Por Luiz Padilha

O Philadelphia Navy Yard faz parte da história naval americana que foi transformado em uma área de desenvolvimento comercial bem sucedido de uma antiga instalação militar. Em 2000, a PIDC (Private Economic Development Corporation), adquiriu o controle do Arsenal de Marinha em nome da cidade da Philadelphia e a PAID (Philadelphia Authority For Industrial Development), investiu mais de $ 150 milhões em melhorias de infraestrutura com financiamento público, alavancando mais de US $ 750 milhões em novos investimentos privados.

Hoje, o Arsenal de Marinha é um campus de negócios de 1.200 acres onde 150 empresas ocupam mais de 7,5 milhões de pés quadrados de escritório, industrial/manufatura e pesquisa e desenvolvimento espacial.

Dentro deste complexo está o Naval Inactive Ship Maintenance Facility,  uma instalação de propriedade da Marinha dos Estados Unidos (US Navy) como uma instalação de guarda para os navios da US Navy desativados, enquanto se aguarda seu destino final. Todos os navios nestas instalações estão inativos, porém, alguns ainda estão no Naval Vessel Register (NVR).

Entre 5 fragatas a ex-USS Samuel B. Roberts (FFG 58) se destaca por ainda estar com seu indicativo no casco

Os navios que tenham sido apagados do NVR são eliminados por diferentes formas, seja por transferência através de venda militar estrangeira, doação do navio como um museu ou memorial, desmantelamento doméstico com reciclagem, afundamento para se transformar em recife artificial, ou uso como alvo.

       

Outros são mantidos para uma possível reativação futura, e são preservados por longo prazo, mantidos com manutenção mínima (controle de umidade, controle de corrosão, inundação e incêndio), para se necessário voltarem ao serviço ativo.

       

Nesta oportunidade o DAN pode sobrevoar o Naval Inactive Ship Maintenance Facility e ver com uma certa tristeza o fim de alguns navios que tivemos oportunidade de ir à bordo quando se encontravam no serviço ativo, como o ex-USS Samuel B. Roberts (FFG 58) que ainda ostenta seu indicativo no casco.

O ex-USS Halyburton (FFG-40) pode ser visto com o indicativo ainda presente no casco

Porta aviões ex-USS John F. Kennedy (CV 67)

USNS Wright (T-AVB-3)

image_pdfimage_print

 

16 Comments

 

  1. 05/05/2017  22:12 by Dalton Responder

    Bruno...
    .
    você está vendo algumas fragatas que foram descomissionadas antes de 2015, quando as últimas foram retiradas de serviço e com os olhos de 2017. Várias delas estavam em boas condições com 30 anos ou menos em 2015 logo que foram retiradas
    de serviço.
    .
    O melhor exemplo é a fragata paquistanesa "Alamgir" uma ex classe Perry descomissionada em 2010 com cerca de 29 anos e que foi imediatamente transferida à marinha paquistanesa e continua em serviço tendo inclusive realizado viagens de longa
    distância.

  2. 05/05/2017  21:28 by Dalton Responder

    Jorge...
    .
    a espinha dorsal da marinha brasileira é formada por fragatas que possuem entre 37 e 41 anos, portanto aqui se utiliza o máximo
    possível da vida útil de um navio.
    .
    Os navios que o DAN mostrou na grande maioria, nem mesmo encontram-se na "reserva", estão apenas esperando o destino final, inclusive algumas fragatas com "apenas" 30 anos que foram oferecidas para venda, mas, com exceção de duas, uma das quais encontrava-se na Filadélfia foram adquiridas à Taiwan.

  3. 05/05/2017  21:23 by BrunoFN Responder

    Dalton
    uma pena quanto a Ticonderoga .. . so queria 2 na MB kkkkkkk
    se são essas as OHP disponíveis pra venda .. estão pior q imaginei

  4. 05/05/2017  16:40 by Jorge Knoll Responder

    -Pensamento nosso, belonave com 25/30/40 deve virar sucata, e desmanche.
    Lá eles mantém na íntegra, e se necessário faz upadet e, segue servindo mais uns anos a marinha deles.
    Fica como uma reserva estratégica.
    Meu pensamento foi de que -sempre os cascos tem um destino de reaproveitamento, fazendo as manutenções todas ao seu tempo.
    Eles são agem de maneira sensata, já nós...

  5. 04/05/2017  22:25 by Dalton Responder

    Bruno...
    .
    os "Ticonderogas" da foto nem mesmo estão na reserva, estão apenas aguardando o destino final que segundo foi anunciado
    será o desmantelamento.
    .
    Os USSs Bunker Hill e Mobile Bay que estão na ativa, estão programados para dar baixa em 2020, mas, não serão postos à
    venda.
    .
    É possível ver nas fotos o ex USS Barry da classe Forrest Sherman que até 2015 funcionou como navio museu, mas, a
    construção de uma nova ponte simplesmente o aprisionaria no "Washington Navy Yard" impossibilitando eventuais
    manutenções, além de uma renovação ter sido considerada cara, então foi rebocado para à Filadélfia onde será desmantelado.

  6. 04/05/2017  22:17 by Luiz Padilha Responder

    É Sobral, você viveu o seu momento neste PA. Guarde as fotos dele com você.

  7. 04/05/2017  21:51 by ROMULO SOBRAL Responder

    CV-67. JFK. Boas lembranças de SET 2002. T-45C 140 -151 -158. Carrier Quals off Jacksonville coast.

  8. 04/05/2017  21:42 by claudio quadros Responder

    opa este porta aviões sera vem de graça podia pedir doações ajuda marinha Brasileira

  9. 04/05/2017  19:35 by BrunoFN Responder

    Alguma classe Ticonderoga disponivel ?

  10. 04/05/2017  19:23 by Tomcat3.7 Responder

    No lixão é sacanagem!!!rs Valeu pela resposta.

  11. 04/05/2017  16:31 by FERNANDO Responder

    Putz,
    do jeito que a MB está, qualquer um serve!
    Este USNS Wrights, bem, não sei a parte interna, mas, apenas a foto, da sim para MB operar.

    • 04/05/2017  16:33 by Luiz Padilha Responder

      O irmão dele ainda está no serviço ativo, mas ele por ter sido o primeiro deve estar desgastado.

  12. 04/05/2017  16:15 by Tomcat3.7 Responder

    Padilha estou indo para Guarapari e sempre dou uma passada no porto de Vitória para ver os navios com meus filhos(sou de BH). Vc sabe se entre os dias 09/05 e 13/05 algum navio da MB passará pelo porto de Vitória????

    • 04/05/2017  16:33 by Luiz Padilha Responder

      Infelizmente não sei te dizer. Fico devendo.

  13. 04/05/2017  16:08 by Tomcat3.7 Responder

    Padilha vem boas noticias por ae ,talvez algum navio usado a caminho hein hein hein ?????rs

    • 04/05/2017  16:34 by Luiz Padilha Responder

      É só passar lá no LIXÃO e trazer. kkkkkkkkkkkkk

Leave a reply

 

Your email address will not be published.