O Porta-Helicópteros Multipropósito (PHM) “Atlântico”, novo navio capitânia da Marinha, tem em sua tripulação uma representante feminina. A Marinha do Brasil foi a primeira Força a inserir a mulher em suas fileiras com a criação do Quadro Auxiliar em 1980. A chefe do Departamento de Medicina do Atlântico, a Capitão de Corveta (CD) Marcia Freitas, é mais um exemplo da inserção da mulher na Marinha Brasileira.



Ela é a única mulher da tripulação e exerce uma função de alta confiança. “Não é um lugar fácil, principalmente quando você é única mulher. Mas eu me sinto muito a vontade a bordo. Em nenhum momento me sinto discriminada ou algo parecido, pelo contrário, tudo que eu posso fazer, sempre que posso ajudar as pessoas, eu faço”, destacou.

A Marinha do Brasil dedicou o dia 7 de julho, especialmente, para comemorar o dia da incorporação da mulher na Força. “Estar participando dessa tripulação como única mulher é muito importante e enriquecedor para mim”, ressaltou a Comandante Marcia Freitas.



 

9 Comments

 

  1. 13/07/2018  12:05 by Alexandre Nunes Responder

    Muito legal esta matéria, mas ainda é muito tímido a presença feminina em nossas belonaves , e normalmente no âmbito da marinha apenas oficiais femininas ainda falta muito o próprio PHM, enquanto nau inglesa possuía mulheres praças em várias atividades, mas estamos no caminho certo Parabéns comandante Marcia.

  2. 12/07/2018  22:32 by Andre Responder

    Quando o Atlântico era Ocean tinham várias mulheres. Espero que quando o navio vier já tenha uma equipe feminina para guarnecê-lo também. Reparei uma mulher na formatura de embarque no navio na cerimônia de mostra de armamento, que deve ser ela!

    • 13/07/2018  8:05 by Luiz Padilha Responder

      Sim André. Neste momento a CC Márcia é a dentista do navio junto com outro dentista. Essa abordagem fará parte de minha matéria que aí da irei publicar.

  3. 12/07/2018  11:17 by Rafael Responder

    Prezado Padilha, essa foto é no hospital do Atlântico??

    • 12/07/2018  11:56 by Luiz Padilha Responder

      Ela é uma dentista. Onde a foto foi feita eu não sei. Em breve trarei as imagens do interior do navio.

  4. 12/07/2018  10:32 by jorge afonso martinez Responder

    Vc deve trabalhar num navio para turismo então!? Onde as pessoas se conhecem se divertem,namoram e casam . Um navio da marinha é feito para combate e/ou outras missões A SERVIÇO de um país. Tripulado por militares profissionais,que pensam única e esclusivamente no serviço de forma a bem cumprirem as missões recebidas,retornar a suas bases e aí sim...se dedicarem a suas
    famílias e outras pessoas ou coisas de suas afinidades!
    Parabéns pela conquista e reconhecimento de seu trabalho a Cap dra Márcia! Certamente seu trabalho será muito importante aos companheiros que iria compor a tripulação do PHM Atlântico.
    Prezado ECosta...acho que a sua pergunta nem caberia,para o caso. Tem hora e lugar para tudo! minha opinião! Saudações.

    • 13/07/2018  10:51 by ecosta Responder

      Apenas esclarecendo.
      Não tive nenhuma má intenção. Tenho respeito pelos militares e mulheres.
      Saudações.

  5. 12/07/2018  9:36 by ECosta Responder

    O namoro é permitido em um navio da marinha ?
    Imagino que se sim deve melhorar muito a condição de vida no mar.
    Trabalho em uma empresa privada grande e vejo muitos casais se conhecendo e até se casando.

    • 12/07/2018  10:57 by Luiz Padilha Responder

      Na MB isso não é permitido. Em outras Marinhas pode até acontecer mas é feito de forma discreta.

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.