MARINHA DO BRASIL
COMANDO EM CHEFE DA ESQUADRA

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Niterói-RJ.
Em 08 de setembro de 2018.

A Marinha do Brasil, por meio do Comando em Chefe da Esquadra, informa que, na madrugada deste sábado, 8 de setembro, ocorreu um alagamento na Fragata “Niterói” (F40), atracada na Base Naval do Rio de Janeiro, decorrente de avaria em rede de água salgada.

O incidente foi prontamente combatido pelo Pessoal de serviço da Fragata, com o apoio de outros navios da Marinha atracados nas proximidades.

A situação foi normalizada, estando o navio com suas condições normais de estabilidade.

Não houve acidente de pessoal nem danos ao material.

FONTE: CCSM

NOTA do EDITOR: Conforme pode ser visto, comparando a foto publicada anteriormente com a mais recente, recebida pelo DAN, é possível perceber que a Fragata Niterói já está estabilizada.



 

13 Comments

 

  1. 09/09/2018  21:31 by Fabio. Responder

    Padillha ou Guilherme a F40 esta sem o lançador de misseis áspide na popa do navio
    isso é normal?

    • 09/09/2018  21:54 by Luiz Padilha Responder

      O navio estava out.

  2. 09/09/2018  20:40 by afonso ab Responder

    minha opinião é a mesma da arte da guerra:
    no youtube sem tirar e nem por

  3. 09/09/2018  11:11 by Leonardo R Responder

    Temos dois problemas de ordem financeira e um de ordem organizacional:
    De vante a ordem organizacional está no número de pessoal em demasia na força e o trabalho do almirante em cortar pessoal não ataca o nó do problema organizacional que são os oficiais em especial os superiores em muito maior número que embarcações disponíveis e planejadas pela MB, ou seja, é planejamento de nós, pra nós mesmos.. São 53 milhões mensais com pensionistas ou 2/3 de bilhão por ano. Tá certo que temos aproximadamente 9 mil km de costa nossa única desculpa, pois se colocarmos os gastos em números investimos mais que Israel com a ajuda americana 74 bilhões contra 84 bilhões tupiniquins. A desculpa seria aceita se tivéssemos mais equipamentos que os sinos e o tamanho dificultasse atender nossa demanda, bem:
    Israel está constantemente em combate, em estado de guerra e assim teria que dar conta com um número menor de força que a nossa, em tese, mas na realidade com menos investimento o que vemos é o seguinte:
    De acordo com o estudo global Fire Power o Brasil é o 11º no mundo que mais investe em defesa, mas é o 22º em poder militar.
    Transcrevo conforme tradução da revista exame
    Brasil - Israel
    "tanques de guerra" 786 - 4170
    Força Aérea 749 - 684
    Força Naval 113 - 66
    Orçamento $ 31 Bi - 23 Bi
    sem contar que Israel mantem sua força moderna com alta tecnologia com navios, misseis e submarinos modernos em estado da arte enquanto por cá nossos vasos estão beirando os 50 anos e tendo de ser rebocados ou encostados no arsenal da marinha.
    o problema não é só falta de recursos financeiros. A marinha é a cara do Brasil. Pronto, falei!

  4. 09/09/2018  10:51 by Wolfpack Responder

    DAN qual a programação de descomissionamento da Niterói e das Type 22? Este incidente deveria estar na pauta dos candidatos a Presidência, pois só falam nas Forças Armadas no papel de policiamento, intervenção, bombeiros nas fronteiras por razão da imigração, e claro como o G1 hoje em seu editorial contaminado, falando do rombo da Previdência dos Militares em 2019 em mais de 90 bilhões de reais, mas não fazem o mesmo com juizes, e demais funcionários públicos. A mídia e imprensa em geral viraram ativistas e pararam de impessualidade e neutralidade.

  5. 09/09/2018  10:49 by Luiz C Silva Responder

    Coitada dessa guarnição, manter essa sucata funcionando !

  6. 09/09/2018  8:52 by Felipe Responder

    7 anos da minha vida, foram a bordo da "Tubarão", apesar de não terem sido os melhores dos 31 de MB, fico chocado com esta situação, é o retrato fiel do Brasil nesse momento, dias estranhos.

  7. 09/09/2018  7:01 by EVANDRO Responder

    MB em dificuldade.

  8. 09/09/2018  4:56 by india-mike Responder

    “Condições normais de estabilidade”? pela foto ainda está uns 2-3° graus adernada, isso está.

    • 09/09/2018  6:33 by Guilherme Wiltgen Responder

      A foto não é oficial, ela foi enviada ao DAN e utilizada para mostrar que o navio já estava estabilizado. Porém, é possível ver nessa foto que ainda está levemente adernada à BE, o que nos leva a crer que a faina ainda não havia terminado totalmente quando da realização da foto.
      Abs,

  9. 08/09/2018  21:12 by USS Montana Responder

    Lamentável uma notícia dessa, querem acabar com nossas FFAAs, o pior é que a mídia demoniza elas mas quando a cobra fuma é as FFAAs que a população chama. É de chorar ver como os meios de superfície penam, espero que com a chegada do Atlântico a MB volte a dar importância ao PROSUPER.

    • 09/09/2018  7:48 by Pajé Responder

      Vai chamar quem, o Chapolin Colorado?

  10. 08/09/2018  20:04 by Tomcat4.0 Responder

    Aleluia!!!

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.