USS America_01

Por Guilherme Wiltgen

A US Navy vai comissionar o seu mais novo navio de assalto anfíbio, o USS America (LHA 6), hoje durante uma cerimônia em San Francisco, na California, que será presidida pelo Secretário da Marinha, Ray Mabus, e caberá a Sra. Lynne Pace, esposa do General reformado do USMC Peter Pace, de manter a tradição da Marinha americana de ordenar o embarque dos tripulantes para trazer o navio a vida.

O América é o primeiro navio da sua classe e se destina a substituir os navios da classe Tarawa, sendo esta a próxima geração de navios anfíbios com “big-deck”, totalmente otimizados para as operações aéreas, o que o capacita a operar com as atuais e futuras aeronaves da US Navy e USMC, como o Tiltrotor MV-22 Osprey, helicópteros CH-53E Super Stallion, UH-1Y Venon, AH-1Z Viper e MH-60S knighthawk, e com os caças V/STOL (Vertical or Short Takeoff and Landing) AV-8B Harrier II e F-35B Lightning II.

USS America

A cerimônia será transmitida ao vivo a partir das 10hs no horário do pacífico (14hs no horário de Brasília) e poderá ser acompanhada no site da US Navy acessando este link: http://navylive.dodlive.mil/2014/10/11/uss-america-lha-6-commissioning-ceremony/

Em sua viagem denominada “America visita as Américas”, que iniciou em Pascagoula (Costa leste) e terminou em San Francisco (Costa oeste), o USS America visitou a Naval Station Guantanamo Bay, em Cuba, Colômbia, Brasil, Chile e Peru.

USS America

“BELLO VEL PACE PARATUS”
(Preparado para a Guerra ou para a Paz)

LEIA MAIS:

USS America (LHA 6): Media Day

PASSEX USS ‘America’ com a Marinha do Brasil: Fase Naval

Belas imagens do Cross Deck das aeronaves da Marinha do Brasil no USS ‘America’

Aviação Naval realiza cross deck no USS ‘America’ e BAeNSPA recebe os MV-22 Osprey

Vídeo da chegada do USS ‘America’ (LHA-6) ao Rio de Janeiro

USS ‘América’ LHA-6 – Chega ao Rio o mais novo navio da US Navy

USS ‘America’ visita o Rio de Janeiro – Navio é um dos mais novos da Marinha dos EUA

Marines vão fazer tour pela América do Sul a bordo do USS ‘América’ LHA-6

 

 

5 Comments

 

  1. 15/10/2014  11:37 by Dalton Responder

    Marco...

    o navio da marinha da Algéria é tão pequeno que ele é classificado como um LPD e não como um LHD, mas,
    o mais importante é que não há como uma aeronave de asa fixa ainda mais do tamanho de um "tracker" decolar e pousar dele
    nem mesmo há espaço e reserva de peso para se instalar os cabos de retenção e todo o maquinário adjacente abaixo do convôo nem
    espaço no hangar para manutenção, etc.

  2. 14/10/2014  19:21 by Marco Responder

    Para nós mesmo um Mistral seria muitos ovos em uma única cesta, melhor pegar dois Mini-LHD´s de 9.000/10.000 Tons como o da marinha da Algeria.
    Trabalhando "fora da caixa" teremos dois importantes Turbo Hélices Trackers e Traders, no Minas Gerais os Trackers podiam decolar sem auxilio de catapulta.
    Em missões internacionais contra o tipo de alvo com o Estado Islâmico o São Paulo (porta-aviões com catapulta) poderia ter ao lado um "Minas Gerais" LHD com rampa de pequena inclinação e aparelho de parada operando Turbo-Hélices, Helicópteros e Drones, aí não podemos deixar de resgatar a proposta do Super Tucano versão Naval. Um Navio quase completo sem caldeiras e catapultas.

  3. 13/10/2014  20:51 by EMS Responder

    Existem diversos projetos interessantes hoje no mercado de navios de desembarque ou porta-aviões espanhóis, italianos com um preço justo e ótimas qualidades.
    A Austrália que o diga!

  4. 11/10/2014  17:06 by EMS Responder

    Sou muito mais os USS America que o BNS Sao Paulo do Brasil.

    • 13/10/2014  12:06 by pbalexrocha Responder

      Quem não é meu amigo EMS. Quem não é.....

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.