O ministro polonês da Defesa, Mariusz Blaszczak, assinou nesta quarta-feira em Varsóvia a compra do sistema antimísseis americano Patriot por US$ 4,75 bilhões.

A entrega das primeiras baterias está prevista para 2022, informou Blaszczak. “Hoje assinamos um contrato para a entrega de um sistema moderno, testado em vários países, com o qual entramos para o grupo seleto de Estados que possuem uma arma eficaz que garante a segurança”, declarou o ministro.