NE-Brasil

No período de 10 a 12 de julho, o Navio-Escola “BRASIL” estará atracado em Santos-SP, cumprindo o programa de preparação para a XXIX Viagem de Instrução de Guardas-Marinha (VIGM), estando aberto à visitação pública, no dia 12 de julho, das 14h00 às 17h00.

O Navio-Escola “BRASIL” foi construído pelo Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro, a partir do projeto desenvolvido pela Diretoria de Engenharia Naval, ambos órgãos da Marinha do Brasil. Sua construção foi iniciada em setembro de 1981 e, após dois anos, no dia 23 de setembro de 1983, o navio foi lançado ao mar, tendo sido incorporado à Marinha em 21 de agosto de 1986, ocasião em que foi transferido para o Setor Operativo.

O Navio tem sido mantido atualizado ao longo dos anos, estando equipado com modernos sistemas, a maioria proveniente de projetos desenvolvidos tanto pela Marinha do Brasil quanto por empresas nacionais, destacando-se o Sistema de Simulação Tática e Treinamento (SSTT), importante recurso instrucional de Operações Navais para os Guardas-Marinha; o Centro de Integração de Sensores para Navegação Eletrônica (CISNE); o Sistema de Controle de Avarias (SCAv); e o Sistema de Controle e Monitoramento da Propulsão (SCMP).

Anualmente, o Navio realiza a Viagem de Instrução de Guardas-Marinha (VIGM) com os propósitos de complementar, com ênfase na experiência prática, os conhecimentos teóricos adquiridos pelos Guardas-Marinha na Escola Naval durante o Ciclo Escolar; de aprimorar a formação profissional e cultural dos futuros Oficiais da Marinha do Brasil; e de representar o País e a Marinha nos diversos portos visitados, promovendo o estreitamento dos laços com as nações amigas. Durante a VIGM, são ministradas aulas práticas de navegação, meteorologia, marinharia, operações navais, controle de avarias e administração naval, bem como é conduzida a importante fase de adaptação dos Guardas-Marinha à vida de bordo. A XXIX VIGM será realizada no período de 26 de julho a 20 de dezembro de 2015 e, em seu roteiro, estão previstos 18 portos em 15 países.

Ao término da viagem, os Guardas-Marinha serão nomeados Segundos-Tenentes e distribuídos por todo o País, de acordo com os seus respectivos Corpo e Habilitação. Aqueles pertencentes ao Corpo da Armada embarcarão nos navios da Marinha; os integrantes do Corpo de Fuzileiros Navais serão designados para os diversos Batalhões e Companhias Independentes; e os componentes do Corpo de Intendentes da Marinha poderão servir a bordo dos navios ou em Organizações Militares em terra.

O atual Comandante do Navio é o Capitão-de-Mar-e-Guerra ANTONIO CARLOS CAMBRA, que assumiu o cargo em 16 de janeiro de 2015. A tripulação é composta por 33 Oficiais, 222 Praças e 3 Servidores Civis da Marinha do Brasil. A partir do dia 20 de julho, o Navio contará com mais 182 Guardas-Marinha (todos oriundos da Escola Naval), 2 Oficiais do Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), além de convidados do Exército Brasileiro, da Força Aérea Brasileira, da Marinha Mercante Nacional e de Marinhas Amigas.

FONTE: CPSP

 

1 Comment

 

  1. 08/07/2015  22:59 by dilson queiroz Responder

    .....que representem bem o Brasil lá fora e aprendam bastante para servir ao País.......

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.