aviação agricola

A menos de duas semanas do início do maior evento do setor na América Latina, o Congresso Nacional de Aviação Agrícola (Congresso Sindag) 2016 começa a tomar forma no Aeroporto Municipal Tancredo Neves, em Botucatu, a cerca de 200 quilômetros da capital paulista.

Serão cerca 3,4 mil metros quadrados de área coberta, que abrigarão os mais de 40 estandes da mostra de tecnologias e equipamentos, o auditório para 800 pessoas e a praça de alimentação.

A promoção é do Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (Sindag) e serão três dias de programação: do dia 22, uma quarta-feira, e vai até a sexta, 24 de junho. O Congresso vai reunir pesquisadores, técnicos, empresários e pilotos, além de representantes de órgãos como Ministérios da Agricultura e do Trabalho, Ibama, Anvisa, Anac e outros.

Além dos debates sobre políticas e demandas do setor, o evento terá 13 palestras técnicas focando em temas que vão desde o programa de Certificação Aeroagrícola Sustentável (CAS), pesquisas sobre tecnologias de aplicação (parceria SINDAG/EMBRAPA), segurança operacional e qualificação de gestores, entre outros. Destaque também para o intercâmbio com os Estados Unidos – maior mercado aeroagrícola do mundo, que pela primeira vez terá representantes da National Agricultural Aviation Association participando das palestras e reuniões.

Veja abaixo o vídeo feito no Congresso Sindag de 2015, que ocorreu na Bahia.

APRESENTAÇÕES

Como ocorre anualmente, outro ponto forte em Botucatu será a presença de fabricantes de aviões. Do Brasil, a Embraer, que domina 60% do marcado nacional e cuja fábrica fica ao lado do local do evento deste ano. Dos Estados Unidos vem a Air Tractor, cujo presidente Jim Hirsh vem todos os anos do Texas para o evento brasileiro.

Claro, sem falar nas demonstrações de pulverizações aéreas e simulações de alijamentos para combate a incêndios florestais (no vídeo indicado acima, são as imagens em que os aviões aparecem despejando água de uma vez, “pela barriga”).

A programação com Congresso Sindag terá ainda um show de acrobacias aéreas, na tarde do seu último dia.

NÚMEROS

A aviação agrícola brasileira existe desde 1947 (o primeiro voo foi em pelotas/RS) e é considera hoje uma das melhores do mundo. A frota nacional é a segunda maior do planeta – atrás apenas dos Estados Unidos. O Brasil tem pouco mais de 2 mil aviões e São Paulo tem a terceira maior frota do País, com 287 aviões – atrás do MT (467) e do RS (420). Em número de empresas aeroagrícolas, os paulistas estão em segundo, com 38 empresas – atrás do RS, que tem 82.

Curiosidade: Apesar de ter a maior frota de aviões, o Mato Grosso está em 5º em número de empresas porque lá há muitos fazendeiros que têm suas próprias aeronaves.

INFORMAÇÕES: www.congressosindag.com.br

 

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.