UPS-Hetman-Sagaidachny-with-its-Ka-27-Helix-Helicopter-overhead

Por Guilherme Wiltgen

Segundo o Izvestia daily informou no dia 01.03, a fragata Hetman Sahaidachny (U 130), Navio Capitânia da Esquadra ucraniana, teria se negado a obedecer as ordens de Kiev e estaria navegando sob a bandeira da Marinha russa.

Tal informação partiu do senador da câmara alta do parlamento russo, Igor Morozov, que declarou: “A Ucrânia praticamente não tem uma Marinha. O navio capitânia da Ucrânia, a Hetman Sahaydachniy, passou para o nosso lado. Eles hastearam a bandeira de Santo André”, passando desta forma a obedecer as ordens do comandante-em-chefe das Forças Armadas Ucranianas, o presidente deposto Viktor Yanukovych, afirmou o senador russo.

Segundo outra matéria publicada no Macedonian Intl News Agency (MINA), Kiev teria solicitado a Turquia que não permitisse a passagem do navio pelo Estreito de Bósforo, creditando a declaração ao primeiro-ministro Arseniy Yatsenyuk, feita ao Kiev Times. Já o Kyiv Post informou que a fragata era esperada para realizar a passagem no fim da tarde do dia 04.03, segundo informações do Cônsul da Ucrânia em Istambul, Hryhoriy Boiko, e que segundo ele, toda tripulação do navio jurou fidelidade à Ucrânia.

Passando pelo Bósforo

Hetman Sahaidachny

Conforme postado hoje no site Bosphorus Naval News, podemos observar que a fragata Hetman Sahaidachny (U 130) passou pelo Bósforo com a bandeira da Ucrânia hasteada, em direção ao Mar Negro.

Hetman Sahaidachny_01