano e empresta a juros de 2% ao ano), quem paga a diferença são os 210 milhões de otários! Resultado: divida pública em 2002 = 700 bilhões; divida pública em 2016 = 4,4 trilhões! Esse é o governo protetor dos pobres, dos oprimidos, daqueles que não sabem tomar decisões......
    Em fim, eu discordo to texto da matéria, pois é extremamente superficial, uma retórica besta, partidária, a mesma retórica dos partidos políticos que fingem ser diferentes, a mesma retórica da midia fake, das universidades, das igrejas, a mesma conversa mole que nos fez chegar até onde chegamos!
    Sou formado em Administração Pública, sou servidor público, já trabalhei em Câmara de Vereadores, em Assembleia, em partido político, eu conheço bem esse papo furado! É um show!
    Somos igual a França Absolutista: O Estado sou Eu (Luís XIV).

  43. 03/07/2017  19:27 by Carl Responder

    Parabéns pelo texto e parabéns pela coragem de divulgar, sabemos que muitos não tem!

    Algumas considerações:
    1. Quem pede para falar do governo passado, não tem coragem de falar que votou em um ladrão e com fama de drogado em 2014, já perde a credibilidade aí...
    2. O fato do juiz liberar a mulher do ex-governador do Rio de Janeiro e da mulher do Cunha, revela muita coisa sobre o caráter (ou na falta) do juiz...
    3. O fato do Cunha ser preso com base em investigação do MP suíço e não de nossos investigadores, devia fazer os "combatedores da corrupção" se questionarem, se fossem realmente críticos da corrupção... cadê aquelas manifestações de verde e amarelo? "não vamos sair da rua enquanto a corrupção não acabar" - deve te acabado...
    4. O fato de um senador (muito safado) ser finalmente apontado como criminoso que é, só depois que outras equipes começaram a investigar revela que existe no mínimo má vontade. (Ah, mas ele tem foro privilegiado... mas a irmão dele não e também tá suja dos mesmos crimes)...

    5. Por fim, não posso afirma, mas tenho convicção que tem muito agente público ladrão e traidor da nação se fazendo de "herói".

    ps. ladrão é ladrão se cometeu algum crime tem que pagar, mas o que veja a alguns anos é que ladrão só é ladrão se não tiver amigo juiz.

  44. 03/07/2017  18:33 by Daniel Responder

    É isso que dá, para quem apoiou um governo golpista que entrou pelas portas dos fundos. É o retorno da casa grande ao poder. Nós, meros mortais, vamos para a senzala e o mais triste, na minha opinião, é que a maioria da população não reage, enquanto vai para o matadouro!

  45. 03/07/2017  18:03 by Celso Responder

    Qdo leio algo parecido c o texto acima, vem-me a lembranca de qtas vezes aqui no presente recente e no [passado mais distante, tenta-se justificar ideologicamente e economicamente as vias pelas quais nossos governantes escolheram. Nada mas a comentar, somente q nao ha ideologia nisso, somente interesses de todas as matizes patrocinadas por verdadeiras CASTAS q dirigem a nacao aqui e em outros lugares do mundo. A gde diferenca eh q aqui a cobranca esta a beira da roubalheira total e nada se deolve ao cidadao, mas acola a coisa eh menos ruim e bem ou mal algo se deole ao conjunto da sociedade. Para tudo existe um preco e nao me venham c bobagens sobre a absoluta honestidade, isso so cabe na lenga lenga dos formadores de opiniao. As tendencias ou consciencias individuais sao impossiveis de serem expressadas ou escritas. Prezo a maioria dos comentarios aqui, todos de primeira ordem e eluciddativos o q mostra q ainda temos o cerebro alerta e nao contaminado rrsrsrs. Nao ha ou existem inocentes em nenhuma das instituicoes no Brasil, o conjunto da obra ora oferecida a todos nao espelha um futuro proximo brilhante ou aceitavel. Infelizmente vamos viver ter q viver c esse modelo imposto sem nossa efetiva autorizacao ou aprovacao, sempre rasurado aos poucos por alguma ideia, a conta gotas de alguma melhoria efetiva , etc........Brasil, verdadeiras CASTAS de sangue sugas q impoem o ostracismo e ignorancia geral, dela se sustentando. Isso nao eh ideologia, eh a verdade absoluta, nao tem almoco de graca e o resultado e a cdaa ez maior leva de seres humanos aqui como verdadeiros zumbis a espera de milagres q nunca acontecerao.

  46. 03/07/2017  16:22 by Fabricio Tavares Responder

    Texto que aborda tudo (ou quase) o que eu e muitos já vínhamos dizendo há uns dois anos aqui neste site. Já tinha lido, mas parabenizo o DAN pela iniciativa.

  47. 03/07/2017  15:55 by Gilson Moura Responder

    Em outro blog eu avisei que estão tentando comparar a Primavera Árabe com a Primavera "Brasileira ou Latina", e quem começou essa história foi Haddad que em uma entrevista para uma revista disse que o Sr. Czar avisou a Dilma que potências estrangeiras estavam "alienando" o povo sobre o impeachment.
    O autor do texto dá a entender que todos fomos alienados ao ponto de irmos para a rua protestar não só pelos R$0,20, mas também pela corrupção, crise econômica que posteriormente foi em um ambiente favorável a realização do impeachment dá mulher que saúda a mandioca e estoca vento.
    O autor ignora a crise em que estávamos, nosso padrão de vida corroendo ao ponto de secretário vir a público dizer que o povo deveria trocar a carne por ovo, por conta de seu aumento de preço. O dólar chegou a custar R$4 para espanto dos "coxinhas nuggets", referência aos brasileiros que fazem compras em Miami. Segundo economistas alinhados a esquerda, o dólar não afeta os mais pobres, só afeta a elite, uma coisa totalmente refutável pelo simples fato do governo Lula ter sido uma das menores taxas de câmbio da história do plano Real, só não foi a menor por conta de FHC nos anos 90 e lembrando que no governo Lula foi quando estávamos crescendo a altíssimas taxas, e o dólar se desvalorizando todo ano por conta da Guerra ao Terror.
    A Lava-Jato ainda continua firme e forte, mesmo com Aécio, Gilmar, e toda a petralhada investigada pelos rombos nas contas públicas tentando barrar, já foi preso até mesmo aquele que foi o maior inimigo da esquerda, Cunha. A mulher de Cunha foi absolvida por conta que "não há provas suficientes contra ela", o que não deixa de ser curioso, mas se todo político que for preso por conta de corrupção, automaticamente todos os cônjuges teriam que ser também, afinal, o padrão de vida levado pelos familiares é incompatível com a renda dos políticos. Porém, achei essa decisão do Moro errado, mas não deixa de ser curioso este fato.
    Sobre o almirante, sim ele prestou um serviço grande ao país, ênfase na palavra PRESTOU, isso não dá ele ao direito de fazer o que bem entender como cobrar propinas por obras das usinas de Angra, mas como essa parceria entre público-privada sempre dá nessa falcatrua com o dinheiro dos pagadores dos impostos, pra mim isso não é novidade. Isso é até curioso, já que o sujeito prestou grandes serviços ao país, isso deixa ele imune a qualquer tipo de punição? Isso se aplicaria ao Lula também? Já até estou vendo o que será quando Lula for preso, dirão que ele prestou grande serviço ao país e por isso não pode ser preso.
    Vindo do jornalGGN, não fico surpreso com isso, assim como todos os outros como brasil247, diáriodocentrodomundo, brasilredeatual para não falar do vermelho.org, carta capital e carta maior.
    Sou novo nesses blogs militares, ou melhor, que falam sobre os mesmos, mas já sei qual lado ideológico eles são inclinados. Fora isso nada mais a acrescentar.

  48. 03/07/2017  15:37 by Doug385 Responder

    Texto tendencioso, parcial e carregado de fundo ideológico. Negligencia 13 anos de corrupção institucionalizada.
    Lamentável.

  49. 03/07/2017  15:34 by Quitauna Responder

    parabéns pela coragem de publicar esse texto , essa operação não trouxer nada além de atraso os corruptos estão todos em seus postos , so foram presos quem dificultava eles para se ganhar nas urnas , serviu para equilibrar o cenário polito e atrasar o pais .
    o autor do texto se esquece de que depois de tirarem a presidente Dilma ,eles aprovaram uma lei na câmara que pedalas podem sim , logo depois de tirarem ela .
    a lava jato é um tribunal de Nuremberg , contra o Brasil e brasileiros .

  50. 03/07/2017  14:27 by Leonardo Rodrigues Responder

    Caros o que o autor em síntese fala é da assimetria de decisão dos togados. Não se discute se deve-se punir culpados, mas que sejam todos independente de classe social. nossos ministros são indicados e assim seguem a cartilha daqueles que o indicaram. Vemos isto dioturnamente e a pouco ficou claríssimo esta assertiva em relação a um senador da república. salvamos mulheres de governadores e mantemos as negras na favela encarceradas. Por muito menos Dilma sofreu um impedimento, mas Temer, Renan, Maia e Jucá com tudo exposto seguem governantem. Temos uma classe política podre oriunda de uma elite exploradora, de uma classe média corrupta e xenófoba e de uma classe de trabalhadores explorada. Os ratos já abandonaram o navio faz é tempo.

  51. 03/07/2017  14:15 by Daniel Responder

    Isso que dá apoiar um governo golpista. É o retorno da casa grande no poder e nós todos, meros mortais, voltamos para a senzala!

  52. 03/07/2017  13:58 by Kemen Responder

    Não concordo com muito do que escreveu o prezado colega Francisco, é sim sem dúvida a sua visão um pouco diferente da minha é verdade mas estamos numa democracia então as opiniões são benvindas assim como o diálogo sincero e honrado entre nós brasileiros. Somos vitimas de nossos eleitos em votos baseados em discursos falsos que nos enganam e iludem no voto quando na realidade o que se encontra por tras do cérebro de muitos dos eleitos, sem dúvida não todos, é a cobiça para amealhar por meios ilicitos enormes valores monetarios que indiretamente resultam na falta de dinheiro para as necesidades mais prioritarias do pais. Esses são os falsos brasileiros, os que não pensam ou defendem a sua patria.

  53. 03/07/2017  13:54 by Fred Responder

    Excelente texto!

    Provavelmente se encaixa com o que quis dizer o comandante do Exército, general Eduardo Villas Boas, em audiência pública na comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional no dia 22/07/2017 - quando declarou sua preocupação com a ausência de "pensadores" nacionais capazes de oferecer "novas estruturas mentais" ao Brasil,...

    O general comentou também sobre o grande erro que foi internalizar no Brasil a mentalidade de guerra fria, onde a população se divide e se demoniza mutuamente, causando a perda do rumo dos seus interesses maiores, que é o próprio desenvolvimento e soberania.

    O vídeo com general Villas Boas comentando sobre estes temas está no vídeo abaixo (pesquisar pelo título), para pular direto no assunto: o general só começa a falar aos 16:00 minutos...

    Youtube:
    "Requião debate com comandante do Exército as ameaças à soberania nacional"

  54. 03/07/2017  13:24 by Fábio Roth Vargas Responder

    O Texto tem um ponto central muito importante
    Não existe "autodeterminação" do Brasil, sempre fomos comandados por castas que se comportam como superiores (Política, Jurídica, Econômica, Midiática). Cada uma destas castas tem uma agenda que não necessariamente converge com uma agenda nacional e soberana do Brasil.
    Pessoas que tentam colocar todas as mazelas nacionais no ultimo governo, ou tem memória curta ou são hipócritas. Que o governo do PT foi apanhado com as mãos afundadas em corrupção, que lucraram muito com isso e tudo mais, é um fato, porem estás pessoas ignoram quase 500 anos de entreguismo e suicídios institucionais vividos pelo Brasil...

    É um fato que não existe um projeto nacional na agenda de nossas elites (Política, Jurídica, Econômica, Midiática), basicamente, o único foco desses grupos é surfar no poder e continuar manobrando a "Primavera" Brasileira, manipulando nossos conservadores (Já que não existe direita no Brasil e sim grupos conservadores e pseudo liberais que pouco estudaram o Capitalismo) e pseudo esquerda (Grupos ideologicamente rachados, com pouca representatividade e pouco estudo econômicos).

    Infelizmente ainda não batemos no fundo do poço, ainda vamos descer muito mais enquanto vamos criando e cultuando nossos "Messias" (Joaquim Barbosa, Japonês da Federal, Eduardo Cunha, Sergio Moro)...

  55. 03/07/2017  12:36 by Jose de Alencar Responder

    Gostaria que toda classe política, apartidária, seja julgada e se culpada, condenada como o almirante citado... Não é possível admitir que pela desculpa de frear os processos viciosos, personagens que deveriam ser importantes ao sistema administrativo nacional e desviaram verba pública, sejam "inocentados" em contraposição a justiça e a verdade...aliás, o texto acima é uma exemplar demonstração da chamada "guerra híbrida"...

  56. 03/07/2017  12:12 by Adriano Luchiari Responder

    Texto carregado de ideologia e imprecisões. O autor erra ao comparar os motivos das "primaveras" de vários países com momento atual que o Brasil vive. Erra ao atribuir às elites e a um complô de outras nações nosso eterno subdesenvolvimento, como se nosso povo não fosse responsável pela autodeterminação. Erra quando escreve que a crise financeira, moral e ética sem precedente que vivemos não teve origem no governo de um determinado partido e aliados, alinhados ao foro de São Paulo, e ao atribuir a consequente herança nefasta a um ex-presidente da Câmara dos Deputados, elevando a protagonista um político de baixo clero e sem relevância no poder até então, e ao judiciário por aplicar sanções a empresas envolvidas na operação Lava-jato, como se esse não fosse um procedimento adotado em todos os países democráticos do mundo. Erra quando questiona a legitimidade do presidente Temer (não sou fiador do seu governo), esquecendo-se que o mesmo foi eleito na chapa da ex-presidente cassada em observação à legislação vigente, e assumiu a presidência por ser o sucessor natural do cargo. Erra quando o condenada por corrupção sem que o mesmo não tenha sentença transitada em julgado. Por outro lado, defende veementemente um almirante, este sim julgado e condenado (não entro no mérito se condenado injustamente ou não), e ainda tece loas ao seu caráter por tentativa de suicídio. Convenhamos, suicídio, se consumado, não é prova de caráter e sim, de fraqueza moral e espiritual, e não tem fundo redentor. Caráter tem quem erra, assume o erro e arca com as consequências. Enfim, é mais do que a soberania nacional que está em jogo nesse momento segundo ele, mas não pelos motivos elencados nesse artigo, e a guerra do povo brasileiro é outra, bem diferente da que o historiador deseja que fosse. Por isso, como escrevi em comentário anterior, ele merece o prêmio Toupeira 2017.

  57. 03/07/2017  11:37 by Matheus Cortez Responder

    Ótima capacidade de sintetização.

  58. 03/07/2017  11:14 by Silvo Alcantara Responder

    Lamentável. Realmente Cunha defenestrou Dilma? Todos que cometeram crimes devem ser julgados e levados à prisão. O altor nem cita o Sr. Lula que parece mais cego que todos os cegos do Brasil juntos. Ele diz que "não viu e não sabia" de nada que os seus nomeados faziam com o patrimônio público para favorecer seu partido. Será que alguém, em posse de suas faculdades mentais, realmente acredita que um homem com habilidades para ser líder de seu partido e presidente da nação é ingênuo o suficiente para "não ver ou não saber" o que seus amigos e liderados faziam? Todos os presidentes brasileiros respondem pela lisura de seu governo. por isso, todos eles, independemente se de direita ou esquerda, devem ser processados e condenados pelos atos delituosos praticados em seus governos.
    Quanto ao almirante, justamente pelo seu inegável conhecimento e pela confiança que recebeu da nação, tinha por obrigação cuidar para que os processos transcorressem de forma republicana. não é o fato de ser uma grande figura daquele Programa atenuante dos crimes verificados.
    Desejo ver o Brasil passado a limpo com corruptos e corruptores na cadeia e o dinheiros nos cofres públicos.

  59. 03/07/2017  10:18 by Adriano Gomes de Paiva Responder

    Já falava em meu círculo pessoal outro dia ... Vivemos, o assim dizer, New Colonialismo ... mais um pouco compraremos itens desnecessários, como trenós de neve, casacos de enfrentar frio no alasca ... bem vindos ao tempos da Colônia !!

  60. 03/07/2017  10:08 by Tomcat3.7 Responder

    Que texto viu, foi na veia, na ferida mesmo, excelente!!!
    Não concordo em que parem as empresas e seus negócios por causa de seus administradores corruptos pois assim quem está pagando são os trabalhadores lá na base da pirâmide.
    Realmente os fatos começaram em um momento de crescimento/desenvolvimento intenso no Brasil de modo a dar enfase e credibilidade em sermos vítimas da "guerra sem guerra" desencadeada no momento "oportuno".

  61. 03/07/2017  9:57 by César Pereira Responder

    Um retrato da dura realidade, que veio para jogar o BRASIL no atraso, ladrões togados e seus asseclas minando o nosso futuro!
    Nem na ditadura se viu tamanho disparate!

  62. 03/07/2017  9:37 by Renato de Mello Machado Responder

    Não temos soberania, então nada está em jogo.

  63. 03/07/2017  9:16 by Adriano Luchiari Responder

    Por este artigo ele merece ganhar o prêmio Toupeira 2017!

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.