No último 26 de junho ocorreu o translado do UH-15 Super Cougar N-7101, do 2º Esquadrão de Helicópeteros de Emprego Geral (HU-2) para a empresa Helibrás (Itajubá-MG), com o intuito da realização de serviços de manutenção e implementação de modificações no projeto, refletindo no aumento da segurança no voo e por conseguinte dos nossos pilotos.

Sendo incorporada ao HU-2 no dia 18 de abril de 2011, a N-7101 já cumpriu diversas missões, contribuindo sobremaneira para a formação, não somente dos aviadores navais e de nossas tripulações, como também nas equipes de manutenção e suporte logístico em base.

Esta aeronave é a primeira de um total de 16 aeronaves para a Marinha do Brasil, sendo 08 unidades designadas UH-15 Super Cougar, com capacidade de realizar missões de esclarecimento, Busca e Salvamento (SAR), apoio às Operações Anfíbias e Operações Especiais e 08 unidades designadas UH-15A Super Cougar, com capacidade de realizar, além das missões ditas anteriormente, esclarecimento e ataque em missões de guerra de superfície (ASuW), missões de Combate SAR (C-SAR) e Guerra Eletrônica.

image_pdfimage_print

 

3 Comments

 

  1. 19/01/2014  10:10 by Marcelo Conte de Souza Responder

    O que houve Juarez? Não estou interado dos acontecimentos com essa aeronave.........Até onde sei, parece que retornarão gradativamente para implementação dos aviônicos avançados mas me corrija se estiver errado.
    Abraço

  2. 12/07/2012  11:02 by lince92 Responder

    "realização de serviços de manutenção e implementação de modificações no projeto, refletindo no aumento da segurança no voo e por conseguinte dos nossos pilotos."
    Para uma aeronave que já estava programada para ser restituída à Helibras em 2013, a fim de receber sua configuração final como UH-15 (conforme a MB e a Helibras já anunciaram antes), essa modificação deve ser séria...

  3. 10/07/2012  13:10 by Juarez Responder

    Ahh, acabou a fábula,o sonho, vão tentar consertar algo incorsetavel, que por pouco não matou uma tripulação inteira de aviadores navais. Lixo inserviviel. caro e inoperavel....

    Grande abraço

Leave a reply

 

Your email address will not be published.