Raul Jungmann pediu ao BNDES o desenvolvimento de um modelo de negócios para o estaleiro em Itaguaí (RJ). Lá funciona o ProSub, programa do Ministério da Defesa para a fabricação de quatro submarinos convencionais e um de propulsão nuclear. O primeiro deles deve ficar pronto em julho de 2018.

A ideia é que toda a estrutura montada (só o prédio principal tem 5 mil m²) seja aproveitada posteriormente para construção de embarcações para exportação. Cada uma delas chega a custar entre € 500 milhões e € 600 milhões.

 

Também há possibilidade de oferecer serviços de manutenção, como uma espécie de oficina de submarinos.

FONTE: O Globo

 

21 Comments

 

  1. 30/11/2017  0:10 by Bardini Responder

    A Marinha tem que achar outro fornecedor de maquete...

  2. 29/11/2017  10:25 by _RR_ Responder

    Prezados...

    O problema maior é manter competitividade... Para isso, fora todos os problemas que já conhecemos acerca de legislação e impostos, é necessário no mínimo manter uma frequência de produção para garantir escala e a confiança dos potenciais compradores; isto é, a certeza de que contarão com a logística necessária pelos anos em que terão o vaso operando, além da possibilidade de contar com upgrades na frota para mante-la atualizada. Em outras palavras, deveríamos estar expandindo o programa de submarinos com a aquisição de novos submarinos convencionais, além de já estar desenvolvendo novos sistemas para modelos posteriores e que possam dotar os vasos mais "antigos" ( aí incluso um AIP, que não é nenhum bicho de sete cabeças, principalmente se for um tipo 'Stirling' )... Estamos fazendo isso...? Até agora, pelo que sei, só tá no papel...

    Por tanto, antes de pensar em vender, devemos pensar em manter "a linha" aberta e disponibilizar atualizações para atrair compradores...

  3. 29/11/2017  0:54 by Topol Responder

    Não acredito em mais nada nesse país... absolutamente nada. Vamos nos tornar uma colônia de fato e seremos explorados até o tutano de nossos ossos com o consentimento dos governantes que legislam para interesses externos ao invés de traçar um plano de nação que eleve as condições de vida do povo. É exatamente isso que está traçado e está sendo colocado em prática, não é demagogia amigos, vai piorar muito mais ainda, acreditem...

    Exportar submarinos, que piada... até parece que o patrão vai deixar

  4. 28/11/2017  22:23 by Gilbert Responder

    É fazer isso e já já vão querer privatizar assim como já tem gente querendo privatizar o nosso novo Satélite Geo Estacionário

  5. 28/11/2017  21:09 by Teropode Responder

    Primeiro as idéias , depois os projetos , as encomendas e por fim os financiamentos e a produção , não vejo o Brasil nesta Enterprise. ,já será uma vitória conseguir operar o Subnucle e os quatro convencionais ,o que poderia dar errado ? Lambança política e convulsão social .

  6. 28/11/2017  20:44 by Galitto Responder

    Tentando não ser repetitivo em relação aos comentários dos nossos amigos, mas País que não tem planejamento de longo prazo, não funciona é simples assim. País que vive sempre apagando os incêndios por esses ou aqueles motivos, criando gabinetes de crise para isso ou aquilo não vai para frente.
    Não existe uma política de " continuidade " do que foi iniciado em sua grande maioria.
    No meu simples modo de pensar, só existe uma forma de começarmos a resolver " todos " os nossos problemas, investir realmente no que importa - EDUCAÇÃO DE QUALIDADE é isso que vai resolver todos os nossos problemas, é simples assim. O Resto é papo de políticos demagogos como esse aí do texto.

  7. 28/11/2017  20:03 by César Pereira Responder

    Certamente isso é mais uma das muitas falácias,que já estamos cansados de ouvir, na época da produção dos IKL em nosso país .também chegaram a ventilar algo parecido ! Mas era tudo falácia !

  8. 28/11/2017  19:47 by João Rodrigues Responder

    Não sei por que dão atenção para o que esse jose esposito escreve. Claramente um lunático amargurado por não viver uma uma ditadura vermelha.

  9. 28/11/2017  18:33 by Wolfpack Responder

    O snorkel levou a pique o San Juan, uma fraqueza dos sistemas diesel eletrico. Para aqueles que gostam de meter o pau na Marinha e eu sou um deles no caso da Tamandares, mas os sub nucleares são fundamentais em mar grosso como do Atlantico sul.

  10. 28/11/2017  18:02 by Alex Rocha Responder

    Fabio, o numero que se divulga dos submarinos a serem construídos é de 05, sendo 04 convencionais e 01 nuclear com entrega para 2022 se tudo der certo. Me corrijam os entusiastas .. Quando a quantidade de você comparar a Alemanha ao Brasil isso é um tremendo desparate, nossa faixa territorial é muito maior do que a deles e isto por si só já demonstra que precisamos de muitos mais meios, neste caso o dobro ou triplo da quantidade que estamos produzindo para manter nosso litoral livre de ameaças. Pra eles talvez esteja bom, mas não para nós. Outro detalhe é que a quantidade de submarinos disponíveis para missão e ação não é a quantidade total de navios em nosso inventário. Se tivermos que seja 05 ou 09 ou mesmo 20, nem todos vão estar operacionais ao mesmo tempo, isso é fato. Quanto a reportagem acho válida a proposta, mas primeiro acho que o governo deveria valorizar nossas deficiências e depois exportar quando já tivermos meios suficientes disponíveis. Abraço a todos.

  11. 28/11/2017  17:40 by Cacio Responder

    Capacidade e mentes para isso temos.
    O problema é que partimos de projetos soltos, que dependem da cabeça de cada político que está a frente da Nação. Não temos um planejamento de longo prazo.
    Se o foco for se tornar um fornecedor de submarinos, conseguiremos sim... A depender de que isso faça parte do nosso projeto de nação e não do projeto de um governo. Ainda mais desse, que demonstra sua subserviência a todas as outras nações influentes.

  12. 28/11/2017  17:39 by Bardini Responder

    Teremos a base de submarinos mais moderna do mundo??? E em um ano???
    .
    Sabe de nada, inocente...

  13. 28/11/2017  15:59 by Cleber Responder

    Querer é uma coisa .... poder é outra , como os colegas citaram acima , deve haver preço competitivo , financiamentos etc... etc...

  14. 28/11/2017  15:43 by Fabio Responder

    Acho que alguns que comentam aqui, deveriam pesquisar mais...teremos um total 9 Submarino, numero mais que suficiente para o cenário que a Marinha atua...em no máximo um ano teremos a base de submarino mais moderna do mundo. Só para cita um exemplo a Alemanha que e uma potencia militar tem na ativa atualmente 5 submarino...Dificil não e ter, e sim manter.

  15. 28/11/2017  15:28 by Johan Responder

    O Inferno está cheio de boas intenções e, por que não, idéias. Esta estória de virar exportador de alta tecnologia já ouço desde a época que eu era criança. A Embraer não é regra, ela é exceção. Tudo que é do governo não passa de um antro de corrupção. Já ouvir cada coisa do que rola dentro de sucursais que dá até nojo. Não é complexo de vira-lata é ser realista.
    Pode até dar certo, mas para isto teria que tirar das mãos podres destes governos que não me representam.

  16. 28/11/2017  15:11 by FERNANDO Responder

    Concordo com tudo que foi escrito acima.

  17. 28/11/2017  14:38 by Ale Responder

    O que seria não ser colonizado ? e ser membro de um exercito Venezuelano ou Cubano por exemplo e ser membro de uma elite "socialista " cheio de beneces privilegios e garantias de que basta manter Ditador de plantão no poder com muito chumbo e sangue e gozarão do melhor que o estado detem ou seja è ver de camarote o povo vivendo o socialismo comendo ração enquanto a elite fardada vive um capitalismo estatal cheio de privilègios e beneces .
    Nossos FFAA merecem todo RESPEITO . por que se quisesem este tal MEIO DE VIDA .. era so apoiar um lunatico teorico qualquer e subir para o degral da alta sociedade Socialista .. como na Venezuelae Cuba que sim ser militar socialista é meio de vida ...

  18. 28/11/2017  13:26 by romario Responder

    Esse tipo de noticia é para nos distrair e nos manter esperançosos no andamento do PROSUB, mas eles talvez não terminem nem os quatro convencionais que estão em construção.

  19. 28/11/2017  13:25 by André Responder

    Um submarino é um dos objeto mais complexos a ser construído, pelo seu número de peças e projeto e o outro reclamando de ficar com 4/5 de algo, sendo que até hoje temos 100% de nada e ainda estamos apreendendo a fazer. Sempre o complexo de vira-lata e a baixa estima das pessoas...que não tem a humildade de uma Embraer que aprendeu a fazer aviões a Jato com a Itália com o avião AMX e hoje é terceira maior fabricante de jatos do mundo.

  20. 28/11/2017  13:15 by jefferson Responder

    os estaleiros não sei se estão a 100% terminados mas se não estiver não da para fazer isso faltaria estrutura

  21. 28/11/2017  11:59 by Gabriel OLiveira Responder

    Uma excelente ideia,mas é preciso ponderar alguns aspectos:
    1-Tem mercado?...(Possíveis compradores até mesmo aqui no cone sul,me veio um nome de um país a cabeça e creio que esse país se interessaria se fosse o caso.);
    2-O preço é competitivo internacionalmente?..(Isto é desconheço o valor médio de um submarino,mas acredito que se for para desenvolvermos um produto tem que ser competitivo internacionalmente);
    3-Temos um projeto próprio?... para uma classe nossa de submarinos(dado que o projeto atual tem parceria com os franceses,se fosse o caso partindo da premissa que se utilizaria o projeto atual teriamos que pagar royalties.

  22. 28/11/2017  11:33 by jose luiz esposito Responder

    Bom aparentemente seria uma Boa Ideia , mas é de preocupar , pois dar entender que a nossa Defesa continuará Precária , ficando no caso com estes 4/5 Submarinos . Como Previa , continuaremos com a Nossa Defesa submetida a vontade do Tiozinho do Norte , construir Submarinos em quantidades necessárias para a nossa Defesa autonoma , com esta Republiqueta e estes políticos Venais e Vagabundos , ficará em apenas Sonho !!
    Nossas próprias FFAA querem mesmo se Submeter a eles , são Colonizados de Pai e Mãe , fazem da Profissão Militar apenas um MEIO DE VIDA !!

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.