Por Guilherme Wiltgen
 
No segundo dia da Passex – Fase Naval, nosso dia a bordo começou bem cedo, antes mesmo do sol nascer, o que nos permitiu também captar belas imagens dos navios ao amanhecer, além do privilégio de poder assistir ao nascer do sol, do passadiço da Fragata Niterói.
 

   

 
As Forças Navais em operações no mar, precisam dispor de capacidade de auto-sustentação que permitam a elas operarem, durante um período considerável, sem o apoio de suas bases em terra.

Diversos meios navais ou aeronavais podem ser utilizados para prover este apoio logístico, mas o emprego de unidades especializadas, como dos navios de reabastecimento, que podem ser Navios-Tanque ou Navios de Apoio Logístico, maximiza a eficiência deste apoio e, consequentemente, a permanência “on station” do GT no teatro de operações.
 

 
Para tanto, na parte da manhã, foi  programado a realização dos exercícios de  Light Line e Leap Frog. Estas duas fainas de Transferências no Mar, devem ser conduzidas no menor tempo possível, para que os navios engajados nestas operações, que estarão com seus movimentos restringidos, não se tornem alvos vulneraveis a um possível ataque.

No mar, pode ser necessário efetuar transferência de carga leve/pessoal, material, mala postal, óleo/água e carga pesada.
 

Leap Frog

 

 
Nos exercícios de LEAP FROG nenhum cabo será passado entre os navios do GT. Quando três ou mais navios estiverem participando, como no nosso caso, o navio mais a ré (FASM George Leygues), iniciará a aproximação ao de vante (Niterói), permanecendo a contrabordo por 05 minutos.
 

   

 
Ambos os Comandantes, o CF Daniel (Niterói) quanto o Captain Hébrail (Georges Leygues), acompanharam de perto todo o exércício.
 

   

 
Na sequência, o navio avança e realiza aproximação aos navios mais de vante , sempre cumprindo o mesmo procedimento, um a um.
 

 
Em seguida, a Fragata Niterói avançou para realizar o Leap Frog com o NT Alte. Gastão Mota.
 

   

   

 

   

 

 
Ao terminar, a Fragata Niterói guinou para boreste, permitindo que os demais navios realizassem seus procedimentos, até que a formatura inicial estivesse novamente restabelecida, encerrando este exercício.
 

   

   

 

 

Light Line

 

 
Esta faina tem como principal propósito adestrar os oficiais de manobra dos navios na aproximação e manutenção de posição a contrabordo, sendo que o cabo de distância deverá ser passado perpendicularmente ao eixo longitudinal do navio e, sempre que possível, na proa.
 

   

 

   


 
Enquanto isso, o NT Alte. Gastão Motta realizava o light Line com a Fragata Greenhalgh.
 

 
Após os execícios, os navios retornaram as suas posições originais no GT.
 

   


 
Encerrado o exercício, foi baixada a bandeira de faina da Fragata Niterói, cujo o lema do navio é: CADÊNCIA!
 

 
NOTA do EDITOR: Devido aos inúmeros exercícios realizados nesta PASSEX, os realizados no período da tarde e da noite, serão abordados na parte III.