Por Murilo Ramos – Coluna Expresso

O Palácio do Planalto abriu licitação para contratar serviços de comunicação por satélite para duas aeronaves presidenciais: Embraer 190PR e Airbus 319CJ.



O objetivo é permitir que o presidente e assessores consigam se comunicar a qualquer tempo a bordo dos aviões, tanto em território brasileiro quanto no exterior. A Presidência da República prevê gastar até R$ 2,3 milhões com a despesa. Um das exigências da licitação é que a empresa escolhida guarde sigilo sobre todas as informações obtidas em decorrência.

FONTE: ÉPOCA



 

8 Comments

 

  1. 15/05/2018  19:58 by Topol Responder

    O desmonte da nação exige que as comunicações sejam expostas aos "donos do dinheiro" ! Amigos, entendam de uma vez por todas... o Brasil não passa de um território ultramarino dos EUA e nunca mais voltará a ser uma nação independente... escravidão moderna ... e digo mais ainda faltam umas 3 ou 4 empresas importantes para eles que precisam e que serão privatizadas, dentre elas Petrobrás, Correios e não é para daqui a 10 anos não é pra já

  2. 15/05/2018  15:35 by luis Responder

    A licitação é para cobertura global então o territorio brasileiro entra no pacote, mas nada impede de ter como segunda linha de comunicação (canal de backup) a banda dos militares, quando a aeronave estiver no territorio brasileiro, já que o avião presidencial integra o comando das forças armadas brasileiras e pode usar o canal militar do SGDC.

  3. 15/05/2018  13:30 by Renival Oliveira Responder

    Isso tudo é uma vergonha, o povo pagar a construção do satélite; pra que aumenta-se a cobertura da banda larga para todo o território Brasileiro. E ter segurança nas comunicações estratégicas como as militares e do governo; e veja as noticias que não para de aparecer, Isso tem que ir pra mídia e mostrar quem realmente está vendendo para os americanos o controle do SGDC. que foi pago totalmente com dinheiro do povo Brasileiro. e agora querem gastar uma fortuna para atualizar as comunicações via satélite nos aviões presidências. CADÊ O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL??

    • 15/05/2018  20:28 by Ricardo Ribeiro Responder

      o Governo vai licitar alguns dos canais do SGDC para a iniciativa privada nao o satelite inteiro, procure se informar , os canais estratégicos de comunicaçao das forças armadas serão exclusivos do Brasil.

  4. 15/05/2018  12:07 by Rodolfo Responder

    Era para ter, mas o governo atual preferiu privatizar o satélite da Telebrás que cuidaria das comunicações internas, como mencionou o amigo, SGDC.
    Privatizando o que acontece? O governo paga-se por utilizá-lo, e para quem ele vendeu? Para uma multinacional, ou seja, uma empresa estrangeira. Teremos uma comunicação total, civil e militar, nas mãos de uma empresa estrangeira. Que legal né, regressão é isso, e complexo de inferioridade são aqueles que aplaudem em pé a venda do Brasil.

    • 15/05/2018  13:10 by Augusto Responder

      Não é nada disso. Procure se informar. O Ministério da Defesa deu parecer aprovando o negócio e a banda Ka será totalmente controlada pelo governo.

  5. 15/05/2018  11:31 by Tiago Gimenes Responder

    Poxa ainda não tem?

  6. 15/05/2018  11:30 by Alisson Mariano Responder

    Não usará o SGDC quando em espaço aéreo brasileiro?

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.