O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, reiterou nesta terça-feira em Tóquio o compromisso do seu país em garantir a segurança do Japão face à Coreia do Norte, que ameaça realizar um teste nuclear “por semana”.

“Os Estados Unidos continuarão a enviar mais recursos militares e mais avançados para a região nos próximos anos e, podem ter a certeza, toda a gama das capacidades militares dos Estados Unidos é dedicada à proteção do Japão. O Japão é nosso amigo, nosso aliado”.

A “aliança entre Estados Unidos e Japão é a pedra angular da paz e da segurança no nordeste da Ásia”, declarou Mike Pence num encontro com o primeiro-ministro, Shinzo Abe.

Pence desembarcou em Tóquio após uma visita à Coreia do Sul, para abordar o tema da tensão com a Coreia do Norte que intensificou os testes de mísseis em março e abril, decididos pelo dirigente norte-coreano Kim Jong-Un.

Em total desafio às pressões internacionais e às resoluções da ONU, a Coreia do Norte tentou no domingo, sem sucesso, lançar um novo míssil. Neste cenário, o vice-ministro norte-coreano das Relações Exteriores, Han Song-Ryol, deu a entender que Pyongyang espera acelerar o ritmo de seus lançamentos balísticos. A Coreia do Norte poderia antecipar-se à possibilidade de um ataque americano e atingir a Coreia do Sul ou o Japão.

Washington teme que o regime esteja à beira de concluir a construção de um míssil com uma ogiva nuclear que permita atingir o território americano.

FONTE: Euronews