O apresentador José Luiz Datena do programa “Agora É Domingo” da rede Bandeirantes, voou em um caça AF-1C da Marinha do Brasil.



 

11 Comments

 

  1. 21/11/2018  10:53 by Dalton Responder

    Quando o Datena sobrevoou a Base Naval do RJ deu para notar um navio que aparentemente trata-se do venezuelano "Warao"...
    aparentemente a "novela" continua...no mais, experiência inesquecível para o Datena !

    • 21/11/2018  13:03 by Luiz Padilha Responder

      Dalton, o navio era uma corveta classe Inhaúma, não deu pra saber se era a Jaceguai ou a Júlio de Noronha. O Warao já foi embora pra Venezuela faz muito tempo.

      • 24/11/2018  15:01 by Dalton Responder

        Valeu Padilha. !

  2. 20/11/2018  12:36 by Renan Responder

    Faria um seguinte
    Com um lucro para adquirir novas aeronaves
    Cobrava um valor que sustenta toda a logística da operação e manutenção dos equipamentos. Bem como os custos de todos os profissionais envolvidos.
    E faria um novo tipo de turismo.
    Com o São Paulo servindo de hotel.
    E voos de 20 minutos incluso no pacote com os A4.
    A longo prazo o lucro compraria novas aeronaves.
    Seria um turismo para ricos mas trará muito dinheiro a marinha

    • 20/11/2018  12:41 by Luiz Padilha Responder

      Apenas 1 pergunta: Como vc faria para ter voos com o A4 no NAe São Paulo?

      • 20/11/2018  23:26 by BILL27 Responder

        Acho q ele quis dizer q ao inves de fazer um museu ,poderia fazer um hotel ...com o A4 operando da Macega .

        • 21/11/2018  0:05 by Luiz Padilha Responder

          Bom, usar uma aeronave militar para fazer voos de 20 minutos para angariar fundos jamais cobriria seus custos, muito pelo contrário. Enfim,tudo envolve custos e manter um navio no mar mesmo como hotel, teria que haver um estudo profundo para ver a viabilidade econômica deste projeto.

      • 25/11/2018  12:04 by Renan Responder

        Padilha
        O Bill27
        Acertou, o A4 decola a partir de terra.
        Pois será um chamariz para o hotel flutuante.

        Não me lembro em qual site vi
        Mas se não me engano vi que nos EUA tem uma base que você paga uma tacha e pode voar no f18.

        Como vc disse abaixo existem custos, mas um bom engenheiro pode calcular estes custos e a expectativa de público.
        Alguém de marketing pode fazer a propaganda e vender os pacotes mundo a fora.
        Seria um atrativo internacional.

        Muitos no mundo gostariam de se hospedar em um NAE e sobrevoar com uma aeronave de ataque.
        Além do translado de helicóptero.

        Lógico que o retorno do investimento inicial será após uns 5 anos de operação.

        Mas todo negócio tem seu risco.
        Este é mais um ou lucra ou tem prejuízo.

        Qualquer empresário passa por isso no início dos negócios.

        Basta o Brasil formenta a idéia junto a uma parceria Público Privado.

        Abraço

  3. 19/11/2018  20:10 by Sequim Responder

    Ibagens, Ibagens!

  4. 19/11/2018  19:57 by Wolfpack Responder

    A aeronave decolou ou somente taxiou? Voou com payload maximo 😂

  5. 19/11/2018  16:51 by Alex Responder

    Mesmo modernizada, chamar essa aeronave de 'supersônica' - como aparece no gerador de caracteres, chamando o apresentador obeso de 'supersônico' - é evidentemente uma licença poética, kkkkkk

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.