Nesta última semana o Grupo de Ensaios e Avaliações, integrante da Seção de Projetos Especiais do Comando de Aviação do Exército, finalizou o Programa Estratégico da Aviação do Exército.

Toda a preparação do PROGRAMA foi baseada nas orientações emitidas pelo Estado-Maior do Exército Brasileiro, nas recomendações da Diretoria de Material de Aviação do Exército (DMAvEx) e nas orientações das seções de Doutrina, Logística, Pessoal e Operações do Comando de Aviação do Exército, além de assessoria do Centro de Instrução de Aviação do Exército (CIAvEx), dos Batalhões Operacionais de Aviação do Exército e do Batalhão de Manutenção e Suprimento de Aviação do Exército (BMntSupAvEx).

Inserido no Portfólio estratégico do Exército Brasileiro, o PROGRAMA AVIAÇÃO contempla as ações e planejamentos para a Aviação do Exército Brasileiro até o ano de 2035.

As Ações e Projetos que compõem o Programa são as seguintes:

Ação Complementar de Infraestrutura

Completar a infraestrutura do Sistema Aviação do Exército, construindo, ampliando, reformando e adequando as instalações de modo a concluir o Plano Diretor das Organizações Militares de Aviação.

Ação Complementar de Modernização das Aeronaves Fennec e Super Pantera

Completar o processo de modernização de aeronaves, de modo a estender a vida útil da frota de Esquilo/Fennec e Pantera, visando manter as atuais capacidades de reconhecimento, instrução e emprego geral.

Projeto Modernização do Sistema de Armas do “Fennec AvEx”

A modernização de um sistema de armas para as aeronaves AS550A2 “Fennec AvEx” da Aviação do Exército permitirá incrementar a capacidade de inteligência, reconhecimento armado, vigilância e aquisição de alvos, aprimorando o atual “Sistema Olhos da Águia – SOA”, aumentando o poder dissuasório do Exército Brasileiro.

Projeto Simulador de Voo

A implantação do Centro de Simulação, que segue rígidos critérios de normas internacionais de certificação, visa instalar a estrutura física e lógica dos dispositivos de simulação. O complexo construído exclusivamente para esta atividade na Base de Aviação de Taubaté encontra-se pronto para receber os dispositivos e equipamentos previstos para este Projeto.

O Projeto prevê o desenvolvimento de software e hardware de um “Full Flight Simulator” da aeronave AS365K2 “Super Pantera” e, também, obedece a critérios de certificação conforme normas internacionais reconhecidas.

Projeto Manutenção da Capacidade Operativa das Aeronaves de Manobra

Este Projeto tem por objetivo dotar o Exército de novas aeronaves de médio porte, para substituir as atuais aeronaves de manobra (Cougar e Black Hawk) que estão em fase de obsolescência.

Projeto Ampliação da Capacidade de Transporte Logístico

A aquisição de aeronaves de asa fixa capacitará a Força Terrestre a cumprir missões de Pronta Resposta Estratégica (de forma limitada), Comando e Controle (ligação de comando) e Sustentação Logística, particularmente na faixa de fronteira, apoiando os Pelotões Especiais de Fronteira.

Os Requisitos Operacionais foram definidos pelo Comando de Aviação do Exército e encaminhados ao Estado-Maior do Exército.

Projeto Obtenção da Capacidade de Ataque

Este Projeto tem por objetivo permitir à Força Terrestre aprofundar o combate, apoiar as Forças de Superfície (capacidades operativas Ação Terrestre e Manobra) e atuar sobre alvos compensadores com precisão, letalidade, profundidade e efeitos adequados (capacidade operativa Apoio de Fogo).

A aeronave de ataque possibilitará atuar, ainda, em missões de guerra eletrônica, inteligência, reconhecimento armado, vigilância e aquisição de alvos.

FONTE: Grupo de Ensaios e Avaliações/AvEx

FOTOS: Ilustrativas