Por  Leith Aboufadel

BEIRUTE, LÍBANO – Um avião de caça russo Su-35S supostamente interceptou uma aeronave de combate F-22 Raptor dos EUA na Síria, informou o Defence-Blog.com. O relatório do Defense Blog cita uma foto do Instagram de um piloto russo não oficial, onde mostrava o momento em que o F-22 Raptor teria sido interceptado pelo russo Su-35S.



“Fotografias feitas pelo sistema infravermelho de busca e controle de fogo do russo Su-35S mostram no espectro infravermelho (SIC) um caça F-22 Raptor sobrevoando a Síria”, informou o Blog de Defesa. Nenhum detalhe adicional foi divulgado. Nem a Coalizão dos EUA nem o Ministério da Defesa da Rússia informaram sobre qualquer evento desse tipo ocorrido nos céus da Síria.

FONTE:almasdarnews


 

32 Comments

 

  1. 25/09/2018  16:20 by _RR_ Responder

    Prezados,

    Creio ser difícil ter sido uma interceptação "clássica"... Nesse caso, provavelmente o 'Flanker' estava em PAC sobre uma área sensível ou em missão de escolta a um pacote de ataque na área, sendo provavelmente vetorado por algum agente externo ( improvável que o IRST tenha sido o único elemento aí, considerando o alcance limitado e a necessidade de condições externas favoráveis para o melhor desempenho ), que pode ter sido até alguma outra aeronave que tenha travado contato visual. E o que mais importa nessa questão é que, supondo ser tudo verídico, então mais uma vez um 'Raptor' é flagrado voando diretamente sobre território controlado por russos operando seu melhor equipamento, e estes aparentemente se mostram incapazes de coibir esses voos... E aí me vem a pergunta: quantas outras missões já passaram despercebidas...?

  2. 25/09/2018  9:28 by Ítalo souza Responder

    ALR94 no funciona 100%, necessita de algo que só os russos tem em espaço aéreo sírio, que são vetores de confirmação, um sistema normalmente funciona a base de outro.

    Significa que se o raptor foi pego pelo sistema do Su35 é porque ele no sabia totalmente da presença do Su35, já que você deixar uma aeronave com vários equipamentos de medição e gravação se aproximar de seu trunfo aéreo, é o mesmo que dá de bandeja a forma como derrubar o raptor sem precisar se aproximar.

    Estratégias militares envolve muito a questão de manter segredo até de equipamentos obsoletos, se acham tanto que os russos no tem capacidade de fazer um stealth porque ficam mostrando seu equipamento ? É para ensinar como fazer um ? Or porque já no existe segredo.

  3. 25/09/2018  5:27 by Marcelo Rios Responder

    Vocês sabem que sempre que um avião russo decola, a Rússia informa os EUA dando indicações sobre posição e rota, e que quando um avião dos EUA decola, eles informam os russos dando essas mesmas indicações, certo? Isso significa que a Rússia e os EUA sabem, com um certo nível de precisão, quantas aeronaves cada um tem no ar e que rota essas aeronaves estão seguindo num determinado momento. Por isso, sendo stealth ou não, os russos sabem "mais ou menos" onde um F-15, um F-16 ou um F-22 está num determinado momento, o que facilita "ir lá e dar uma olhadinha". O objetivo dessa comunicação é evitar "maus entendidos e encontrões" no ar.

    • 25/09/2018  9:56 by Flanker Responder

      É por aí mesmo....não foge muito disso, não. De resto, nenhuma aeronave stealth é invisível e sim, discreta. De muito difícil detecção. Rússia e EUA não estão em guerra. Como o colega falou, as rotas e posições das aeronaves dos dois países são mais ou menos conhecidas. Numa situação de guerra declarada, aberta, no vale tudo mesmo, seria possível um radar russo detectar uma aeronave furtiva dos EUA? Depende de muitos fatores.....muitos mesmo. Às vezes poderia....às vezes não. Agora, querem afirmar, com a imagem acima, que um F-22 foi enquadrado? A imagem de prova é a mostrada acima? Se é isso mesmo, eu próprio poderia criar uma imagem como a acima com a aeronave que eu quisesse enquadrada ali....

  4. 24/09/2018  23:32 by Topol Responder

    Os radares NEBO-M da Rússia conseguem detectar qualquer aeronave stealth, o operador da a posição para o piloto do SU-35 que inicia sua busca usando seu poderoso sensor passivo... lógico que o F-22 também poderia "ver " o sukhoi se aproximando mas aí é que eu pergunto: E se fosse outro stealth ? O F-22 sem IRST estaria em clara desvantagem... quando ele foi concebido foi projetado sem IRST pois por ser o unico stealth do mundo ele não precisava de um, mas agora a coisa está diferente.

  5. 24/09/2018  23:08 by Messia Responder

    Pessoas gostam de sangue
    Não vejo ninguém discutindo do quanto é gasto em guerras e em pegar essa grana toda e alimentar milhões de famintos mundo afora, gostaria de ler escrito falando do quão agradável é viver em um mundo de paz.

  6. 24/09/2018  21:39 by ciceropavei Responder

    Rússia deveria ter metido fogo nesse caça americano pra descontar o que fizeram com o avião Russo na semana passada

    • 25/09/2018  4:58 by HU3BR247 Responder

      na verdade foram os próprios sírios por causa dos israelenses, os israelenses avisaram que iam atacar mas isso foi muito em cima da hora pq segundo os russos foi com apenas 1 minuto de antecedência e isso resultou no il-20 abatido junto com seus 13 tripulantes se não me falha a memória isso aconteceu pq os russos alertaram os sírios (que devido a situação já era de se esperar que) que ativaram os seus sistemas de defesa antiaéreas e viram que o radar detectou uma aeronave e dispararam só que esse avião não era um f-16 israelense e sim o il-20 e deu essa merda (normalmente se um país ataca ele quer ter certeza que irá atacar apenas os alvos declarados, por emplo quando os EUA vão atacar tropas sírias eles entram em contato com a Rússia para ter certeza que não tem tropas russas na região, se não tiver eles tem luz verde, agora se tiver alguma tropa eles deixam de atacar para não ter problemas com relação a diplomacia)

    • 25/09/2018  8:22 by jairo emerson schmitt de carvalho Responder

      Você não entende nada de estratégia. Quem derrubou o avião russo foram os sírios. É quais seriam as consequências de um ataque direto de um piloto russo a um avião americano? Eles irão jogar a babá é na sua cabeça.

  7. 24/09/2018  19:31 by Roberto da Silva Rocha Responder

    Antes de completar as exportações de pelo menos uns 1000 F15 ninguém vai ver outra ave derrubar ou danificar outros Adir. Aceito apostas acima de US$ 100

  8. 24/09/2018  19:19 by Roberto da Silva Rocha Responder

    E antes de lancar o AIM, com alcance de 160km ele tem que se aproximar no mínimo 150 km por causa do envelope do míssil. Os estrategistas do stealth são tão espertos... Esconde bem, mas para atacar fica exposto e vulnerável, assim, anula a surpresa e se fizer a bobagem de disparar o missil mach 4 a essa distância o missil leva infinitos 3,5 minutos até atingir o Sukhoi. By by tech stealth

    • 24/09/2018  21:13 by HMS TIRELESS Responder

      Você tem certeza disso?

  9. 24/09/2018  18:30 by Andrew Martins Responder

    Antes que alguém diga 'É fake!' Se for verdade ou não acha que algum dos lados vai confirma? rs

  10. 24/09/2018  17:38 by HMS TIRELESS Responder

    Ainda que fosse verdade, e tem tudo para ser mais um fake, esse fato é absolutamente irrelevante visto que antes do F-22 aparecer no IRST do Su-35 o caça russo aparece no ALR-94 do Raptor, lembrando que esse sensor passivo pode alimentar a cabeça de busca do AIM-120

    • 24/09/2018  23:24 by Topol Responder

      Peraí mas uma interceptação não ocorre assim por acaso, algum radar detectou a presença do raptor e o Sukhoi foi orientado para interceptar este contato até se aproximar e enquadrar no seu IRST... sendo assim a pergunta que não quer calar é: O F-22 não teria que ser "invisível" ao radar ?

      • 25/09/2018  7:05 by HMS TIRELESS Responder

        Amigo Topol você acha que o F-22 não sabia da presença do caça russo? Eu acho que não! Ademais a tecnologia stealth não torna o aparelho invisível mas sim retarda a detecção. Quando o aparelho russo apontou o IRST na direção do Raptor o piloto americano já havia detectado o Su-35 antes.

    • 24/09/2018  23:27 by Bolovo Responder

      E como o ALR-94 poderia detectar o Su-35 se supostamente esse enquadrou o F-22 com o IRST, outro sensor passivo, sendo vetorado por terra/ar?
      Há vários cenários possíveis.

      • 24/09/2018  23:46 by HMS TIRELESS Responder

        Primeiro você descobre como funciona o ALR-94 depois a gente conversa.....

        Mas que esses russos são uns comédias eles são...

        • 25/09/2018  9:16 by leleu Responder

          diz ai como funciona, nao mata agente de curiosidade nao, explica o que tem de tao fantastico.

        • 25/09/2018  9:29 by Bolovo Responder

          Eu sei exatamente como o ALR-94 funciona e isso não me contradiz, pelo contrário...

          • 25/09/2018  9:44 by HMS TIRELESS Responder

            Se você sabe como funciona o ALR-94 então certamente sabe que na hora que o IRST do caça russo "pegou" o F-22 o piloto norte-americano já sabia antes da presença do Su-35. Ou seja, muito provavelmente o caça da LM já estaria em vantagem.

            • 25/09/2018  13:21 by Bolovo Responder

              Pelo visto alguém aqui não tá entendendo nada... como um sensor vai captar um IRST, que é um sensor passivo, isto é, que não emite sinais? O ALR-94 deve ser mágico ou então ser movido pela fé.

              • 25/09/2018  18:11 by HMS TIRELESS Responder

                Meu caro Bolo de ovo, nenhuma fé aqui é maior que a sua na invencibilidade e infalibilidade dos russos...

              • 25/09/2018  18:15 by HMS TIRELESS Responder

                Fé maior que a sua na infalibilidade e invencibilidade russa é impossível meu caro bolo de ovo!

              • 25/09/2018  23:51 by Bolovo Responder

                Alias, o onus da prova no caso é seu. Se o F-22 detectou o Su-35, cabe a você provar e no momento apenas enrolou como todos podemos ver. Primeiro falou que eu tenho fé nos russos e depois mandou o Marcelo se calar. Tá bem explicado, viu! Aí de quem questionar esses americanos maravilhosos.

            • 25/09/2018  13:34 by Marcelo Responder

              vc não respondeu a pergunta. ENROLOU. kkkkk
              Eta visão de cavalo de carroça. Fanático quando abre a boca só passa vergonha. Sabe qual a diferença sua pra um Gilberto Resende? Nenhuma. Vcs são exatamente iguais. Kkkkkk

              • 25/09/2018  13:42 by Bolovo Responder

                Pois é. Pra ele o ALR-94 pode captar sinais do IRST, mesmo esse sendo um sensor passivo, isto é, que não emite sinais. É uma contradição...

                • 25/09/2018  18:19 by HMS TIRELESS Responder

                  É meu caro bolo de ovo, como eu afirmei antes sua fé da infalibilidade russa é realmente impressionante. Você realmente acha que mesmo com o radar desligado o Su-35 não está emitindo nada? Impressionante a fé de vocês membros da igreja putinesca...

              • 25/09/2018  18:17 by HMS TIRELESS Responder

                A vergonha é toda sua Marcelo, que perdeu uma excelente oportunidade de ficar calado....

                • 26/09/2018  11:34 by Marcelo Responder

                  verdade, alias coisa que vc deveria fazer tb, pois falou, falou, falou, enrolou, desmereceu os outros como sempre faz, e ainda não explicou e nen respondeu como funciona kkkkkk.Que patético. kkkkkkkkkkkkkk

                • 26/09/2018  11:45 by Marcelo Responder

                  Alias vou te ajudar, pesquisa no google, pede ajuda aos universitários, ou espera alguém responder por vc para depois vc falar que era isso mesmo, esse vai ser meio difícil né, afinal o "mestre bosco" parece que não ta aqui para te guiar.

            • 25/09/2018  23:49 by Bolovo Responder

              HMS Tireless, eu não disse em nenhum momento que os russos são infaliveis ou coisa do tipo, minhas mensagens estão aqui para todos verem. Isso vc está inventando da sua cabeça. Alias, eu me converto para a sua igreja nesse exato momento se vc me explicar como um sistema que detecta sinais detecta um sinal que não existe afinal estamos falando de um sinal PASSIVO.

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.