Boeing Saab T-X Foto John Parker

A Saab recebeu um pedido da Boeing para a fase de Desenvolvimento de Engenharia e Manufatura (EMD) para o Avião Avançado de Treinamento de Piloto, T-X. O valor deste pedido é de aproximadamente MURD 117.6. O pedido será executado até 2022.



A Saab e a Boeing foram selecionadas pela Força Aérea dos EUA em 27 de setembro para o programa T-X, uma nova era na parceria entre a Saab e a Boeing. O programa T-X é dividido em várias fases. Este pedido diz respeito à primeira fase, EMD, na qual a Saab e a Boeing industrializam a aeronave T-X junto com o cliente.

O EMD inclui testes, certificação de voo militar dos EUA e entrega de cinco jatos. A fase EMD será seguida por uma fase de produção em série. “Esta ordem é um passo empolgante para toda uma nova era quando se trata de jatos de treinamento. Ele estabelece as bases para o nosso trabalho conjunto por muitos anos. Estamos ansiosos para dar os próximos passos juntos com a Boeing”, disse Håkan Buskhe, Presidente e CEO da Saab.

A Saab e a Boeing desenvolveram as aeronaves T-X juntas. A Saab é uma parceira de compartilhamento de risco com a Boeing no desenvolvimento. A Boeing é a contratada principal designada para a aquisição do sistema de treinamento de pilotos avançados pela Força Aérea dos EUA.

FONTE: Saab

TRADUÇÃO E ADAPTAÇÃO: DAN



 

1 Comment

 

  1. 19/10/2018  14:46 by Paulo Guerreiro Responder

    Eu sempre defendi que a Força Aerea Brasileira deveria sim criar um programa de substtuiçao dos AMX-A1 por uma aeronave Lift como o M-346 por exemplo para fazer treinamento avançado e ataque.

    varias paises fazem isso, mas aqui estamos atrasados de novo e ha quem defenda o contrario que nao precisamos que o A-29 faz milagres e é melhor que um jato bla bla bla

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.