Com sua construção iniciada em 29 de abril de 2016 no estaleiro Navantia de San Fernando, na Baía de Cádiz, o BAM Audaz, quinto navio de patrulha offshore, BAM (Buque de Acción Marítima), será lançado em breve para a Armada Espanhola. Em seguida será a vez do BAM Furor, cuja montagem começou simultaneamente em outro estaleiro Navantia, em Ferrol.

Ambos os navios se juntarão no próximo ano na Armada Espanhola, que recebeu seu primeiro de quatro BAM (Meteor, Rayo, Tornado e Relámpago) em 2011 e 2012.

Ordenado na Primavera de 2015 por 333,5 milhões de euros, o quinto e o sexto BAM irão integrar várias melhorias, nomeadamente em termos de proteção do ambiente. Respondendo aos mais recentes desenvolvimentos da Convenção MARPOL, eles terão novos motores e uma estação de tratamento de águas residuais. A Navantia também planeja reduzir o peso total dos novos navios patrulha, o que se traduz em economia de combustível e aumentar a capacidade de passageiros.

TRADUÇÃO E ADAPTAÇÃO: DAN

FONTE: Mer et Marine

FOTOS: Navantia

image_pdfimage_print

 

4 Comments

 

  1. 17/03/2017  18:40 by Beto Santos

    Gostaria de saber quais as diferenças entre este navio patrulha e o projeto do nosso Tamandaré que dizem que é mais caro que os outros projetos e menos recursos tecnológicos, abraços.

  2. 17/03/2017  22:29 by Rommelqe

    Entendi que esses dois novos BAM empregam chapas de aluminio em boa parte da superestrutura. Seria uma liga AA2025. Alguem sabe se é isso mesmo.?

  3. 19/03/2017  16:09 by Olisipo

    Según la descripción técnica del BAM "su casco y superestructura están construdo de acero de alto límite elástico (AH-36)"

  4. 21/03/2017  0:03 by Bardini

    Essas duas últimas unidades são mais caras devido sua função. Vão atuar também como navio de pesquisa.

Leave a reply

 

Your email address will not be published.