O Navio Patrulha Oceânico (NPaOc) Araguari (P 122), participou nos dias 2 e 3 de novembro de uma comissão que envolveu atividades como o apoio à Etapa “B” do Curso Expedito de Manobra e Crash, a realização da Vistoria de Segurança de Aviação (VSA) e a requalificação das Equipes de Manobra e Crash (EQMAN) dos navios subordinados ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste (ComGptPatNavNE).

Durante a comissão, o NPaOc Araguari operou com a aeronave “Tucano-58”, subordinada ao 3º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral da Marinha do Brasil.

Na avaliação do navio, os objetivos propostos foram alcançados nos dois dias de operações, com o NPaOc Araguari sendo aprovado na Vistoria de Segurança de Aviação realizada pela comitiva da Diretoria de Aeronáutica da Marinha. Além disso, o NPaOc Araguari proporcionou a qualificação de novos membros das EQMAN dos navios subordinados ao ComGptPatNavNE e a requalificação dos antigos membros.

 

4 Comments

 

  1. 12/12/2017  18:40 by claudio quadros Responder

    obrigado eu acho este navio lindo vir reportagem sua modelo desse não engano maria real do Marrocos obrigado mesmo informações

  2. 12/12/2017  13:49 by Gilbert Responder

    A pergunta que fica é quanto custa em média a tonelada (1 tonelada) de casco de navio militar?
    O preço do aço e demais materiais são padrão de mercado, o que encarece um navio militar não é o casco mas os sistemas eletrônicos, sistemas de combate e armamento, lembrando que tudo isso pesa e não dá para colocar muita coisa em um casco pequeno, a não ser que vá navegar em uma baia onde as águas são calmas, o que não é nem de perto o caso Atlântico sul.

  3. 11/12/2017  18:22 by claudio quadros Responder

    uma Informação este modelo navio marinha tem direito construí poderia construí-la no Brasil com mais longo com hangar para helicópteros colocar canhao e míssil sairia mais barato Tamandaré poderia fabricar 10 ?

    • 11/12/2017  19:46 by Luiz Padilha Responder

      Claudio um navio patrulha nunca em hipótese alguma pode se equiparar com uma Corveta. Ou seja, cada um no seu quadrado. Se a MB resolver construir OPVs baseados nesta casse, eles serão apenas e tão somentes, OPVs (Navios patrulha oceânicos) e nada mais além disso.

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.