Por Gabriela Mello

A fabricante brasileira de aeronaves Embraer prevê demanda de mercado por 6.400 novos jatos do segmento de 70 a 130 ou mais assentos até 2036, com valor estimado em 300 bilhões de dólares, informou em comunicado nesta terça-feira.

Segundo a empresa, a frota mundial desta categoria de jatos deve crescer para 6.710 unidades em 2036, ante 2.700 em 2016, o que configuraria o crescimento mais rápido dentre todas as modalidades.

“O crescimento do mercado será responsável por 63% da demanda enquanto a substituição de aeronaves antigas corresponderá aos 37 por cento restantes”, disse a Embraer no documento.

A companhia ainda espera que a América do Norte responda por 32% da demanda mundial prevista para até 2036, seguida por Ásia Pacífico, com participação de 27%, Europa (18%), América Latina (11%), Comunidade dos Estados Independentes (6%) e África (3%) e Oriente Médio (3%).

FONTE: Reuters
FOTO: Embraer