Plano de aquisição do Grupo Naval para preparar a construção de futuras fragatas de tamanho intermediário

O Naval Group começou a selecionar os primeiros fornecedores de equipamentos para as cinco futuras fragatas de tamanho intermediário (Frégate de Taille Intermédiaire – FTI) destinadas ao Ministério da Defesa da França.



No âmbito da execução do contrato efetivado pela Direction générale de l’armement (DGA), em abril de 2017, o Naval Group iniciou o processo de seleção dos fornecedores industriais do programa para as cinco fragatas de tamanho intermediário, a primeira será entregue à Marine Nationale em 2023

As compras representam uma proporção significativa do valor de um navio de guerra, sendo essencial que o Naval Group, como líder e integrador de engenharia de sistemas, selecione os fornecedores e subcontratantes mais eficazes e desenvolva parcerias com eles.

Frédéric Massa, Diretor de Compras do Grupo Naval explica: “Esperamos muito dos nossos fornecedores. Suas soluções inovadoras e competitivas contribuirão para oferecermos superioridade tecnológica no teatro de operações. O sucesso do programa depende do cumprimento de seus compromissos, com entrega dentro dos prazos de dados de entrada e equipamentos pelos quais eles são responsáveis, com o nível de qualidade esperado. Por isso, os selecionamos pelas suas capacidades de entregarem este programa estratégico para a França”.

Até o momento, os principais fornecedores selecionados são:

  • Axima,: Sistemas de aquecimento, ventilação e ar condicionado (HVAC – Heating, Ventilation and Air Conditioning);
  • CNIM: Escotilhas de sonar e de torpedo;
  • Ixblue: Unidades de navegação e seus computadores;
  • Leonardo: Sistemas de artilharia de médio calibre de 76 mm;
  • MBDA: Integração e serviços relacionados a instalações de mísseis;
  • MTU: Um dos principais fabricantes mundiais de motores diesel de grande porte;
  • Safran Electronics & Defense: Sistema de identificação optrônica com o PASEO XLR (eXtra Long Range) incorporado;
  • Thales: Suíte de sonar, suíte de guerra eletrônica, IFF (Identification, Friend or Foe) e sistema de comunicações.

A versão francesa da [email protected], fragata de classe mundial com um deslocamento aproximado de 4.000 toneladas destinadas à guerra antissubmarino, foi projetada para atender às diversas necessidades nacionais francesas. Ela será dotada de capacidades ampliadas de autodefesa e projeção de forças especiais. Além disso, integrará o novo radar de antena plana da Thales, o SEA FIRE, e também será equipada com instalações de lançamento reconfiguráveis ​​para os mísseis Aster 30 e Exocet da MBDA.

FONTE e FOTO: Naval Group
TRADUÇÃO e ADAPTAÇÃO: DAN



 

1 Comment

 

  1. 23/03/2018  15:44 by Esteves Responder

    Tem publicação afirmando custo de 3,6 bilhões de euros ou de 4,1 bilhões de dólares. Difícil saber quanto custarão na realidade. Parece que não menos de 700 milhões de euros cada uma.

    Algo impensável para nós.

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.