O submarino INS Chakra, produzido pela Rússia, é o único submarino nuclear operacional da marinha da Índia. O submarino INS Arihant, pronto para se tornar o segundo submarino nuclear indiano, passou nos testes, mas ainda está esperando aprovação final da Marinha indiana.

O submarino nuclear russo arrendado pela Marinha da Índia foi danificado seriamente em um acidente e está parado faz um mês. De acordo com a mídia indiana The Print, o submarino está atualmente no seu porto de origem de Visakhapatnam para reparações.

A Sputnik Internacional queria verificar o nível de dano que sofreu o submarino, mas as autoridades navais não adiantaram nenhum detalhe significativo, apesar de numerosas tentativas dos jornalistas.

No entanto, segundo algumas fontes, a cúpula do sonar foi danificada quando o navio estava navegando ao largo da costa de Visakhapatnam ou quando ele estava entrando num canal estreito de acesso ao porto.

“O tempo necessário para repará-la [cúpula do sonar] dependerá do nível de danos. Precisamos esperar pelo comunicado oficial. Mas sim, quando o submarino fica danificado, é um assunto sensível”, disse Abhay K Singh, pesquisador do Centro de Assuntos Militares no Instituto de Estudos e Análises de Defesa em Nova Deli.

A Marinha da Índia introduziu oficialmente o submarino nuclear na sua frota em abril de 2012, alugando-o à Rússia por 10 anos por aproximadamente $ 900 milhões (R$ 2,8 bilhões).

FONTE: Sputnik

image_pdfimage_print

 

3 Comments

 

  1. 04/10/2017  16:51 by Dalton Responder

    A tradução que fiz é que o submarino encontra-se parado há um mês, não que deverá ficar parado por um mês para
    consertos...estes deverão durar bem mais tempo.

  2. 04/10/2017  16:23 by Dalton Responder

    Entendo que o submarino em questão que só teve sua construção completada graças ao interesse da Índia em pagar por ele,
    é destinado ao treinamento de pessoal e criar toda uma doutrina. O "leasing" acaba sendo bem mais em conta do que uma
    compra se é que é possível ou permitido comprar por conta de Tratados tanto que aparentemente uma cláusula do "leasing" seria de que o submarino não poderia ser usado em caso de guerra.
    .
    Quanto aos "ingleses", eles não estão "alugando" aviões americanos... o F-35B e sim que essas aeronaves do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA irão embarcar a bordo do NAe britânico em operações conjuntas até que aeronaves similares em construção para o Reino Unido estejam prontas e devidamente certificadas.

  3. 04/10/2017  15:07 by Samuca Responder

    Coisa estranha essa de um país 'alugar' hardware militar de outro país. No caso dos ingleses alugarem aviões americanos pro seu novo porta-aviões é porque não tinham grana mesmo...mas, e essa da Índia? Por que ela simplesmente não compra os submarinos? Porque não tem certeza da eficiência deles e esses 10 anos seriam uma espécie de período de 'test drive'?

Leave a reply

 

Your email address will not be published.