Corumbá (MS) – A 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira (18ª Bda Inf Fron), juntamente com o Comando do 6° Distrito Naval, participou, no período de 25 a 29 de setembro, de uma operação conjunta e interagências com os órgãos de segurança pública e de fiscalização, como a Polícia Federal e a Receita Federal. Denominada de Operação Ágata Pantanal, as ações se desenvolveram na região compreendida entre os municípios de Ladário, Corumbá e Porto Murtinho.

A Operação, coordenada pelo Ministério da Defesa, consiste em ações conjuntas das Forças Armadas em apoio aos órgãos federais e estaduais que visa intensificar a presença do Estado nas regiões da faixa de fronteira, contribuindo para o fortalecimento da prevenção, controle, fiscalização e repressão aos delitos transfronteiriços, como o tráfico de pessoas, drogas, armas e munições, além de crimes ambientais.

A Força Terrestre Componente atuou com integrantes da 18ª Bda Inf Fron, do 17º Batalhão de Fronteira, da 2ª Companhia de Fronteira e dos órgãos de segurança pública e de fiscalização.

Durante o período, foram realizadas operações preventivas e repressivas pontuais, em especial patrulhamentos terrestres e fluviais; estabelecimento de postos de bloqueio e controle de estradas e vias fluviais; revista de veículos e embarcações; e intensificação da fiscalização de produtos controlados.

Como resultados das ações, destacam-se: a retenção, nas proximidades de Corumbá, de 2,3 milhões de litros de óleo diesel e 2,3 milhões de litros de cevada, vindos do Paraguai, em um empurrador; das apreensões de 3.200 pacotes de cigarro, de 2.600 litros de óleo diesel e gasolina, de quantidade significativa de cocaína líquida; da prisão em flagrante de um paraguaio pelo crime de ingresso clandestino de estrangeiros, que culminou com a deportação de seis chineses, que estavam tentando adentrar em território nacional de forma ilegal.

Fonte:18ª Bda Inf Fron

image_pdfimage_print

 

Leave a reply

 

Your email address will not be published.